quinta-feira, 30 de julho de 2015

Exposição "Música Brasilis- Rio Música 450 anos" chega à Arena Jovelina Pérola Negra Mostra interativa, que começa no dia 31/07, retrata o panorama da música carioca

A exposição "Música Brasilis - Rio Música 450 anos" reúne instrumentos, vídeos e instalações interativas para mostrar um panorama das práticas musicais cariocas, desde os índios tupinambás até os dias de hoje. A mostra chega à Arena Jovelina Pérola Negra no dia 31/07, sexta-feira, e segue até o final de agosto. A entrada é gratuita e a classificação é livre. 

Parte da programação oficial das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro, o projeto é uma iniciativa inovadora, na qual a tecnologia é empregada para sintetizar a riqueza da música de diversas vertentes. O projeto se apoia nos conteúdos reunidos ao longo de cinco anos no portal Musica Brasilis, cujo objetivo é o resgate e difusão de música brasileira de todos os tempos e gêneros.

A curadora da exposição, Rosana Lanzelotte, afirma que essa é uma iniciativa pioneira no país que funciona como um piloto do primeiro museu de música nacional: "O visitante pode percorrer a linha do tempo interativa, entender como funciona a notação musical, através de partituras animadas, e brincar de compor a sua própria música colocando peças em uma mesa. Estarão expostos diversos instrumentos, inclusive um raro piano de 1851, época em que o Rio se estabeleceu como a ''cidade dos pianos", acrescenta Rosana.

Ficha técnica:
Concepção e curadoria: Rosana Lanzelotte 
Consultoria de conteúdos: Beth Ritto
Coordenação do portal: Cynthia Nunes
Pesquisa: Jonathan Valeriano, Mayra Pereira, Pedro Aragão 
Instalações digitais interativas: SuperUber e Bleech
Cenografia: Susana Lacevitz 
Programa educativo: Suely Avellar 
Identidade Visual e sinalização: 6D 
Produção Executiva: Cintia Pereira 

Serviço:
"Exposição Música Brasilis - Rio 450 anos de música"
Abertura: 31/7, às 20h- Mesa redonda sobre a Pavuna e sua música, com Fábio Judice, Joaquim Ferreira dos Santos e Artur Xexéo 
Visitação: 31/7 a 30/8, de terça a sábado, das 10h às 16h 
Local: Arena Jovelina Pérola Negra
Endereço: Praça Ênio, s/n, Pavuna. 
Tel: (21) 2886-3889 
Entrada gratuita
Classificação livre
A Arena possui acesso para deficientes físicos e estacionamento gratuito. 

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Escola de francês faz um dia de evento em prol da francofonia na volta as aulas do 2º semestre Amanhã, dia 31/7, sexta-feira, a escola de francês Autrement Dit realizará atividades para unir a comemoração do seu 1° aniversário, ocorrido em 14/07 e o início do 2ª semestre letivo de 2015, que começará em 05/08. O local escolhido é o restaurante Crepe Nouveau, localizado dentro da Casa FrançaBrasil (Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro).

As atividades começam a partir das 10h. No evento, serão realizados
Coaching Linguístico com a Coordenadora Pedagógica da escola, palestras de
nossos parceiros, Ateliês diversos, sorteio de livros da Livraria Francesa e
bolsas de estudo de 50% e 100%.
Confira nossa programação abaixo:
10h00 às 11h30 > Matinée Culture – Sarau “Teatro e Poesia” e Mesa redonda
Le théâtre au service du français” com Nós do Morro e Les Apprentis de
l'Espérance + Ateliês “En scène?” e “Tu lis?”
13h00 às 14h00 > Almoço francês no Crepe Nouveau Art
14h00 às 15h00 > Intercâmbio com Campus France + Ateliê “Francês
Universitário”
15h00 às 16h00 > Bate papo com Le Petit Journal + Ateliê “Carte de Presse”
16h00 às 17h00 > Workshop sobre as diferenças no mundo das empresas
francesas e brasileiras com a Recursimo + Ateliê “Francês de Negócio”
17h00 às 18h00 > Bate papo sobre cinema com o Cinemaison + Ateliê
“Regarde!”
18h00 às 18h30 > Apresentação fotográfica “Viagem em Paris” pelas lentes do
estúdio BarraStúdio + Ateliê “Malas Prontas”
18h30 às 19h00 > Bate papo sobre vinhos franceses em solo brasileiro com a
Vinhetica
19h00 às 20h00 > Happy Hour de confraternização + sorteios
Sobre a Autrement Dit
A Autrement Dit chegou ao Rio de Janeiro em 2013 como alternativa ao ensino
tradicional de francês. Utilizando o método do Francês Objetivo, a escola introduz
uma didática atual e prática que possui resultados comprovados e internacionalmente
reconhecidos.
A escola se destaca por abordar a cultura francófona, não se restringindo apenas a temas da cultura francesa, e conta com uma equipe pedagógica formada somente por professores nativos. 
A instituição também oferece cursos e ateliês focados em determinadas áreas para otimizar o tempo de estudo e aprofundamento
de vocabulário específico. Para saber mais sobre a Autrement Dit acesse:
autrementdit.com.br ou entre em contato: (21) 2533-0819 /
info@autrementdit.com.br

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais!
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Peça inédita no Rio, “Querido Brahms”, sobre um conturbado triângulo amoroso do gênio da música, estreia no Teatro Sesc Ginástco - Com ingressos a preços populares, a montagem estreia no dia 8/8 (sábado) e fica em cartaz até 30/8.

Inspirada na história amorosa de Johannes Brahms, um dos mestres da música clássica, a peça “Querido Brahms” é apresentada pela primeira vez no Rio no próximo dia 8/8, no Teatro Sesc Ginástico. Com preços populares – entre R$5 e R$20 -, a montagem apresenta um tórrido triângulo amoroso que se passa na Alemanha do século 19. O genial e vivaz compositor Johannes Brahms (Olavo Cavalheiro) é chamado às pressas pela frustrada pianista Clara Schumann (Carolina Kasting), após uma tentativa de suicídio do marido, o compositor Robert Schumann (Werner Shünemann), que se atirara às águas geladas do Rio Reno durante um acesso de loucura. Ela precisa ouvir a opinião do jovem e apaixonado músico, pois não sabe se deve internar o marido em um hospício ou tentar tratá-lo em casa. Em um belo cenário bucólico, entre composições carregadas de sentimentos em um clima tenso e romântico, o triângulo amoroso revela um conturbado período da vida de Brahms. O espetáculo mostra a relação avançada para a época do trio de músicos célebres, através de personagens contornados de nuances.

            A montagem de José Eduardo Vendramini, dirigida por Tadeu Aguiar, tem como trilha sonora as principais composições originais de Brahms, Clara e Robert Schumann. Na direção musical, o Maestro Miguel Briamonte, regente renomado e diretor de musicais como “Cats”, “A Bela e a Fera”, “Chicago”, “O Fantasma da Ópera” e “Castelo Rá-Tim-Bum”, entre outros.  “Querido Brahms” mistura ficção e fatos reais com base em pesquisas e apresenta um dos períodos mais intensos da vida deste compositor alemão, um dos artistas mais importantes do romantismo musical europeu do século 19.

ELENCO:
Carolina Kasting (Clara Schumann)
Aos 14 anos, a atriz saiu de Florianópolis para estudar na escola do corpo de baile do Teatro Guaíra, em Curitiba. Anos depois, foi para São Paulo estudar arte dramática. Em 1996, chegou ao Rio para fazer a Oficina de Atores da TV Globo. Logo depois, estreou como protagonista da novela “Anjo de Mim”, em 1996. Na Globo, atuou em produções como “Terra Nostra”, “Mulheres Apaixonadas”, “Cabocla”, “O Astro” e “Hilda Furacão”, entre outras. No teatro, participou de “Não Me Abandone No Inverno”, “Alice Através do Espelho”, “Van Gogh e Ogroleto”, entre outros. Em 2002, ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival de Recife por sua atuação no longa “Sonhos Tropicais”.

Werner Schünemann (Robert Schumann)

Após conquistar diversos prêmios como ator, diretor e roteirista, Werner estreou na Globo na minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, como o herói Bento Gonçalves. Em seguida, fez o vilão Saulo, em "Passione”. Na emissora, fez diversas novelas, minisséries e participações especiais. Em mais de duas décadas de carreira, atuou em mais de dez filmes.

Olavo Cavalheiro (Johannes Brahms)

Ator, cantor, dublador e diretor, Olavo foi o protagonista do primeiro filme da Disney produzido no Brasil: "High School Musical - O Desafio." Na TV, trabalhou nas séries "Quando Toca o Sino" e “Que Talento!”, ambas do Disney Channel, e "De Cabelo em Pé" e “Uma Rua Sem Vergonha”, no Multishow. Estreou no teatro aos 8 anos de idade e já atuou em mais de 21 espetáculos, dentre eles, como o protagonista de "Hamlet".

Tadeu Aguiar (Diretor)        

Em seu currículo, mais de 30 peças, como “A Morte do Caixeiro Viajante”, “Pasolini, Morte e Vida”, “Bodas de Fígaro”, “Um Bonde Chamado Desejo”, “Bibi Canta Piaf” e “My Fair Lady”, entre outras. Na tevê, atuou em novelas, como “O Dono do Mundo”, “Olho no Olho” e no remake de “Irmãos Coragem”, além de diversas minisséries. Atualmente se dedica ao Projeto “O Teatro Jovem”, que criou em 1996 e, desde então, levou mais de 2,5 milhões de jovens ao teatro. Dirigiu os musicais “Quase Normal” – pelo qual recebeu o maior número de indicações e prêmios da historia do teatro musical no Brasil -, “Quatro Faces do Amor” e “Para Sempre Abba”. 

José Eduardo Vendramini (Autor)

Dramaturgo, encenador, professor titular emérito aposentado do Departamento de Artes Cênicas da Universidade de São Paulo, José Vendramini começou no teatro em 1964. Membro fundador do Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, dirigiu grandes textos da dramaturgia mundial e nacional. Ganhou quatro prêmios Governador do Estado como figurinista e cenógrafo, além de menções honrosas em concursos nacionais de dramaturgia. Atualmente, dedica-se a roteiros de teatro, cinema e televisão.


Ficha Técnica

Autor: José Eduardo Vendramini

Direção: Tadeu Aguiar

Elenco: Carolina Kasting, Werner Schünemann e Olavo Cavalheiro

Direção musical: Maestro Miguel Briamonte

Diretora de produção: Rosana Penna

Luz e coprodução: Cizo de Souza

Visagismo: Hugo Daniel

Cenário: J.C.Serroni

Figurinos: Ney Madeira e Dani Vidal

Coordenador geral: Lucas Olles 


Serviço:

“Querido Brahms” – Teatro Sesc Ginástico

Avenida Graça Aranha, 187, Centro.
Tel.: (21) 2279-4027
Data: de 8/08 a 30/08.
Horário: Sextas e sábados às 19h. Aos domingos, às 18h.
Preço: R$5 (associados Sesc), R$10 (estudantes e idosos) e R$20.
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos
Capacidade - 513 lugares

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais!
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

Marcos Ariel e Zé Renato no Teatro Municipal de Niterói - A longa amizade e parceria musical desses dois músicos são traduzidas neste show que vai apresentar além de composições originais como Lua Branca e Toada e Quem tem a viola, clássicos da Bossa Nova, Choro e do Jazz.



Após uma série de concertos no Canadá, no projeto "20 anos sem Tom Jobim", em outubro de 2014, Marcos Ariel e Zé Renato vão estar no palco do Teatro Municipal de Niterói no dia 01 de agosto mostrando um trabalho com arranjos originais para voz, piano e violão, num clima intimista, cheio de harmonia, ritmo e energia. No repertório do show, além de composições de cada um, serão destacados alguns clássicos da MPB e sucessos da banda ZIL como Benefício, Ânima e Suíte gaúcha.
Marcos Ariel e Zé Renato começaram suas carreiras musicais na década de 70, tocando nas rodas de choro no saudoso Cantinho da Fofoca que ficava no bairro de Botafogo/RJ e no eclético grupo Cantares.
Com o fim de Cantares, Zé Renato começou a trabalhar com Boca Livre grupo vocal que alcançou grande destaque no cenário musical brasileiro. Como pianista e compositor, Marcos Ariel começou sua carreira de solista e líder de conjunto se apresentando com grande sucesso no circuito de clubes e festivais de jazz no Brasil.
Em 1989, Marcos Ariel teve seu álbum “Terra do Índio” lançado nos Estados Unidos pela WEA, sendo eleito pela Jazziz Magazine como um dos melhores lançamentos do jazz em os EUA. Depois disso, Marcos Ariel lançou vários CDs no Brasil, EUA e Europa passando a viver no circuito internacional de shows.
As composições Zé Renato aparecem na lista de interpretes e artistas como John Anderson (da banda YES), Zizi Possi, Leila Pinheiro, Lulu Santos, Nana Caymmi, Milton Nascimento, entre outros.


Durante sua carreira de 34 anos, Zé Renato tem se dedicado a boa música. O cantor e compositor construiu seu nome embasado na tradição da música brasileira se tornando um dos maiores interpretes no cenário musical do Brasil e no exterior. 
Dono uma voz afinadíssima e com um timbre original, Zé Renato se destaca como grande violonista, passeando com tranquilidade nas harmonias mais rebuscadas da musica brasileira.
Zé Renato e Marcos Ariel, juntamente com Claudio Nucci, Ricardo Silveira, João Batista, Zé Nogueira, e Jurim Moreira, fazem parte da banda  "Zil", que retornou em 2015 após quase duas décadas parada. O disco do grupo foi lançado no Brasil pela gravadora Continental, em 1990. Três anos mais tarde, teve um lançamento mundial pela gravadora americana PolyGram  e o álbum foi lançado nos Estados Unidos, Europa e Japão. A banda ZIL se apresentou com enorme sucesso no circuito de Festivais de Jazz, teatros e casas de show atingindo grande execução pública, permanecendo nas paradas musicais, de acordo com a revista especializada "Billboard".



Serviço
MARCOS ARIEL E ZÉ RENATO
Teatro Municipal de Niterói
Dia 01 de agosto – Sábado – 20 horas
Classificação: Livre
Ingresso: R$ 40,00 – R$ 20,00 (Estudantes, maiores de 60 anos, menores de 21 anos e pessoas com deficiência).

Teatro Municipal de Niterói 
Rua XV de Novembro, 35, Centro, Niterói 


Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Exposição Erótica - desejos traduzidos - Sensualidade e erotismos em arte na galeria Villa Olívia, no Morro da Conceição - A mostra coletiva "Erótica, desejos traduzidos", que a galeria Villa Olivia abre em 29 de agosto, envereda pelo rico universo do erotismo, abrangendo categorias que misturam componentes como amor, desejo, atração, sexualidade, moralidade, religiosidade e outras sensações que confundem a mente e beiram a abstração de significados.

 São mais de cem trabalhos,  entre pinturas,  esculturas, desenhos,  fotografias,  gravuras,  produzidas por 20 artistas: Paulo Villela,  Kazuo Iha, Cecilia Ribas, Claudia Lyrio, Diana Doctorovich, Eliane Santos, Elmo Martins, Flavia Tavares, Jorge Grisi, Marcelo Frazão, Marcio Goldzweig, Marina Vergara, Regina Guimarães, Ricardo Pereira, Roberto Armorizzi, Sergio Ferreira, Sergio Sall, Silvana Hugenin, Silvio Moréia e Wilson Saraiva, traçando a visão particular de cada um deles acerca do  erotismo.

Os artistas integrantes de "Erótica,  desejos traduzidos" mostram através de seus trabalhos que "o erotismo é um componente primordial da Arte.  Desperta o humano, o sublime, o animal e o inexplicável em nós . desperta pela sua crueza, pelos sentidos, pela certeza que o sexo continua um dos maiores tabus da sociedade contemporânea" - diz Marcelo Frazão que assina a curadoria da mostra.

Nas pinturas de Paulo Villela, por exemplo, o erotismo emerge misturado a uma forte dose de humor, que confere leveza ao tema. Marina Vergara aborda o corpo humano em toda sua crueza,  já Kazuo Iha,  professor da EBA/UFRJ,  exibe.o corpo feminino como potência sensual. Já Diana Doctorovich aproveita-se da leitura dúbia de formas vegetais e fálicas  e a escultura em cobre  de Marcelo Frazão representa uma armadura feminina de castidade, base para sua discussão sobre questões como moral, religião e sexo. Ricardo Pereira por sua vez apresenta uma série de gravuras eróticas que lembram imagens retiradas de um cordel surrealista.

"Antecedendo a escrita, a arte erótica remonta à pré-história, ao tempo do paleolitico porém agregando continuamente valores , o que lhe possibilitou acompanhar a evolução humana - das cavernas ao ambiente interativo da internet e aplicativos de encontros em celulares", sublinha o curador Marcelo Frazão

Por outro lado,  na ausência de Eros, ou seja,  sem desejo, sem excitação sexual, as espécies animais seriam extintas. Quando dominado por esta programação primordial, nota-se na migração animal, oscilando do polo racional para o irracional, elementos poderosos como: moralidade, preconceito, religiosidade, intolerância - também decorrência do efeito animal -  interagindo na busca pela supressão destes desejos.


Por isso,  talvez resida nesta tentativa de racionalizar o irracional a busca da supressão do desejo -  não confundir com sublimar - o fator gerador de males, deturpações e desvios mentais, continua Frazão. Isto sem falar no contexto moral, religioso, histórico, geográfico e pessoal que as questões eróticas despertam e ainda vão continuar a suscitar através dos tempos..

Como decorrência,  pode-se dizer que a estética pornográfica está mais preocupada em estampar a crueza, a exaltação do sexo ou das partes genitais masculinas e femininas em contato, em ação, exatamente como procura traduzir a mostra "Erótica,  desejos traduzidos".

Serviço:

Mostra "Erótica,  desejos traduzidos" -  Classificação indicativa: 16 anos.

Local:  Galeria Villa Olivia: : Ladeira João Homem, 13  Morro da Conceição.

Abertura: dia 29 de agosto,  sábado,  de 15h as 19h. Período: 29 agosto até 17 outubro.

Visitação:  quarta a sexta de 12 as 18hs - fora deste horário agendar visitação individual ou em grupo pelo fone: 98545 - 2613

Contatos: (21)98545 - 2613 - villaoliviaartes@gmail.com / facebook: Villa Olivia Artes


Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp)
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Galeria Scenarium recebe exposição de Panmela Castro sobre o mito ‘Eva’ Até dia 19 de agosto, dezenas de obras multimídias estarão expostas com entrada franca!

 
 Após o sucesso da estreia de Migue Paiva nas artes plásticas, a Galeria Scenarium, sediada na Rua do Lavradio nº 15, recebe as obras da exposição inédita ‘Eva’, da grafiteira Panmela Castro. Em seu trabalho, a artista a figura da mulher frente a transgressão através do mito da ‘Eva’, com 14 obras em spray e óleo sobre tela que retratam a figura deste mito feminino sob diversas perspectivas. A exposição conta também com desenhos, aquarelas, fotos, vídeo e uma instalação que seguem a temática central, com foco no gênero e no corpo feminino. A mostra estará aberta ao público com entrada franca de 8 de julho a 19 de agosto.
Panmela Castro descobriu seu ofício nas ruas. Foi desafiando os espaços e tabus do universo da pichação que ela se enveredou no mundo das artes e hoje, dez anos depois, tem trabalhos espalhados por diversos países do mundo. Durante esse tempo, o corpo e o gênero feminino foram seus objetos de estudo e também de autoconhecimento. Pintar nas ruas não era algo fácil e comum para uma mulher e nesse processo de criação e autoafirmação foram surgindo diversos personagens femininos, que até hoje permeiam sua obra como um todo. Eva é uma delas.


O ponto de partida da série "Eva" é a visão do pecado como uma transgressão necessária e um caminho para a libertação. “No mito, Eva foi quem mordeu a maçã e desvirtuou os seres dando espaço à construção da sociedade contemporânea. O meu caminhar na cidade como pichadora se assemelha à esta transgressão de Eva: a mulher que não obedece. No entanto, o prazer de transgredir, aqui, é sinônimo de liberdade”, explica Panmela.
Para a exposição, foram selecionadas 14 pinturas de spray e óleo sobre tela em tamanhos variados. Além das peças principais, também estarão expostas pequenas aquarelas e desenhos de grafite, usados como croquis das obras principais, e também fotos de alguns painéis criados pela artista mundo afora.

Galeria Scenarium:
A nova Galeria Scenarium, na Rua do Lavradio, ocupa dois casarões do século XIX, que foram totalmente recuperados e restaurados de acordo com as normas do Corredor Cultural do Centro do Rio de Janeiro. A Galeria tem, no 2º e 3º pavimento, a mostra permanente “Azul Cobalto – Azulejos e Memórias”, onde estão expostos mais de 100 painéis estruturados a partir de peças utilizadas dos séculos XVI ao XX. Já no térreo, recebe a exposição “Eva”, com telas pintadas pela grafiteira Panmela Castro que tratam de temas ligados ao universo feminino e a transgressão.

GALERIA SCENARIUM - Exposição “EVA”, de Panmela Castro
Período: de 8 de julho a 19 de agosto
Endereço: Rua do Lavradio, nº 15, Centro Antigo, Rio de Janeiro.
Horário de funcionamento: de terça à sábado, das 13h às 19h.
Tel: 21 2252 9138
Entrada Franca


Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

Centro do Rio Antigo ganha reforço na programação do 1º sábado de agosto Além da tradicional Feira de Dia dos Pais, a região recebe também a InVentos e o Circuito Tiradentes Cultural


O Centro do Rio Antigo está em constante processo de renovação e vem atraindo cada vez mais público aos finais de semana. A tradicional Feira Rio Antigo, que há 18 anos é destino certo dos turistas no primeiro sábado de cada mês, agora conta com o reforço de duas programações de peso: o Circuito Tiradentes Cultural e o InVentos.
O primeiro sábado de agosto é dia visitar a Rua do Lavradio e garantir aquele presente bem descolado para o paizão na tradicional Feira Rio Antigo de Dia dos Pais. Organizada pela Associação Polo Novo Rio Antigo, a Feira é um dos eventos gratuitos mais prestigiados da capital fluminense e reúne mais de 400 expositores, oferecendo uma vasta diversidade de produtos - de artesanatos a sebos e antiguidades. Além disso, bares e restaurantes da região abrem as portas para receber os mais de 30 mil visitantes que passam pelo local durante o evento. O Grupo Coletivo Balangandãs se apresenta às 16h30 no espaço musical montado em frente a Praça Emilinha Borba (esquina da Rua do Lavradio com Rua do Senado). No repertório, sucessos da música brasileira como Ana Carolina, Legião Urbana, Lulu Santos, Seu Jorge, entre outros.
Ao lado da Feira, é possível conferir as atrações do Circuito Tiradentes Cultural. O projeto nasceu em agosto do ano passado com o objetivo de potencializar as atividades do polo cultural do entorno da Praça Tiradentes através de programações conjuntas. Entre as atividades que devem acontecer entre 12h e 19h, estão previstas oficinas de bonecos, de personagens e de percussão, além de música com o DJ Gustavo Calani. A Tiradentes Gastronômica traz trinta barraquinhas com diversas delícias por até R$ 20.   
A novidade é o projeto InVentos, que está em sua 4ª edição e agora une-se a programação do Rio Antigo, oferecendo várias atividades na Fundição Progresso e nos arredores dos Arcos da Lapa, que acontecem das 10h às 23h. Ao meio-dia, um cortejo de palhaços realizará intervenções pela Feira. Exposições, mostras, oficinas e passeios guiados também fazem parte dos eventos gratuitos promovidos pela Fundição. Há também algumas atrações pagas, como aulas de shintaido, de yoga e de mixagem, oficina de introdução a pilotagem de drones, entre outras.  
O passeio pelo Centro do Rio Antigo é uma excelente alternativa para quem curte arquitetura. A região, que é uma das mais antigas da cidade, conserva seus casarões antigos, muitos construídos ainda quando o país era colônia de Portugal.

PROGRAMAÇÃO – 1º DE AGOSTO:

Feira Rio Antigo de Dia dos Pais
Local: Rua do Lavradio, entre a Av. Mem de Sá e a Av. Visconde do Rio Branco, Centro do Rio Antigo – Rio de Janeiro/RJ
Horário: das 10h às 19h.
Grátis

Circuito Tiradentes Cultural
Local: Praça Tiradentes e centros culturais.
Horário: das 12 às 19h
A programação completa pode ser conferida no site: circuitotiradentescultural2015.wordpress.com

InVentos - Fundição Progresso
Local: Rua dos Arcos, 24, Centro do Rio Antigo – Rio de Janeiro/RJ
Horário: das 10h às 20h
Entrada no centro cultural: gratuita
Entrada para atividades e espetáculos: consultar programação
Forma de pagamento: em dinheiro
Informações: www.fundicaoprogresso.com.br / (21) 2220 5070
contato@fundicaoprogresso.com.br

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Festa ‘Coordenadas’ está de volta à Estação Leopoldina Segunda edição acontece no dia 01 de agosto e contará com coleta seletiva de lixo e copos reutilizáveis



Prepare-se para zoar e azarar na festa mais animada do Rio. Devido ao sucesso da primeira edição e aos inúmeros pedidos, a festa ‘Coordenadas’ está de volta à Estação Leopoldina no dia 01 de agosto, a partir das 23h. Serão duas pistas com muito rock e os mais tocados hits da atualidade. No salão principal, o agito fica por conta dos DJs Dodô e Luizinho e as projeções são do VJ Ratón. Já a pista Rock será comandada pela banda Grecco e pelas carrapetas do DJ Lelê, além das alucinantes projeções do VJ Vaz.


Copos ecologicamente corretos

A partir desta festa, a Coordenadas Cariocas adota uma medida simples para ajudar o planeta. Agora, os eventos terão apoio do Capim Selo Verde, ONG que atua com catadores de lixo do jardim gramacho, para coleta seletiva de lixo e distribuição de copos reutilizáveis. Para fazer uso, é preciso pagar um valor-caução de R$ 5. Ao final da festa, pode-se escolher levá-lo como lembrança ou devolvê-lo para a organização e receber de volta o dinheiro pago. Os copos são feitos de polipropileno e oferecidos no tamanho de 400ml. Todos terão a logomarca da Coordenadas.

Serviço:
Festa Coordenadas
Local: Estação Leopoldina
Endereço: Rua Francisco Bicalho, S/n – Centro
Dia: 1º de agosto
Horário: a partir das 23h
Ingressos: R$ 60
Atrações: No salão principal, os DJs Dodô e DJ Luizinho e o VJ Ratón; Na pista Rock, a banda Grecco, o DJ Lelê e o VJ Vaz.





Agenda Cultural RJ

Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 

Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 

(21)99676-9323 (WhatsApp) 

agendaculturalrj@gmail.com 

#agendaculturalrj 




Última semana: "A Importância de Ser Perfeito" vai só até este domingo, no Teatro Miguel Falabella Premiada pela APTR, SHELL, CESGRANRIO e FITA, montagem transporta a ação dramática da Londres vitoriana para o Brasil dos dias de hoje.

“Um espetáculo agradável, divertido, inteligente, uma bela amostra de que teatro é bom quando é bom teatro”. Barbara Heliodora

“Os diálogos de cáustica observação da hipocrisia social, com o toque espirituoso e irônico sobre os códigos de convivência fazem dessa envolvente comédia uma peça de duradouro alcance”. Macksen Luiz

Dirigida por Daniel Herz, a montagem volta aos palcos do Rio em 2015 no Teatro Miguel Falabella, de 02 de julho a 02 de agosto, por meio do patrocínio da Casa do Adubo, do Ministério da Cultura e do Governo Federal.

“A Importância de ser Perfeito” transporta a ação dramática da Londres vitoriana para o Brasil dos dias de hoje e abocanhou, em 2014, três importantes prêmios: APTR (Figurino e Ator Coadjuvante para George Sauma), Shell e Cesgranrio (ambos na categoria Figurino); além dos Prêmios FITA de Melhor Direção, Categoria Especial pela tradução e adaptação e Melhor Espetáculo segundo o Júri Popular. A montagem cumpriu sua trajetória de sucesso no Rio nos teatros da Caixa Cultural, Maria Clara Machado, Vannucci e Leblon.

Uma vida de fanfarronices ou uma vida mais cordata? Casar por amor ou por conveniência? Manter uma vida de aparências ou assumir sua verdadeira origem? Esses são alguns dos paradoxos presentes na comédia “A Importância de ser Perfeito”, adaptação de Leandro Soares (criador da série “Vai que cola”, líder de audiência no segmento) para o clássico texto de Oscar Wilde, “The importance of being Ernest”.

A adaptação narra a história de José Dourado, um homem que usa uma identidade dupla para poder se divertir sem comprometer sua imagem de rico herdeiro e acionista das telecomunicações. Seu melhor amigo, Agenor Nabuco, se vale disso para invadir a fazenda de José e, então, conhecer a sedutora Cecília Feijó, sobrinha de consideração do amigo. Agenor é primo de Patrícia Lobato, por quem José está apaixonado, mas Tia Augusta, mãe de Patrícia, é contra o relacionamento. Impedimentos amorosos também serão impostos à governanta Dona Glorinha e ao pastor Saulo Malaquias. Então uma trama do passado vem à tona para mudar o rumo dos personagens na história.

A montagem foi idealizada por Leandro Soares e pelo ColetivoAchadoNumaMala. Na peça, os papéis femininos são desempenhados por atores homens do coletivo e mais três atores da Companhia Atores de Laura. Essa concepção de androginia, que a direção incorporou ao trabalho, ganha forma e cor nos figurinos, nos quais os elementos masculinos e femininos coexistem e se misturam. A música é tocada ao vivo pelos próprios atores, que também são músicos, em sua maioria.

A opção por homens em papéis femininos foi inspirada no ensaio O epiceno inglês – The importance of being Earnest, de Wilde, da professora e ensaísta americana Camille Paglia, publicado no livro Personas Sexuais, de 1990. O artigo levanta um olhar crítico sobre a androginia dos personagens e tornou-se a principal base teórica na criação do espetáculo.

Sobre Oscar Wilde:

 Oscar Fingal O'Flahertie Wills Wilde nasceu em Dublin, na Irlanda, no ano de 1854, e morreu em 1900, auto-exilado em Paris, aos 46 anos de idade. Engenhoso dramaturgo e inspirado frasista, deixou poemas, romances, contos, ensaios e peças de teatro que compõem uma das principais obras literárias da língua inglesa. Entre suas obras mais conhecidas está o romance O retrado de Dorian Gray, as novelas O fantasma de Canterville, O crime do Lord Arthur Savile, o ensaio A alma do homem sob o socialismo, o poema A balada do cárcere de Reading e o texto de introspecção De profundis. Do período de grande sucesso literário e profissional estão as peças Salomé, O leque de Lady Windermere, Um marido ideal e A importância de ser Prudente.

- Teaser 1:  www.youtube.com/watch?v=8fVQp7u4cpo
- Teaser 2: www.youtube.com/watch?v=9vXstJhqY-g

Ficha Técnica
Texto: Oscar Wilde
Tradução e Adaptação: Leandro Soares
Direção: Daniel Herz
Elenco: Leandro Castilho, Leandro Soares, George Sauma, João Pedro Zappa, Anderson Mello, Marcio Fonseca
Pedro Tomé, Samuel Toledo, Stand-ins: André Dale, André Sigaud, Cadi Oliveira e João Sant'Anna
Assistência de Direção: Maria Eduarda Machado
Coordenação de Produção: Tárik Puggina
Direção de Produção: Carla Torrez Azevedo
Produtora Executiva: Amanda Cezarina
Idealização: ColetivoAchadoNumaMala
Figurinos: Thanara Schönardie
Cenário: Nello Marrese
Iluminação: Aurélio de Simoni
Música original e direção musical: Leandro Castilho
Fotografia: Dalton Valério
Programação Visual: André Vants e Raquel Alvarenga
Realização: Nevaxca Produções e Pantaleão Produções Artísticas
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias

Serviço
“A Importância de ser Perfeito”
Gênero: Comédia
Duração: 100 minutos
Temporada: De 2 de julho a 2 de agosto de 2015
Horário: Quinta a sábado, às 21h e domingo, às 20h
Local: Teatro Miguel Falabella - Norte Shopping – 2º piso
Endereço: Av. Dom Helder Câmara, 5474 - Cachambi – Informações: 2597-4452
Ingresso: R$30,00 (inteira) / R$15,00 (meia-entrada)
Capacidade: 453 lugares
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos



Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 

 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

TEATRO RIVAL PETROBRAS APRESENTA SANDRA DE SÁ DIA 7 DE AGOSTO

Dona de uma personalidade marcante e um timbre de voz singular, Sandra de Sá interpretou canções que se tornaram verdadeiros hits tais como “Olhos Coloridos (Sarará Crioulo)”, ”Sozinha”, e “Bye Bye Tristeza” que não só fazem parte da sua identidade como também contam um pouco da realidade vivida com uma visão alegre e otimista.
Em seu 35º ano de uma carreira vitoriosa, a Rainha do Soul Brasileiro, preparou um presente para seus fãs.
Nesse show no Teatro Rival Petrobras, Sandra de Sá canta seus grandes sucessos de carreira acompanhada da banda Mohaulle que está lançando seu primeiro CD produzido pela cantora.´

..::LADO B ::..
Neste projeto a artista selecionou 13 músicas de sua discografia e convidou amigos como Grupo Revelação, NxZero, Buchecha e Melanina Carioca para participar deste projeto, que para ela será  um museu de grandes novidades. Ao convidar os artistas, Sandra de Sá avisou,  - “Estou convidando, para ser convidada !”-, isso porque, cada artista vai produzir a sua faixa dentro da sua musicalidade.
E as novidades não param aí, o Lado B vem com 3 músicas inéditas e todos os passos devidamente registrados, para virar um documentário no final do processo de gravação.
Sandra de Sá apresenta seu Lado B …
Serviço:
Teatro Rival Petrobras
Dia  07 de agosto, Sexta-feira, às 19h30
Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia – Tel.: 2240-4469
Preço:
Setor A / Mezanino:
R$    80  (Inteira)
R$    40 (Meia-entrada)
Setor B:
R$   70 (Inteira)
R$    55(Promoção para os 100 primeiros pagantes)
R$    35 (Meia-Entrada)
Classificação: 16 anos
Capacidade: 458 lugares

Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais!
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

CIRANDA DOS AMORES "Espetáculo narrativo e musical, inspirado na figura dos cirandeiros e do povo de beira-mar. Com texto de Renata Andrade e Músicas de André Severo."

 
Sinopse
Num tempo de amor, uma princesa de nome Teresa deu sua mão ao jovem marinheiro Antônio. No entanto, o mar implacável separou os amantes. Para ter de volta sua Teresinha, o rapaz terá de resolver uma outra história, a de um pescador e sua mulher Alice. 

Serviço
Ciranda dos Amores
Espetáculo Teatral
Público: Infanto-juvenil
Domingos, às 11h
Temporada de 2 a 30 de agosto
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada e lista amiga)
Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas
Rua Murtinho Nobre, 169 - Santa Teresa
+55 21 2215-0621 | +55 21 2224-3922
parquedasruinas@gmail.com
Duração: 45 minutos.
Classificação: livre.


Créditos das fotografias: Wallace Feitosa

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Produtor de Jacarepaguá, Ruxell lança "Kaozada" na festa Wobble - Evento ainda tem set do DJ KL Jay, do Racionais. Quinta, 30 de julho. Fosfobox (RJ).

Ruxell é produtor musical e DJ desde 2012. Morador de Jacarepaguá/RJ, durante a carreira vem apresentando muitas colaborações e grandes conquistas ao longo de trabalhos nas plataformas Soundcloud e Youtube. O seu novo EP, chamado Kaozada, será lançado nesta quinta-feira (30) na festa Wobble, no Fosfobox. O som é caracterizado como 'Future Funk', definido pela mistura do Funk Carioca com elementos da Bass Music atual. O EP conta com 6 faixas no total e traz colaborações de produtores como Flying Buff (SP), Marginal Men, Menz, Atman, Heavy Baile e Rocky Wellstack (Holanda).

Ouça Ruxell: https://soundcloud.com/ruxell

A Wobble ainda apresenta set com o DJ convidado KL Jay, do Racionais, considerado um dos melhores DJs do Brasil.

Serviço:
Wobble 
Quinta-feira, 30 de julho. 23h
Line-up: Marginal Men, Fabio Heinz e Rodrigo S. 
Convidados: KL Jay (Racionais MCs/SP) e Ruxell (RJ).

Fosfobox Bar / Club
Rua Siqueira Campos, 143 - Copacabana - Rio de Janeiro
Telefone: + 55 (21) 2547 5976
E-mail: fosfobox@fosfobox.com.br
Preços:
Na lista: R$ 30 até 1/2 noite e R$ 40 após. R$ 50 normal
Antecipados: R$ 22 (https://www.sympla.com.br/wobble-apresenta-kl-jay__39223)

Para nomes na lista:
http://www.fosfobox.com.br

Capacidade 300 pessoas.


Saiba mais:
O público da Wobble é composto tanto por jovens da periferia como de classe média, assim como produtores e músicos que vem despontando dentro de uma grande comunidade que acompanha a festa desde o seu início e também envolve artistas de outros nichos como fotografia, video, moda, eventos, etc.

A numerosa e qualificada seleção de artistas que já passaram pelas pistas da Wobble é apenas um dos seus vários atrativos. Ganhadora do Prêmio Noite Rio de Melhor Festa em 2014, ela já passou por clubes renomados como Fosfobox (RJ), Usina (RJ) e Bar Secreto (SP), e por eventos acessíveis ao ar livre em locais como o Porto Pirata (RJ), Quiosque Pizza In Cone (RJ) e Quiosque do Lido (RJ). Fica claro que, independente do lugar, a qualidade do sistema de som é um fator imprescindivel para que suas apresentações musicais tenham o melhor resultado possível.

De funk ao house, do trap ao grime, a Wobble vem quebrando barreiras e resignificando estilos dentro de uma cena que ainda engatinha a partir de muitos esforços independentes, sem ignorar a procedência musical de seus artistas e público, seja ela do underground ou do mainstream.

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais!
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 

 #agendaculturalrj

  Instagram