Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

20 de nov de 2017

Mostra Leon Hirszman 80 Anos


Mostra Leon Hirszman 80 Anos

Neste mês de novembro de 2017 completam-se 80 anos do nascimento do diretor Leon Hirszman.
Em homenagem à vida e à obra desse grande artista do cinema brasileiro, responsável pela direção de clássicos como São Bernardo, Partido Alto e Eles Não Usam Black-Tie, o Memorial Municipal Getúlio Vargas organizou essa mostra com os principais filmes do diretor.

Todas as sessão serão seguidas de debate com críticos, pesquisadores, colaboradores e amigos do homenageado. A composição das mesas será divulgada em breve.

O evento é totalmente gratuito e sem obrigatoriedade de inscrições prévias. Sujeito à lotação.


PROGRAMAÇÃO

08/11
16h - Nelson Cavaquinho + Partido-Alto
17h - Debate com Kátia Costa Santos e Maurício Barros de Castro

18h - Cantos de Trabalho + São Bernardo
20h - Debate com Cacá Diegues, Hernani Heffner, Filippo Pitanga e Othon Bastos (aguardando confirmação)

15/11
16h - ABC da Greve
18h - Eles Não Usam Black-Tie
20h - Debate com Samantha Brasil, Ana Paula Ribeiro Alves, Milton Gonçalves e Bete Mendes (aguardando confirmação)

22/11

16h - Imagens do Inconsciente
20h - Debate com Patrícia Reinheimer e Joel Birman

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online. 
#agendaculturalrj
Contato: agendaculturalrj@gmail.com 

Instagram

SÍTIO DO PICAPAU AMARELO / Sábados, Domingos e Feriados (15 e 20/11), às 17 horas.


Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea

Sítio do Picapau Amarelo

Espetáculo teatral infantil com adaptação da obra de Monteiro Lobato é homenagem aos 40 anos da primeira exibição da série na TV


O Sítio do Picapau Amarelo, série de livros infantis do escritor brasileiro Monteiro Lobato entre 1920 e 1947, virou um clássico aclamado mundo afora. Os personagens saltaram das páginas dos livros para os quadrinhos, foram parar na TV e, agora, encantam crianças e adultos com espetáculo teatral infantil no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea. A peça em cartaz até o dia 04 de março de 2018, sempre aos sábados, domingos e feriados dos dias 15 e 20 de novembro, às 17h, t em duração de 60 minutos, é uma grande homenagem aos 40 anos da primeira exibição do Sítio do Picapau Amarelo, na TV Globo, e também ao centenário de Monteiro Lobato, que faria 135 anos neste ano, se fosse vivo.

Monteiro Lobato (1882-1948) foi o primeiro a escrever para crianças. Falar da literatura infantil no Brasil é reviver as travessuras e reflexões da boneca de pano Emília, ao lado de seus amigos Narizinho, Pedrinho, Visconde de Sabugosa, Tia Anastácia e Dona Benta; entre tantos outros personagens. Agora, adultos, vovôs e vovós poderão levar seus pequenos para conhecer a fábula que marcou a vida de muitos deles, promovendo o encontro com a literatura brasileira, tão rica e reconhecida mundialmente.

A adaptação e direção geral de Ricardo Silva leva ao palco os atores Julia Gusmão (Emília), Luiza Vieira (Narizinho), Nicolas Freitas (Pedrinho), Raquel Penner (Cuca), Cristina Fracho (D. Benta e Carochinha), Cristina Guimarães (Tia Nastácia e Graulina), Wanderson Bernardo (Saci e Tio Barnabé), Guilherme Gutierrez (Príncipe Escamado e Rabicó) e Victor Salzeda (Dr. Caramujo e Visconde de Sabugosa) dando vida aos personagens que, por vezes, dançam embalados por banda com música ao vivo.

Com realização da Tambores Produções e Cia. Teatral Sassaricando, a peça é voltada para as crianças. As companhias acreditam na importância de levar para os palcos, textos nacionais, valorizando assim, os nossos autores e a nossa pátria. Na direção musical Victor Salzeda comanda os músicos Camila Ferolla (percusssão), Juan Paz (violão) e Natan Figueiredo (flauta). As coreografias são de Cristina Guimarães. A homenagem recebeu programação visual e pinturas em aquarela de Bianca Oliveira. Já a produção executiva é de Luciana Vieira, da Tambores Produção.

“Monteiro Lobato foi um dos escritores brasileiros mais influentes, e ganhou destaque no panorama da literatura infantil, com a sua obra “Sítio do Picapau Amarelo”. Apresentar um espetáculo com histórias adaptadas a partir desta obra, significa levar para o público infantil personagens com a essência puramente brasileira, trazendo à tona, um sentimento de resgate da nossa infância, de brincadeiras antigas de criança, de lembranças dos nossos avós e de suas histórias, e de um Brasil com seus rios, suas árvores frutíferas e sua fauna valorizados e preservados. Por isso, estamos certos de que, através de uma vasta pesquisa realizada pela companhia, da experiência da nossa equipe envolvida, e do amor pela obra de Monteiro Lobato, realizaremos uma montagem digna, alegre e divertida, que agradará tanto as crianças, quanto os pais, avós e familiares que irão ao teatro”, afirma Ricardo Silva, responsável pela adaptação e direção geral da peça Sítio do Picapau Amarelo.

Muito mais do apenas entreter por meio do teatro, a Cia. Teatral Sassaricando busca com a peça Sítio do Picapau Amarelo valorizar a cultura brasileira, seus autores e suas obras; resgatar a leitura e o contato com o livro físico; estimular o contato das crianças com brincadeiras de roda, soltar pipa, tomar banho de rio, brincar com peão, entre tantas outras que fizeram parte, durante anos, da infância de muitas crianças. A peça teatral nasce no resgate lúdico, no folclore, na imaginação e na importância que ela nos oferece dentro do contexto social, político e econômico.

“Monteiro Lobato não economizou em retratar o nosso Brasil de forma rica, detalhada e lúdica, onde a criança pudesse entender com simplicidade a matemática, geografia, história, usando da própria literatura para falar do amor a natureza e sua preservação, e a alegria de viver. Como dizia ele, ‘Um país se faz com homens e livros’. A adaptação desta história permeia entre a fantasia e a realidade levando as crianças a revelar-se bem dotados de senso crítico, julgando as histórias de “vó” com muito critério e segurança. É um trabalho que deseja promover o reencontro dos avós, pais e familiares que irão ao assistir à peça de teatro, com as lembranças que possuem da primeira versão do Sítio do Picapau Amarelo, que foi um grande sucesso de 1977 a 1986, nos noves anos que ficou no ar”, destaca a produtora executiva Luciana Vieira.

FICHA TÉCNICA

.Adaptação, Direção Geral e Cenografia: Ricardo Silva
.Direção Musical: Victor Salzeda

.Elenco: Julia Gusmão (Emília), Luiza Vieira (Narizinho), Nicolas Freitas (Pedrinho), Raquel Penner (Cuca), Cristina Fracho (D. Benta e Carochinha), Cristina Guimarães (Tia Nastácia e Graulina), Wanderson Bernardo (Saci e Tio Barnabé), Guilherme Gutierrez (Príncipe Escamado e Rabicó) e Victor Salzeda (Dr. Caramujo e Visconde de Sabugosa).
.Músicos: Camila Ferolla (Percusssão), Juan Paz (Violão) e Natan Figueiredo (Flauta)
.Stand-Ins: Matheus Lana, Giovanna Sassi, Luiza Lewicki, Bianca Pontes e Fernanda Guerreiro
.Coreografias: Cristina Guimarães
.Design de Luz: Ricardo Lyra Jr.
.Progr. Visual e Pinturas em Aquarela: Bianca Oliveira
.Elaboração do Projeto: Raquel Penner
.Camareira, Contra-Regra e Assist. de Produção: Eloisa Guimarães
.Operação de Som: Alexandre Magalhães
.Produção Executiva: Luciana Vieira (Tambores Produções)
.Realização: Tambores Produções e Cia. Teatral Sassaricando
.Fotos de cena: Brunno Dantas
.Assessoria de Imprensa: Fernanda Con’Andra (FECON Comunicação Estratégica)

SERVIÇO
SÍTIO DO PICAPAU AMARELO
Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea (R. Marquês de São Vicente, 52 - Gávea, Rio de Janeiro). Dias e horários: Sábados, Domingos e Feriados (15 e 20/11), às 17 horas. Temporada até 04 de março de 2018. Duração: 60 minutos. Gênero: Infantil. Informações: (21) 2274-9895. Contato: tamboresproducoes@gmail.com. Ingressos: Bilheteria do Teatro: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia). Ingresso Rápido (antecipados): http://bit.ly/ingressorapido2zfkBtD

Página no Facebook: https://www.facebook.com/sitiodopicapauamarelogavea

Como chegar: carro (estacionamento no shopping), ônibus, Metrô na Superfície (Botafogo-Gavea|Estação Marquês de São Vicente)

Agenda Cultural RJ 
 Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos.
Divulgação de Midia Online.
 #agendaculturalrj
  

Montagem inédita marca parceria entre a Cia Ao Lado e o diretor Delson Antunes faz curta temporada no Teatro Municipal Café Pequeno, terças e quartas, 20h.


Comédia “A peça ao lado”, inspirada na obra de Jean Tardieu, em cartaz ate dia 22 de novembro,no Teatro Municipal Cafe Pequeno.

Montagem inédita marca parceria entre a Cia Ao Lado e o diretor Delson Antunes faz curta temporada no Teatro Municipal Café Pequeno, terças e quartas, 20h. 






Foto: Elisa Mendes

Durante uma noite chuvosa, um grupo de atores mambembes ocupa um teatro público no intuito de se proteger. Encantado com o local, encontra textos do dramaturgo francês Jean Tardieu e inicia encenações divertidíssimas. Com humor ácido, crítico e um texto livremente inspirado no universo de Tardieu e em Dario Fo, a montagem inédita de “A Peça ao Lado” marca a primeira parceria entre a “Cia Ao Lado” e o diretor Delson Antunes, que também assina a adaptação do texto ao lado de Victor Lósso e dos atores da Cia Ao Lado. 

A peça conta ainda com a pesquisa de Clown e Bufão orientada por Daniela Carmona e traz no elenco João Telles, Luíza Surreaux, Marcos Guian, Milla Fernandez e Valléria Freire, acompanhados pelos músicos Dani Ruhm e Pedro Botafogo. O espetáculo reestreia dia 31 de outubro e fica em cartaz às terças e quartas-feiras, às 20h, até o dia 22 de novembro.

“A Peça ao Lado é um espetáculo construído com diversas referências da comédia universal, como a Commedia dell’art, o melodrama e a farsa. O roteiro é o resultado de uma pesquisa de linguagens, com um grupo de jovens atores. É uma comédia aparentemente despretensiosa, mas, além de divertir, aos poucos se torna uma reflexão crítica sobre o teatro e sobre alguns valores da nossa sociedade. Uma homenagem aos artistas que dedicaram as suas vidas a essa arte milenar e seu poder de comunicar, emocionar e transformar o homem”, conta Delson, que desde o final de 2016 se reúne com os atores num processo colaborativo.

A falta de lugares para se apresentar, o emparelhamento da máquina pública, o não reconhecimento de artistas mambembes e qualquer outra crítica social não são apenas meras coincidências com a realidade atual do país. Essas coincidências são abordadas de maneira a levar o público à reflexão.

“Estou muito grata a toda a equipe envolvida no projeto, cada um foi se chegando a seu tempo e contribuindo da melhor forma possível. Tudo isso deu muito confiança para todos nós atores, que iniciamos este encontro em um curso de teatro e agora vamos levar o resultado para o público” – diz Valléria, realizadora e atriz da peça.

A peça reflete sobre a profissão do teatro fora do glamour dos palcos e do audiovisual. Do grupo mambembe, de rua, que se alimenta puramente do amor à arte. O desafio foi criar uma dramaturgia que amarrasse os esquetes do texto de Tardieu.

“O grupo se reúne com os diretores desde o ano passado, debatendo sob qual trama gostaríamos que esses esquetes fossem apresentados. O resultado veio desses encontros e de improvisos que foram feitos durante os ensaios. Busca-se a crítica à seletividade artística e a criminalização da arte, tão presente atualmente. Não é à toa que os personagens são inspirados em bufões que são, em sua essência, dejetos, perdedores sociais. Ao mesmo tempo, celebra-se e promove o enaltecimento ao teatro”, conclui Victor Lósso, que assina a adaptação.

SINOPSE: Um grupo de teatro mambembe se apropria de Jean Tardieu, realizando uma reflexão jocosa sobre o fazer teatral.

FICHA TÉCNICA
Texto: Inspirado em Jean Tardieu
Adaptação: Delson Antunes, Victor Lósso e Cia Ao Lado
Tradução de Uma Peça por Outra: Grupo Tapa
Direção: Delson Antunes
Elenco: João Telles, Luíza Surreaux, Marcos Guian, Milla Fernandez e Valléria Freire
Pesquisa de Clown e Bufão: Daniela Carmona
Músicos: Dani Ruhm e Pedro Botafogo
Iluminação: Luiz Paulo Nenen
Cenografia: José Dias
Figurino: Desirée Bastos
Direção Musical: João Telles
Assistentes de direção: Kiko do Valle e Rafael Telles
Figurinista assistente e costura: Bruna Falcão
Cenotécnico: Pará Produções e Eventos
Operador de luz: João Pedro Meirelles
Voz em off: Kiko do Valle
Programação visual: Letícia Moraes
Fotógrafa: Elisa Mendes
Assessoria de imprensa: Minas de Ideias
Produção: Valléria Freire
Direção de Produção: Renata Campos
Realização: Valléria Freire

SERVIÇO
A peça ao lado
Reestreia: Dia 31 de outubro
Horário: Terças e quartas-feiras – 20h
Local: Teatro Municipal Café Pequeno
Endereço: Av. Ataulfo de Paiva 269 – Leblon - Telefone: 21 2294-4480
Temporada: Até dia 22 de novembro
Classificação: 12 anos
Preço: R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia
Duração: 60 min.
Gênero: Comédia

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online. (21)996734350 / whatsapp

 #agendaculturalrj

  Instagram

19 de nov de 2017

Alessandra Verney estreia novo show “Café de Hotel” dia 27 de novembro no Theatro Net Rio. Cantora, atriz e compositora, se destaca como um dos principais nomes no Teatro Musical no Brasil.

 Alessandra Verney estreia novo show “Café de Hotel” dia 27 de novembro no Theatro Net Rio
       Apresentação acontece às 21h dentro do projeto “Além da Cena”. 


Cantora, atriz e compositora, Alessandra Verney se destaca como um dos principais nomes no Teatro Musical no Brasil. Depois do sucesso do lançamento do show em São Paulo, apresenta pela primeira vez no Rio de Janeiro o seu trabalho solo na música, no mesmo ano em que completa 25 anos carreira. Sua proposta artística reúne composições próprias e releituras de clássicos da MPB, já gravadas por artistas consagrados do grande público.  A estreia carioca do show “Café de Hotel”, acontece dia 27 de novembro às 21h no Theatro NET Rio, em Copacabana. 

Em todo "Café de Hotel", podem acontecer as mais diversas situações: encontros e desencontros, reflexões, surpresas, despedidas, novos amores... Extravagante ou simples, farto ou escasso, dentro do cotidiano “expresso” desse ambiente, pessoas que por ali estão de passagem, podem estar dispostas a viver algo diferente ou simplesmente continuar na sua zona de conforto.

Essa atmosfera está presente na escolha do repertório, cuja sonoridade passeia pelo acústico dos violões somados às distorções das guitarras e elementos eletrônicos, acompanhados do peso da percussão brasileira.

Roupagens inusitadas para canções muito conhecidas da MPB como "Noturno", consagrado na voz de Fagner e "Cadê você", de Odair José, são destaques do repertório, ao lado de composições inéditas de Alessandra Verney, como a canção que dá nome ao show.

A direção musical é do baixista e produtor musical Fernando Nunes, que já trabalhou com nomes como Cássia Eller e, atualmente, acompanha Zeca Baleiro.

FICHA TÉCNICA
Direção Musical: Fernando Nunes.
Direção de Arte: Barbara Lana
Supervisão de Cenografia: Natália Lana
Figurino: Fabiana Milazzo
Fotos : Vinicius Bertolli.
Assistente de Produção: Luiz Felipe Manso
Direção de Produção: Rodrigo Medeiros.
Produção Associada: R+ Marketing
Realização: Monarca Produções Artísticas
Apoio: Porto Seguro.

SOBRE ALESSANDRA VERNEY

A atriz e cantora, nascida em Santa Maria (RS), iniciou sua carreira artística como cantora e, ainda em Porto Alegre, recebeu o Prêmio Açorianos de Música, na categoria Artista Revelação.

No Rio de Janeiro, começou sua extensa trajetória no Teatro Musical através da dupla Möeller & Botelho, com quem fez muitos espetáculos como “Cole Porter - Ele nunca disse que me amava” e “7 - O Musical”. No cinema, estreou ao lado de Marco Nanini num dos principais papéis de “Apolônio Brasil”, de Hugo Carvana.

Destacam-se, também, seus trabalhos realizados com Miguel Falabella, como os musicais “Império” e “Alô Dolly” ; a comédia “O que o Mordomo Viu”, de Joe Orton - pela qual ganhou o Prêmio Aplauso Brasil de Melhor Atriz Coadjuvante de 2014 - e a série Global, “Sexo e as Negas”.

Em “Kiss Me Kate - O Beijo da Megera”, a artista protagonizou a famosa obra de Cole Porter ao lado de José Mayer e, por sua atuação, recebeu o Prêmio Cesgranrio de Melhor Atriz em Musical, sendo também indicada ao Prêmio Shell de Melhor Atriz e aos Prêmios APTR e Reverência.

Como solista convidada, participou de concertos da Orquestra Unisinos Anchieta, sob regência do Maestro Evandro Matté, no RS.

Na TV, seu trabalho mais recente foi a novela “Rock Story”, de Maria Helena Nascimento, no papel de Patrícia, sob direção de Dennis Carvalho.

Em 2017, Alessandra Verney também fez nova temporada do musical “Beatles num céu de diamantes”, de Moeller & Botelho e ingressou no elenco de “Milton Nascimento - Nada será como antes”,  também da dupla, para uma breve turnê no Nordeste. Além disso, acaba de rodar o longa “Jovens Polacas”, de Alex Levy-Heller e está prestes a estrear a peça “Do outro lado”, com Vanessa Gerbelli.

Sobre o Theatro Net 

Arrendado em abril de 2011 pelos produtores culturais Frederico Reder e Juliana Reder, sócios da produtora Brain+, o antigo teatro Tereza Rachel teve sua reforma iniciada no mesmo ano, após mais de dez anos sem atividades. Quatro décadas depois de sua primeira inauguração, o Theatro Net Rio abriu suas cortinas no dia 4 de abril de 2012, com o espetáculo "BIBI – Histórias e Canções", no qual Bibi Ferreira comemorava seus 90 anos de vida e 70 anos de carreira. No dia 7 de abril, foi inaugurado para o grande público.

Entre shows, musicais, peças de teatro e espetáculos de dança já promoveu mais de 1500 sessões para um público acima de um milhão de pessoas. O espaço conta com duas salas, sendo a maior, Sala Tereza Rachel, com capacidade de 622 lugares e a menor, Sala Paulo Pontes, com 100 lugares.

Dois anos depois os mesmos produtores inauguraram o Theatro NET São Paulo, localizado no quinto andar do Shopping Vila Olímpia. Com uma grande festa a noite do dia 18 de julho de 2014 foi marcada por um inesquecível show de Gilberto Gil. Desde então, o teatro já recebeu em seu palco grandes nomes da MPB, além de espetáculos musicais e eventos corporativos. Com 2.300 m² a estrutura conta com arquitetura moderna e tecnologia de ponta. Apesar de grandioso, tudo no Theatro NET São Paulo é aconchegante.

Ambas as casas têm pleno funcionamento, com uma programação diversificada, todos os dias da semana, e preza pelo bem-estar do público e dos artistas e pela excelência em seu atendimento.

Sobre a produtora Brain+ 

Depois de conquistar diferencial em sua área, a Brain+ - que nasceu Brainstorming Entretenimento - hoje comemora sete anos e movimenta o setor da economia criativa no Brasil, a partir de São Paulo e Rio de Janeiro, com a operação consolidada de dois teatros.
Por meio de contratos de naming right/patrocínio com a empresa de serviços de telecomunicações e entretenimento via cabo Net, viabiliza a operação dos Theatro Net Rio e Theatro Net São Paulo.
Conduzindo diretamente todos os seus negócios, Fred Reder comemora cada crescimento e novas conquistas profissionais. Seu nome é sinônimo de ousadia no cenário cultural do eixo Rio/São Paulo e sua ambição ultrapassa essas fronteiras. Ainda este ano, sua empresa tem a expectativa de crescer cada vez mais nesse mercado de entretenimento cultural, com a abertura de novos teatros.
Em paralelo aos gerenciamentos das casas, a Brain+ traz ainda em seu catálogo a produção de espetáculos, que são sucesso de público e crítica. Tango, Bolero e Cha Cha Cha; O Pacto das 3 Meninas; Romeu e Julieta; e, Avenida Q são alguns deles. Além dos mais recentes: Qualquer Gato Vira-Lata Tem a Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa; E Aí, Comeu?; Constellation, O Musical; O Último Lutador; Ou Tudo Ou Nada.

SERVIÇO:
ALESSANDRA VERNEY 
Theatro Net Rio – Sala Tereza Rachel. Rua Siqueira Campos, 143 – Sobreloja – Copacabana. (Shopping Cidade Copacabana).
Horário: 21h.
Data: 27 de novembro.
Classificação: 12 anos.
Duração: 70 minutos.
Ingresso: R$ 80,00 (plateia e frisas) R$ 60,00 (balcão)
Direito à meia entrada e descontos :  http://www.theatronetrio.com.br/pt-br/bilheteria.html
Capacidade do Teatro: 622 lugares.
Telefone do teatro: 21 2147 8060 / 2148 8060
Site: www.theatronetrio.com.br
Vendas pela internet:  www.ingressorapido.com.br ou pelo aplicativo do Ingresso Rápido.
Vendas pelo telefone: Informações e compra Ingresso Rápido - (11) 4003 - 1212
Atendimento pós venda Ingresso Rápido - (11) 4003 - 2051
Informações sobre ponto de venda da Ingresso Rápido de outros eventos fora do Theatro Net Rio, somente pelo telefone - (11) 4003 - 1212
Horário de funcionamento - Todos os dias das 10h às 18h.
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Reservas para grupos: Guilherme Romeu - guilhermeromeu@brainmais.com / (21) 96629 - 0012
Horário de atendimento - De Segunda a Sábado de 14h às 21h.
Formas de pagamento: Aceitamos todos os cartões de crédito, débito, vale cultura nas bandeiras (Alelo & Ticket) e dinheiro. Não aceitamos cheques.
Acessibilidade
Estacionamento no Shopping, entrada pela Rua Figueiredo Magalhães, 598.

Agenda Cultural RJ
 ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos.
Divulgação de Midia Online
agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Nelson Sargento, Novo projeto mensal do cantor reunirá convidados no palco do Teatro Rival Petrobras, a partir do dia 23 de novembro, às 19 horas.



Novo projeto mensal do cantor reunirá convidados no palco do Teatro Rival Petrobras, a partir do dia 23 de novembro, às 19 horas.

Nelson Sargento está em casa. E em casa a gente recebe os amigos, certo? É exatamente isso que o cantor e compositor Nelson Sargento, baluarte mangueirense, fará no palco do Teatro Rival Petrobras. Em seu projeto mensal Nelson Sargento ‘Em Casa’, que estreia quinta-feira dia 23 de novembro, no horário especial das 19 horas, ele se apresenta convidando a Família Nogueira e Cida Santana. A ideia foi de Leandra Leal, gestora do Teatro Rival Petrobras, que fez o convite, aceito por Nelson imediatamente.

Nesta primeira edição, Nelson vai contar com a presença da Família Nogueira: Gisa e Didu Nogueira, irmã e sobrinho do saudoso João Nogueira, e apresentar ao público a cantora Cida Santana, que apesar de estar cantando profissionalmente há apenas um ano, já conquistou Nelson Sargento. “Em cada esquina do nosso país, existe um talento, só falta oportunidade”, diz ele, que resolveu abrir espaço para novos artistas.

Ex-empregada doméstica, fã de Maria Bethânia e de Dona Ivone Lara, a atualmente aluna da Escola Portátil de Música, vai aproveitar essa oportunidade dada pelo mestre para interpretar obras de outros grandes craques do nosso samba como: “Minha missão”, de João Nogueira e Paulo César Pinheiro; “Onde a dor não tem razão”, de Paulinho da Viola e Elton Medeiros; e “O Império tocou reunir”, de Mano Décio da Viola e Silas de Oliveira.

E essa roda de samba será incrementada por dois luxos: a direção musical de Paulão 7 Cordas e um cenário exclusivo com móveis e objetos da casa do próprio Nelson, como uma estimada estante e quadros do multitalentoso artista, que como todos sabem, também pinta.


Serviço:Teatro Rival Petrobras

Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia

Dia 23, quinta-feira, Nelson Sargento ‘Em Casa’
Horário: 19 horas
Preços: Mesas - R$ 50 (inteira) e R$25,00 (meia-entrada).
Lounge - R$ 40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada).
Classificação: 18 anos


Agenda Cultural RJ 
▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online.
agendaculturalrj@gmail.com
#agendaculturalrj

  Instagram

Ultimas apresentações, espetaculo Perola, SUPERMOÇA na Casa Rio

SUPERMOÇA

Após o sucesso dos vídeos inéditos da SUPERMOÇA, IzabellaVan Hecketraz aos palcos cariocas o espetáculo teatral PÉROLA.

O espetáculo de 60 minutos mostra a vida do aeronauta de forma DIVERTIDA E RESPEITOSA, contando os casos mais engraçados dos últimos 20 anos de profissão da profissão da nossa personagem

Após o incêndio do Teatro Clara Nunes, esta produção se reergueu com uma bela temporada no Teatro Glaucio Gill e Teatro Glauce Rocha.

Com esta citação de Willian Shakespeare, começamos a contar a história de Pérola: uma comissária de voo, que há 20 anos abriu mão do seu sonho de ser atriz, ao fazer uma prova para o emprego de aeromoça em uma empresa aérea e ser bem sucedida.

Agora 20 anos depois, Pérola faz seu último voo, aluga um pequeno teatro, ensaia um monólogo do mestre Shakespeare e corre para sua estreia. Ao se deparar com a casa cheia, ela se esquece do texto e começa a contar sua história de vida, apegada ainda a velhos hábitos da comissária. Pérola acaba usando seu tempo no teatro para contar as aventuras, loucuras e emoções da vida no ar.

FICHA TÉCNICATexto: Márcio Azevedo.
Direção: Márcio Azevedo e Milton Filho
Elenco: Izabella Van Hecke.
Direção de Produção: Rafael Carretero
Produção Lis Maia
Cenário: José Carlos Vieira e Jorge Roriz
Figurino: Anderson Ferreira
Iluminação: RommelEquer

ServiçoCasa Rio
Rua: São João Batista, 105 – Botafogo

Informações: 2148-6999
Ingressos: R$ 40,00 e R$ 20,00
Temporada 16 a 24 de novembro de 2017.
Quinta e Sexta, ás 21h
Duração: 60 minutos
Classificação etária: Livre

Agenda Cultural RJ 
▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. 
Divulgação de Midia Online.  
agendaculturalrj@gmail.co
 #agendaculturalrj

  

Hoje, dia 19/11, ultimo dia para curtir o evento que esta agitando o Grajau, "Grajau Gastro Fest" Entrada Gratuita

Grajaú Gastro Fest estreia na praça Edmundo Rêgo, no Grajau, dias 17, 18 e 19 de novembro. Entrada Franca!

Grajaú Gastro Fest estreia na praça Edmundo Rêgo



Passando o feriado tem evento estreando na Zona Norte ... É a primeira edição do Grajaú Gastro Fest, feira de gastronomia de rua e foodtrucks, que vem para movimentar a praça Edmundo Rêgo. Nos dias 17,18 e 19 de novembro mais de 20 expositores e foodtrucks estão confirmados em um dos maiores eventos da região. A programação conta ainda com shows gratuitos e espaço de recreação para as crianças.​​

Entre as boas do menu, delícias dos melhores expositores do Rio com opções de Burger artesanal, sanduíches, crepes, espetinhos, doces e chocolate. Para beber, drinks exclusivos, cervejas artesanais, vinho, capivodkas e muito mais.

Para as crianças, oficinas de pintura e jogos de playstation, sábado e domingo, das 12h às 18h.

O ​Grajaú Gastro Fest acontece de 17 a 18 de novembro, das 12h às 22h, na Praça Edmundo Rêgo, no ​Grajaú.
Informações sobre o evento: 99904-0973.

Serviço

Grajaú Gastro Fest
Datas: 17,18 e 19 de Novembro
Horário: 12h às 22h
Local: Praça Edmundo Rêgo
Entrada Franca

Programação

17/11 - Sexta - Rubber Band | 19h às 22h.

18/11 - Sábado - Show Rafael Soares | 18h30 às 21:30h.

19/11 - Show Pepe Moraes - Cazuza Cover | 18h às 21h.

Agenda Cultural RJ 
▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online.
agendaculturalrj@gmail.com
#agendaculturalrj

 

18 de nov de 2017

Inauguração da exposição “Abismo”, de José Tannuri, na Tramas Arte Contemporânea (RJ) Terça-feira, dia 21 de novembro, às 19h.



Inauguração da exposição “Abismo”, de José Tannuri, na Tramas Arte Contemporânea (RJ)




Terça-feira, dia 21 de novembro, às 19h.


A Tramas Arte Contemporânea apresenta ‘Abismo’, nova exposição individual do carioca José Tannuri. O artista volta à galeria, após quatro anos de sua última individual no local (em ‘Urbânico’, 2013), com trabalhos realizados em cores chapadas sobre páginas de jornal e investiga a borda que contorna os abismos, aqueles que construímos.


A série, realizada entre 2016 e 2017 no seu ateliê em Santa Teresa, apresenta trampolins e plataformas projetadas sobre o vazio, além de outras arquiteturas ambivalentes em pinturas sobre jornal, material que Tannuri domina já que é especialista em papel reciclado. 




“Ao menos desde 2003, quando realizou a instalação ‘Muros’, no Centro Cultural Sérgio Porto, o artista aponta criticamente a dominação e o homogêneo. Tannuri manipula o jornal literal e, simbolicamente, suas páginas são como território de países, limites de suas fronteiras físicas, culturais, sociais e econômicas. Se em trabalhos anteriores, como ‘Vazios’ (2005) no Paço Imperial, a arquitetura é transfigurada por volumes monumentais de papelão, aqui os pequenos e médios formatos condensam a imensidão. Espaços aparentemente vazios, pois não há a presença direta do corpo, sinalizam a solidão dos que vivem entre muitos. Na série Abismo, o azul intenso e profundo (patenteado pelo artista francês Yves Klein, que realizou Salto no Vazio, em 1960), ora é fosso ora dissimulada correnteza que abre margens vizinhas às próprias bordas do papel. Cada horizonte é desalinhado por seu próprio abismo", escreve Luiza Interlenghi, curadora da exposição.


Sobre o artista:
Nascido no Rio de Janeiro, José Tannuri fez sua primeira exposição em 1998. Participou de mostras internacionais como a 10a Bienal de Havana e uma individual na Frederico Seve Gallery, em Nova York. Atualmente trabalha com projetos instalativos, performance, fotografia, pintura e desenho sobre jornal. Em seu eixo temático, objetos como arquitetura, cidade, construção de paisagens, abismos e passagens são relevados em seu processo.

Sobre a Tramas Arte Contemporânea:
Desde a sua fundação, em 2009, no bairro de Copacabana (RJ), a Tramas Arte Contemporâneavem atuando na difusão de artistas contemporâneos buscando a valorização de suas diversidades estéticas e conceituais. A galeria tem como objetivo propiciar o diálogo entre artistas e público, acreditando na intensa parceria construída ao longo dos últimos anos entre os mesmos, promovendo assim um espaço de discussão e reflexão da arte contemporânea brasileira. Sua programação norteia-se na pluralidade artística, apontando e incentivando a criatividade e aprofundamento conceitual no que tange as produções artísticas de seus artistas representados. Artistas representados: Evandro Prado, Fernando Ribeiro, Geraldo Melo, Henrique Pontual, José Tannuri, Leonardo Ramadinha, Marcelo Catalano, Osmar Dillon, Renan Cepada, Renato Sant’Ana e Yara Dewachter.

Serviço:
Inauguração Exposição ‘Abismo’, de José Tannuri
Terça-feira, dia 21 de novembro de 2017, às 19h.
Encerramento: dia 16 de dezembro de 2017
Curadoria: Luiza Interlenghi

Local:
Tramas Arte Contemporânea
Shopping Cassino Atlântico
Av. Atlântica 4240, Loja 219. Copacabana, Rio de Janeiro contato@tramasgaleriadearte.com.br| Tel: 55 21 2287-2036

Funcionamento: de segunda à sexta, das 10h às 19h. Sábados, das 12h às 18h.

Entrada gratuita

Links:

https://www.instagram.com/tramasartecontemporanea/
https://www.facebook.com/TramasGaleriaDeArte
https://issuu.com/tramasgaleriadearte
https://www.linkedin.com/in/tramas-arte-contempor%C3%A2nea-b86917141/

Agenda Cultural RJ
 ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online.
agendaculturalrj@gmail.com
#agendaculturalrj

  

Dora Toiá se apresenta na Vizinha 123, terça, dia 21


Dora Toiá se apresenta na Vizinha 123, terça, dia 21
Cantora e compositora apresenta aos cariocas o show "Conversa" e lança mais um vídeo do projeto Live Session

Dora Toiá ainda é um nome desconhecido de grande parte do público mas, aos poucos, a cantora e compositora vem mostrando que faz parte de uma cena musical consolidada batizada de "Nova MPB".

Na terça, dia 21 de novembro, a artista vai se apresentar na Vizinha 123, uma espécie de casa de show e bar cult, localizado em Botafogo, ao lado da tradicional Casa da Matriz. Ao lado do prestigiado músico e produtor Fernando Caneca e do pianista e acordeonista argentino Lautano Michaux, Dora Tóia cantará canções de seu primeiro álbum "Conversa" , lançado em 2016, num show acústico que ressalta as composições da forma mais próxima da sua concepção original.

Com um timbre pouco convencional, interpretação marcante e sonoridades próprias, o repertório do show deixa claro sua verve romântica e um "quê" de trilha sonora afetiva. Entre canções autorais e releituras que costuram o roteiro do show que tem direção deVytória Rudan, Dora Tóia expõe suas referências musicais e vem chamando a atenção de nomes importantes do mercado fonográfico como a do produtor musical Rodrigo Vidal e da diretora global Alice Demier.

O resultado desse "encontro" entre o quarteto, foi a produção de algumas Live Session. O primeiro vídeo traz a canção inédita "Agora" que dá nome a todo projeto. O segundo vídeo da Live Session mostra Dora Toiá revisitando um clássico de Lô e Marcio Borges, "Quem sabe isso quer dizer amor". Filmado no Rio, sob direção geral de Demier, direção musical de Vidal, direção artística de Vytória Rudan e arranjos de Fernando Caneca, o próximo vídeo será lançado no dia 21 de novembro, pouco antes do show que a artista fará na Vizinha 123.

Sobre Dora Toiá
Nascida em Nova Friburgo, é radicada no Rio desde fevereiro de 2005. Ainda criança descobriu afinidade com a música e incentivada por seu pai, também cantor e compositor, entrou em contato com suas primeiras referências musicais. Em 2010, deu início ao projeto de seu primeiro álbum. Foram quase 5 anos se dedicando a todo processo criativo e artístico até que se sentiu pronta para entrar em estúdio e gravar. Neste longo processo de amadurecimento como compositora e definição de sonoridades, encontrou em Vytória Rudan uma grande parceira. Lançado digitalmente em outubro de 2016, "Conversa" foi produzido por Fernando Caneca e o resultado deste "encontro" é um álbum de música brasileira com pegada pop dando destaque os arranjos e a voz marcante.

Além do próprio Fernando Caneca (violões e guitarras) participaram da gravação de "Conversa" os músicos Fernando Nunes (Baixo), Cesinha (Bateria), Maycon Ananias (Teclados) e Marco Lobo (percussão).

Faixas de "Conversa"
1- Dona Aurora – Vytória Rudan / Manoel Gandra / Dora Toiá
2- Janela - Dora Toiá / Vytória Rudan
3- Cantinho - Dora Toiá / Fernando Caneca / Vytória Rudan / Eugenio Dale
4- Conversa - Dora Toiá / Vytória Rudan
5- Vem comigo - Dora Toiá / Vytória Rudan
6- Amantes - Vytória Rudan / Manoel Gandra
7- Longe - Dora Toiá / Vytória Rudan / Manoel Gandra
8- De Ninguém Mais - Dora Toiá / Vytória Rudan
9- Vamos ao que interessa - Dora Toiá / Vytória Rudan

Serviço: show Dora Toiá + lançamento do terceiro vídeo do projeto Live Session
Local: Vizinha 123 - R. Henrique de Novais, 123 - Botafogo / RJ
Dia: 21 de novembro (terça-feira)
Horário: 21h
Ingressos: R$ 20
Mais informações: (21) 2226 - 9691 l www.facebook.com/dora.toia

Agenda Cultural RJ 
▪ Gabriele Nery ▪ 
Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. 
Divulgação de Midia Online.
Contato: agendacultualrj@gail.com

 #agendaculturalrj

  

Tulipa Ruiz traz lançamento de show TU ao Theatro NET RIO


Tulipa Ruiz traz lançamento de show TU ao Theatro NET RIO.

Nude, Tulipa Ruiz lança seu quarto álbum, "TU"



TU, com letra maiúscula. Em capslock para acentuar a grafia da palavra e assim mergulhar em seu significado. TU sou eu e é você. TU é a gente. Tu também é dois. Two. Eu e Gustavo, meu irmão e parceiro musical. Tu é para. É oferenda. A ideia do disco nasceu a partir de uma gira que fizemos voz e violão, formato que eu gosto de chamar de “nude”, porque é como se as músicas estivessem peladas. Tocar as músicas desse jeito nos aproximou da espinha dorsal de cada canção. E fiquei com vontade de gravá-las assim: um violão, uma voz e algumas poucas percussões.

Este é o conceito do disco. Sobretudo em um momento onde a tecnologia nos dispersa e a overdose de informação nos sobrecarrega, quis fazer um disco mais íntimo, mais próximo, mais cru. Em tempos de relações rasas, esse é um disco que me aproxima do ritual da fogueira. Do olho no olho. Dos meus amigos. Os antigos e os novos. Os da floresta e os da cidade. Tu sou eu, Gustavo e Stéphane San Juan. Gustavo no violão e na inventação das músicas junto comigo. Stephane nas percussões. Os dois na produção do disco. Scotty Hard foi o engenheiro de som.

A primeira intuição que tivemos para TU é que seria um disco de releituras, mas durante o processo músicas novas apareceram. Cinco novas e quatro releituras. Ao todo são nove e eu gostei desse número porque o 9 contém a experiência de todos os números anteriores. Tem a ver com o conceito do disco: incorporar em sua atmosfera e existência a experiência dos discos anteriores.

Das regravações, vieram a minha "Pedrinho" e "Desinibida", parceria com o músico português Tomás Cunha Ferreira, da banda Os Quais. Elas entraram para o disco porque trazem personagens livres e gente livre merece destaque. São praticamente a mesma pessoa. "Algo Maior" (minha, do Gustavo e do meu pai Luiz Chagas) e "Dois Cafés" (minha e do Gustavo) foram relidas porque que precisavam ser ditas de novo. Foram tocadas poucas vezes nos shows com banda e verbalizá-las me fortalece.

Das novas, fiz “Pólen”. “Game” e “Tu” são parcerias com Gustavo. “Terrorista del Amor” é a minha segunda experiência em uma composição coletiva (a primeira foi em Víbora). É uma parceria com Ava Rocha, Paola Alfamor, Gustavo Ruiz e Saulo Duarte.  “Pedra”, que fecha o disco, é uma música feita pelo meu pai, Luiz Chagas, no ano em que nasci e que nunca tinha sido gravada. Tenho dois convidados muito especiais no disco. Mauro Refosco, em “Algo Maior” e Adan Jodorowsky em “Terrorista del Amor”.

Gravamos as músicas no estúdio do Scotty, no Brooklyn, em duas semanas. Incrível o jeito que ele capta e o som. O violão do Gustavo ficou especial. Impressionante a sintonia que se deu entre a gente e a contribuição de cada um. Gustavo na arregimentação de tudo e na percepção da minha musicalidade. Stepháne, com seu olhar estrangeiro de francês radicado no Rio e no Mali, levou nossas músicas para novos lugares e, além de um ar cosmopolita, trouxe ancestralidade para a nossa fogueira.

Este é o nosso primeiro projeto 100% digital. E escolhemos como parceiros a ONErpm, que nos acolheu de braços abertos no Brasil e em Nova York colocando toda sua estrutura à nossa disposição. As parcerias foram fundamentais para que TU se materializasse.

Esse disco também é resultado de nossas andanças. Nos dois últimos anos tocamos muito pela América Latina, sobretudo México, e TU também vem da vontade de dialogar mais com que está ao nosso redor e parece distante pela barreira da língua.

Esse disco me aproxima de todos os meus cordões umbilicais.

Sobre os caras

Gustavo Ruiz é meu produtor musical. Juntos temos muitas conquistas, como um Grammy de Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro. Gustavo, além de me produzir, produziu discos de bandas que moram na minha vitrola. Junio Barreto, Trupe Chá de Boldo, Zé Pi, Juliana Kehl, Porcas Borboletas, Verônica Ferriani, Pedro Moraes, Plutão Já Foi Planeta e agora Maurício Pereira.

Gustavo conheceu Stéphane quando tocavam juntos na banda da Vanessa da Mata. Stepháne hoje vive entre Brasil e EUA e já tocou com importantes nomes, como a dupla africana Amadou e Mariam e a inglesa Jane Birkin. Ele nos apresentou Scotty Hard, reconhecido por seu trabalho com artistas de hip-hop e jazz, como Cypress Hill e Medeski Martin and Wood. No Brasil, Scotty gosta de trabalhar com a Nação Zumbi.

Stepháne é amigo do Mauro Refosco, percussionista brasileiro radicado em NY e ele um dia foi visitar a gente no estúdio. Já conhecíamos o seu trabalho com a banda Forró in The Dark e suas contribuições com David Byrne, Red Hot Chili Peppers e Tom York, além de muitos amigos em comum. Mostramos algumas músicas para ele e sua presença no disco acabou sendo inevitável. Ele fez o arranjo de percussões junto com o Stephane em “Algo Maior.

Adan Jodorowsky entrou para a história porque eu entendi durante as gravações que precisava de uma voz caminhando comigo em “Terrorista del Amor”. Adan é filho do diretor Alejandro Jodorowsky e tocamos em duas ocasiões que homenageavam seu pai, a Feira Internacional do Livro de Guadalajara e os Prêmios Fênix de Cinema. Adan, além de músico, também é diretor e ator.

Sobre o Theatro Net

Arrendado em abril de 2011 pelos produtores culturais Frederico Reder e Juliana Reder, sócios da produtora Brain+, o antigo teatro Tereza Rachel teve sua reforma iniciada no mesmo ano, após mais de dez anos sem atividades. Quatro décadas depois de sua primeira inauguração, o Theatro Net Rio abriu suas cortinas no dia 4 de abril de 2012, com o espetáculo "BIBI – Histórias e Canções", no qual Bibi Ferreira comemorava seus 90 anos de vida e 70 anos de carreira. No dia 7 de abril, foi inaugurado para o grande público.
Entre shows, musicais, peças de teatro e espetáculos de dança já promoveu mais de 1500 sessões para um público acima de um milhão de pessoas. O espaço conta com duas salas, sendo a maior, Sala Tereza Rachel, com capacidade de 622 lugares e a menor, Sala Paulo Pontes, com 100 lugares.
Dois anos depois os mesmos produtores inauguraram o Theatro NET São Paulo, localizado no quinto andar do Shopping Vila Olímpia. Com uma grande festa a noite do dia 18 de julho de 2014 foi marcada por um inesquecível show de Gilberto Gil. Desde então, o teatro já recebeu em seu palco grandes nomes da MPB, além de espetáculos musicais e eventos corporativos. Com 2.300 m² a estrutura conta com arquitetura moderna e tecnologia de ponta. Apesar de grandioso, tudo no Theatro NET São Paulo é aconchegante.
Ambas as casas têm pleno funcionamento, com uma programação diversificada, todos os dias da semana, e preza pelo bem-estar do público e dos artistas e pela excelência em seu atendimento.

Sobre a produtora Brain+

Depois de conquistar diferencial em sua área, a Brain+ - que nasceu Brainstorming Entretenimento - hoje comemora sete anos e movimenta o setor da economia criativa no Brasil, a partir de São Paulo e Rio de Janeiro, com a operação consolidada de dois teatros.
Por meio de contratos de naming right/patrocínio com a empresa de serviços de telecomunicações e entretenimento via cabo Net, viabiliza a operação dos Theatro Net Rio e Theatro Net São Paulo.
Conduzindo diretamente todos os seus negócios, Fred Reder comemora cada crescimento e novas conquistas profissionais. Seu nome é sinônimo de ousadia no cenário cultural do eixo Rio/São Paulo e sua ambição ultrapassa essas fronteiras. Ainda este ano, sua empresa tem a expectativa de crescer cada vez mais nesse mercado de entretenimento cultural, com a abertura de novos teatros.
Em paralelo aos gerenciamentos das casas, a Brain+ traz ainda em seu catálogo a produção de espetáculos, que são sucesso de público e crítica. Tango, Bolero e Cha Cha Cha; O Pacto das 3 Meninas; Romeu e Julieta; e, Avenida Q são alguns deles. Além dos mais recentes: Qualquer Gato Vira-Lata Tem a Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa; E Aí, Comeu?; Constellation, O Musical; O Último Lutador; Ou Tudo Ou Nada.


SERVIÇO:

TULIPA RUIZ
Theatro Net Rio – Sala Tereza Rachel. Rua Siqueira Campos, 143 – Sobreloja – Copacabana. (Shopping Cidade Copacabana).
Horário: 21h.
Data: 21 DE NOVEMBRO.
Classificação:  12 anos.
Duração: 60 minutos.
Ingresso: R$ 100,00 (plateia) R$ 80,00 (frisa e balcão).
Direito à meia entrada e descontos :  http://www.theatronetrio.com.br/pt-br/bilheteria.html
Capacidade do Teatro: 622 lugares.
Telefone do teatro: 21 2147 8060 / 2148 8060
Site: www.theatronetrio.com.br
Vendas pela internet:  www.ingressorapido.com.br ou pelo aplicativo do Ingresso Rápido.
Vendas pelo telefone: Informações e compra Ingresso Rápido - (11) 4003 - 1212
Atendimento pós venda Ingresso Rápido - (11) 4003 - 2051
Informações sobre ponto de venda da Ingresso Rápido de outros eventos fora do Theatro Net Rio, somente pelo telefone - (11) 4003 - 1212
Horário de funcionamento - Todos os dias das 10h às 18h.
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Reservas para grupos: Beatriz Barcelos - beatrizbarcelos@brainmais.com
Somente pelo telefone: (21) 96629 - 0012
Horário de atendimento - De Segunda a Sábado de 14h às 21h.
Formas de pagamento: Aceitamos todos os cartões de crédito, débito, vale cultura nas bandeiras (Alelo & Ticket) e dinheiro. Não aceitamos cheques.
Acessibilidade
Estacionamento no Shopping, entrada pela Rua Figueiredo Magalhães, 598.

Agenda Cultural RJ
 ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos.
Divulgação de Midia Online
agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

InCômodos mostra, de forma comica, os desconfortos do universo feminino Com apenas artistas mulheres, instalação cênica ocupa a Casa Rio em novembro para provocar os sentidos dos espectadores


InCômodos mostra, de forma comica, os desconfortos do universo feminino

Com apenas artistas mulheres, instalação cênica ocupa a Casa Rio em novembro para provocar os sentidos dos espectadores


InCômodos é uma instalação cênica criada apenas por artistas mulheres que, a partir de diversas linguagens, pretende estimular os espectadores sensorialmente e, assim, imergi-los nas experiências de desconforto e violência que indivíduos do gênero feminino sofrem diariamente. Misturando artes cênicas e audiovisuais, dança, fotografia e poesia, o projeto ocupará, a partir de 04 de novembro, cinco cômodos da Casa Rio, em Botafogo, pelos quais o público será guiado através de uma jornada itinerante. A temporada será de um mês, com sessões aos sábados (às 20h) e domingos (às 19h30). A direção e curadoria é de Kel Cogliatti.

Mesclando diversas linguagens artísticas, InCômodos dá origem a uma ocupação múltipla e original que insere o público em um ambiente familiar e doméstico. Cada cômodo da casa terá como objetivo estimular especificamente um dos cinco sentidos humanos - visão, audição, tato, paladar e olfato -, sendo o conjunto deles uma alusão ao sexto sentido feminino. O grupo de espectadores de cada sessão será levado a visitar os espaços de forma itinerante por meio de um circuito guiado, no qual as experiências são conectadas e sofrem interferência a todo o momento das próprias artistas participantes.

InCômodos tem como objetivos fomentar o debate sobre a violência contra a mulher, contribuir para a reflexão sobre a responsabilidade da sociedade nos casos de violência doméstica, e para a desmistificação do conceito de feminismo e sua aproximação do cotidiano dos indivíduos. Além da sessão cênica, antes de cada apresentação haverá um ciclo de debates, às 18h, com um coletivo feminino diferente, abordando um tema diferente referente a este universo dos desconfortos cotidianos das mulheres. Dentre os nomes confirmados para as conversas já estão o coletivo Papo Preta e integrantes da ONG ThinkOlga.

A Casa Rio é uma residência para artistas e produtores culturais, sem fins lucrativos, aberta pela Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro / FUNARJ, com o apoio da Queen Mary University of London e gestão da People’s Palace Projects do Brasil.


FICHA TÉCNICA

Curadoria e direção geral: Kel Cogliatti

Artistas: Andressa Guerra, Brigitte Schweiz, Claudia Wer, Kyvia Rodriguez e Kika Diniz

Produção: Bela Andreo, Claudia Wer e Kel Cogliatti

Mídias digitais: Isabela Jaloto

Material gráfico: Andressa Guerra e Rodrigo Menezes

SERVIÇO
InCômodos – Uma instalação cênica

Estreia: 04 de novembro.

Horários: Sábados, às 20h. E domingos, às 19h30.

Temporada: De 04 a 26 de novembro.

Local: Casa Rio – Endereço: Rua São João Batista, 105 – Botafogo, RJ.

Ingressos: R$20 / Meia R$10

Benfeitoria: www.benfeitoria.com/Incomodos

Facebook: www.facebook.com/OIncomodos

Email: Incomodosoprojeto@gmail.com

Agenda Cultural RJ - Produção, Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com #agendaculturalrj 

Um clássico de Nelson Rodrigues é sempre um presente para qualquer ator e esse também será para a plateia, que poderá desfrutar desse universo encantador, que hipnotiza o público

MINISTÉRIO DA CULTURA, KLABIN S.A., GOVERNO DO RIO DE JANEIRO, SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA, FUNDAÇÃO ANITA MANTUANO DE ARTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E CASA DE CULTURA LAURA ALVIM

APRESENTAM



“Perdoa-me por me traíres” – Tragédia de Costumes, de Nelson Rodrigues, ganha nova temporada na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema,  ate 26 de novembro, sob a direção de Daniel Herz, e comprova a contemporaneidade do autor
Em curta temporada, ate dia 26 de novembro, no Teatro Laura Alvim

Escrita por Nelson Rodrigues no ano de 1957, a peça teatral “Perdoa-me por me traíres” volta a ser encenada no Teatro Laura Alvim, em Ipanema, com elenco formado por Bebel Ambrosio, Bob Neri, Clarissa Kahane, Ernani Moraes, Gabriela Rosas, João Marcelo Pallottino, Rose Lima, Tatiana Infante e Wendell Bendelack, sob a direção de Daniel Herz. A reestreia está prevista para acontecer no dia 3 de novembro. A peça já ganhou diversas encenações por todo o Brasil e até mesmo pelo mundo. Será tarefa árdua para qualquer pesquisador conseguir enumerar com precisão quantas vezes foi encenada até os dias de hoje. O marido traído que pede desculpas por ter sido enganado pela mulher é o mote dessa montagem. Depois de matar a cunhada infiel, Raul (Ernani Moraes) passa a vigiar ferozmente a sobrinha, sob o pretexto de preservar sua castidade. Mas Glorinha (Clarissa Kahane) acaba conhecendo o mundo dos bordéis ao mesmo tempo em que prepara uma terrível vingança contra o tio.

Um clássico de Nelson Rodrigues é sempre um presente para qualquer ator e esse também será para a plateia, que poderá desfrutar desse universo encantador, que hipnotiza o público. Todos os ingredientes da obra de Nelson estão lá: desejos, traições, morte, sexo, vingança, violência física e moral, prostituição e todos esses sentimentos que regem a humanidade até os dias de hoje e estão longe de serem datados. O próprio Nelson Rodrigues já participou dessa montagem no papel de Raul, contracenando com Abdias do Nascimento, sob a direção de Gláucio Gil. O texto foi adaptado para o cinema em 1980, no filme homônimo, dirigido por Braz Chediak, que ainda ganhou a música “Mil Perdões”, composta por Chico Buarque, que se tornou um clássico da MPB.

Sobre o que o estimulou a trabalhar nessa nova montagem, Daniel Herz, que já dirigiu também a obra “Valsa nº 6”, do mesmo autor, explica: “Nelson é universal e por isso sempre atual, mas é importante não deixar a singularidade do ´sotaque´ rodriguiano parecer uma cena cheia de naftalina. Manter a linguagem, mas parecer que ela é dos nossos dias, do nosso momento histórico. Esse é o grande desafio”. Daniel acredita ainda que Nelson se repete com uma originalidade incrível e que dirigir “Perdoa-me...” é virar um pouco todos eles: a doença e a paixão que cada personagem carrega. Para finalizar Herz ainda diz “Ele é o nosso Shakespeare. Genial. Único!Poderia ficar o resto da vida só montando Nelson.”

O cenário, com assinatura de Fernando Mello da Costa, será composto por venezianas, que vão brincar com uma das principais questões dessa peça: o que se revela e o que não deve ser revelado. No palco também será simulado através das luzes um chuveiro, que vai permitir ao espectador ter uma visão de que o texto vai além do sentido real, já que ali em cena estará exposta a sujeira que a água não limpa e a que a muitos atormenta e atordoa: a sujeira moral. A psicanalista Evelyn Disitzer auxilia aos atores na composição dos traços de personalidade de cada personagem. “Nesse momento em que a cultura passou a ser uma coisa menor, onde o teatro é visto como algo menor na cabeça de algumas pessoas, a gente ter a coragem de encenar Nelson Rodrigues, esse autor maldito, só pode ser benéfico para todos. Acredito que vamos buscar um pote atrás do arco-íris, nessa montagem que promete”, diz Ernani Moraes

Serviço:
Perdoa-me por me traíres
Direção:Daniel Herz
Elenco: Ernani Moraes, Bebel Ambrósio, Bob Neri, Clarissa Kahane, Gabriela Rosas, João Marcelo Pallotino, Rose Lima, Tatiane Infante e Wendell Bendelack
Teatro Laura Alvim - Av Vieira Souto, 176, Ipanema - RJ Tel: (21) 2332-2015
03 a 26 de novembro - sextas e sábados às 21h e domingo às 20h
Valores: Inteira R$40,00/ Meia R$20,00
Classificação: 14 anos
Duração: 80 minutos
Ficha Técnica:
Texto: Nelson Rodrigues
Direção: Daniel Herz
Elenco: Bebel Ambrosio, Bob Neri, Clarissa Kahane, Ernani Moraes, Gabriela Rosas, João Marcelo Pallottino, Rose Lima, Tatiana Infante e Wendell Bendelack
Direção musical: Ricco Viana
Direção de movimento: Duda Maia
Iluminação: Aurélio de Simoni
Cenário: Fernando Mello da Costa
Figurino: Antônio Guedes
Assistente de direção: Tiago Herz
Assistente de figurino: Renata Mota
Programação visual: Leticia Moraes
Consultoria psicanalítica: Evelyn Disitzer
Assessoria de Imprensa: MNiemeyer
Produtora Executiva: Gabrielle Barbosa
Assistente de Produção: Marcus Andrade
Coordenacao Financeira: Ingryd Cardozo
Produção: Palavra Z Produções Culturais.

Agenda Cultural RJ 
 Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online. (21)996734350 / whatsapp 
#agendaculturalrj

Grajaú Gastro Fest, dias 17,18 e 19 de Novembro, 12h às 22h na Praça Edmundo Rêgo / Entrada Franca

Grajaú Gastro Fest estreia na praça Edmundo Rêgo, no Grajau, dias 17, 18 e 19 de novembro. Entrada Franca!

Grajaú Gastro Fest estreia na praça Edmundo Rêgo



Passando o feriado tem evento estreando na Zona Norte ... É a primeira edição do Grajaú Gastro Fest, feira de gastronomia de rua e foodtrucks, que vem para movimentar a praça Edmundo Rêgo. Nos dias 17,18 e 19 de novembro mais de 20 expositores e foodtrucks estão confirmados em um dos maiores eventos da região. A programação conta ainda com shows gratuitos e espaço de recreação para as crianças.​​

Entre as boas do menu, delícias dos melhores expositores do Rio com opções de Burger artesanal, sanduíches, crepes, espetinhos, doces e chocolate. Para beber, drinks exclusivos, cervejas artesanais, vinho, capivodkas e muito mais.

Para as crianças, oficinas de pintura e jogos de playstation, sábado e domingo, das 12h às 18h.

O ​Grajaú Gastro Fest acontece de 17 a 18 de novembro, das 12h às 22h, na Praça Edmundo Rêgo, no ​Grajaú.
Informações sobre o evento: 99904-0973.

Serviço

Grajaú Gastro Fest
Datas: 17,18 e 19 de Novembro
Horário: 12h às 22h
Local: Praça Edmundo Rêgo
Entrada Franca

Programação

17/11 - Sexta - Rubber Band | 19h às 22h.

18/11 - Sábado - Show Rafael Soares | 18h30 às 21:30h.

19/11 - Show Pepe Moraes - Cazuza Cover | 18h às 21h.

Agenda Cultural RJ 
▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online.
agendaculturalrj@gmail.com
#agendaculturalrj

 

Artista Thomas Baccaro realiza duas mostras no Rio Em outubro, fotógrafo expõe no Centro Cultural dos Correios e na Casa Cor CASACOR Rio 2017


Artista Thomas Baccaro realiza duas mostras no Rio
Em outubro, fotógrafo expõe no Centro Cultural dos Correios e na Casa Cor CASACOR Rio 2017



Em dobradinha inédita na cidade, o público poderá conferir, a partir do mês de outubro, os trabalhos do premiado fotógrafo Thomas Baccaro em duas ocasiões. A primeira é a exposição “Viver, Conviver e Reviver”, com 112 fotografias de 53 pessoas com mais de 55 anos, que já percorreu São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre. A mostra estará em cartaz no Centro Cultural dos Correios, de 20 de outubro a 15 de novembro. A segunda será na CASACOR Rio, de 24 de outubro a 30 de novembro, no ambiente assinado pela arquiteta Paola Ribeiro, com seis fotografias fine art, registradas na Itália e Grécia.

O contato de Thomas com museus, galerias, exposições e artistas começou cedo. Ele herdou da família suas referências artísticas: é filho dos italianos Giuseppe Baccaro, galerista, negociante e leiloeiro de arte, e Fiorella Giovagnoli, restauratrice; e foi enteado do diretor de cinema Hector Babenco e do fotógrafo Mario Cravo Neto. Aos 42 anos, já realizou mais de 22 exibições individuais de um total de 48 exposições das quais participou. Entre os prêmios, destaque para AI-AP Latin American Fotografía 3 (EUA, 2014); Mostra Istituzionale Forte Sangallo di Nettuno Contemporary Art (Itália, 2012); Prêmio Colunistas Norte e Nordeste (Brasil 2000 a 2008); e Museu de Arte Contemporânea de Americana (Brasil, 1998).

Esta é a primeira vez que vou expor no Rio de Janeiro. Era um desejo antigo, pois meu pai teve muitas parcerias na cidade, sempre me falava muito do mercado carioca. Inclusive, estou a procura de uma representação na capital", revela Thomas, que busca em suas viagens nacionais e internacionais a matéria-prima para suas fotografias. "Este ano fui a Itália e Marrocos, acabo de voltar de uma temporada em Galápagos e logo embarco para um trabalho em Minas Gerais".

Exposição “Viver, Conviver & Reviver”: mais de 100 fotos de pessoas acima dos 55 anos


A exposição “Viver, Conviver & Reviver” - idealizada pelo programa Itaú Viver Mais, que promove o envelhecimento ativo, além de estimular a arte e a cultura - reúne mais de uma centena de fotografias de Thomas Baccaro. As imagens são acompanhadas pelos textos “A Arte De Ficar Mais Velho”, de Drauzio Varella, e “A Arte de ser Artista”, de Paulo Klein, produzidos com exclusividade para a mostra.

“Fazer cada um dos fotografados se sentirem especiais e belos, foi o objetivo deste ensaio. Quis que cada um pudesse viver mais esta experiência, entre tantas já vividas”, conta Thomas, que tem como uma das características de seu trabalho a facilidade de captar espontaneidade.

CASACOR: série fotografias clicadas na costa italiana e grega, no ambiente da renomada Paola Ribeiro

De 24 de outubro a 30 de novembro, no Porto Maravilha, acontece a 27ª edição da CASACOR Rio, mais relevante mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo do Brasil. Com exclusividade para a arquiteta Paola Ribeiro, Thomas irá expor imagens registradas na Grécia e Itália (Sicília e Ligúria), com o tema "água", já que o ambiente será um spa. Serão seis fotografias em três tamanhos: 1,40m x 1,40m, 60cm x 90cm e 1,10m x 1,65m.

"Esta é a sexta vez que participo da CASACOR, entre edições no Rio e São Paulo, junto com a Paola. Como o ambiente é um spa, selecionamos entre tantas outras, imagens de água e mar, transmitindo a ideia da paz e da calma através de tons verdes e azuis", explica Thomas.

Saiba mais: www.thomasbaccaro.com

SERVIÇO:
Exposição “Viver, Conviver & Reviver”
Fotografia Thomas Baccaro
Textos: “A Arte De Ficar Mais Velho”, de Dráuzio Varella, e “A Arte De Ser Artista”, de Paulo Klein
Vernissage: dia 20 de outubro, 19h
Data: de 20 de outubro a 15 de novembro de 201
Local: Centro Cultural dos Correios - Rua Visconde de Itaboraí, 20 Centro
Telefone: (21) 2253 1580
Horário: Terça a domingo, 12 às 19h
Grátis – Livre para todos os públicos

Casa Cor Rio 2017
Data: de 24 de outubro a 30 de novembro de 2017
Local: AQWA Corporate – Via Binário do Porto nº 299 – Porto Maravilha.
Telefone: (21) 2512-2411 / 96432-2494
Horário: de terça a domingo, das 12h às 21h
Ingressos terça a sexta-feira: R$25 (meia) e R$50 (inteira)
Ingressos para sábados, domingos e feriados: R$30 (meia) e R$60 (inteira)

Agenda Cultural RJ 
Gabriele Nery
Produção e Divulgação de Eventos Culturais.
Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos.
Divulgação de Midia Online.
(21)996734350  / whatsapp

 #agendaculturalrj

 

O Sistema Fecomércio RJ, por meio do Sesc RJ, promove o 1º Talentos Sesc Esporte para impulsionar jovens entre 11 e 17 anos à prática esportiva. A instituição, que investe nos times profissionais de vôlei feminino e masculino, pretende fortalecer o legado de incentivo ao esporte desde a formação de base.

Sistema Fecomércio RJ promove 1º Talentos Sesc Esporte para impulsionar o desenvolvimento de jovens talentos

Projeto de formação esportiva reúne cerca de 1 mil jovens entre 11 e 17 anos na etapa final, que acontece nos dias 18 e 19, no Píer Mauá, e no dia 25 (natação), no Sesc Madureira. Os Armazéns 2 e 3 estarão abertos ao público a partir desta quinta, dia 16, com palestras, atividades esportivas e de bem-estar gratuitas. 
O Sistema Fecomércio RJ, por meio do Sesc RJ, promove o 1º Talentos Sesc Esporte para impulsionar jovens entre 11 e 17 anos à prática esportiva. A instituição, que investe nos times profissionais de vôlei feminino e masculino, pretende fortalecer o legado de incentivo ao esporte desde a formação de base. Cerca 700 talentos esportivos, identificados nas fases locais, em 15 unidades Sesc, disputarão finais de Vôlei, Futshow, Basquete 3x3 e Judô, nos dias 18 e 19 de novembro, no Píer Mauá. A partir do dia 16, os Armazéns 2 e 3 já estarão abertos gratuitamente ao público com shows, atividades e palestras esportivas (inscrições antecipadas) com profissionais consagrados do cenário esportivo brasileiro, como os técnicos Bernardinho e Giovane Gavio, além de ações de Bem-Estar. A final das provas de Natação será realizada dia 25, no Sesc Madureira, contando com a participação de 350 nadadores.
Na 1ª etapa local, que envolveu quase 3 mil alunos de esporte de unidades Sesc RJ, foram avaliados habilidade técnica, agilidade, além de outros valores implícitos no esporte, pilares de sustentação para atletas de alta performance.
No Píer Mauá, além de conferir o desempenho desses jovens talentos, os visitantes que participarem do evento desde o 1º dia, encontrarão ainda diversas atrações como brinquedoteca para crianças, Copa Sesc de Futshow, food trucks e Espaço Lounge Sesc RJ. No final de semana, haverá aulões de alongamento, ritmos, pilates, circuito funcional.
O cantor Xande de Pilares fará o show de abertura, dia 16, às 20h, enquanto o encerramento ficará por conta de Dudu Nobre, dia 19, às 20h. Nos demais dias, haverá apresentações do Forró de Rabeca (17.11) e da banda de rap Oriente (18.11).
As finais de Natação no Sesc Madureira também terão entrada franca. O público poderá desfrutar de espaço para experimentação de atividades esportivas e bem-estar, como no Píer Mauá, além das atividades de jogos, brinquedoteca infantil e shows. 
O Sistema Fecomércio RJ
O Sistema Fecomércio RJ é composto pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro, pelo Senac RJ e pelo Sesc RJ.
A Fecomércio RJ é formada por 59 sindicatos patronais fluminenses e tem como objetivo representar os interesses do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado. Desta forma, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico, social e político do Rio de Janeiro. O setor possui, cerca de 350 mil estabelecimentos, o que representa 62,2% dos empreendimentos comerciais fluminenses. Do total, 80% são microempresas. É o segmento que mais emprega, gerando 2 milhões de empregos formais, o que corresponde a 42,6% dos postos de trabalho com carteira assinada no Estado.
O Senac RJ é uma instituição de ensino que atua há 71 anos na profissionalização de mão de obra para o setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo no Estado do Rio de Janeiro. Com 37 unidades em todo o estado, a instituição investe fortemente em inclusão social por meio de capacitação para o mercado de trabalho e é reconhecida como referência na oferta de cursos profissionalizantes, tendo atingido a marca de 70% de empregabilidade nos últimos anos.
O Sesc RJ tem como objetivo proporcionar o bem-estar e a qualidade de vida do comerciário, da sua família e da sociedade. Oferece acesso a atividades nas áreas de cultura, saúde, turismo social, educação, esporte e responsabilidade social. Possui 21 Unidades de serviço, quatro Unidades hoteleiras (Copacabana, Nogueira (Petrópolis), Nova Friburgo e Teresópolis), em 12 municípios do estado do Rio de Janeiro, e 11 unidades itinerantes (4 - BiblioSesc, 6 - OdontoSesc, 1 - CineSesc).
Serviço:
Talentos Sesc Esporte
Armazém 2 e 3, Píer Mauá
Horário: de 9h às 22h
De 16 a 19 de novembro
Finais de Vôlei, Futshow, Basquete e Judô: dias 18 e 19 de novembro
Sesc Madureira - Rua Ewbank da Câmara, 90
Dia 25 de novembro
Finais de Natação 
PROGRAMAÇÃO:
DIA 16.11

ARMAZÉM 2 - EXPERIMENTAÇÕES
09h30 às 11h30 – 1º Turno da visita de escolas e vilas olímpicas nas Experimentações
10h00 às 12h00 - Apresentação dos alunos do Portal do Futuro - SENAC 
13h30 às 15h30 – 2º Turno da visita de escolas e vilas olímpicas nas Experimentações
14h00 às 16h00 - Apresentação dos alunos do Portal do Futuro - SENAC 
19h30 às 20h – Apresentação de Dança dos alunos Sesc Santa Luzia em frente ao palco
20h – Início do show – Xande de Pilares
20h45 às 21h – Intervalo do Show e Apresentação de Dança dos alunos Sesc Copacabana e Sesc Tijuca em frente ao palco
21h às 21h45 – 2º Set do Show – Xande de Pilares
ARMAZÉM 2 – FORUM ESPORTIVO NO AUDITÓRIO – das 10h às 17h
09h30 às 10h | Credenciamento
10h às 10h40 | Metodologia e Conceitos de Formação Esportiva - Ambleto Ardigó (IEE)
10h40 as 10h55 | perguntas
11h às 11h40 | Metodologia e Conceitos de Formação Esportiva - Dilso Júnior (Fluminense F.C.)
11h40 as 11h55 | perguntas
12h às 13h | Palestra com Giovane Gavio
13h às 14h | Horário livre para almoço
14h às 14h40 | O Esporte como ferramenta de auxílio na formação e desenvolvimento da criança e do adolescente - Alcides José Scaglia (UNICAMP)
14h40 às 14h55 | perguntas
15h às 15h40 | O Esporte como ferramenta de auxílio na formação e desenvolvimento da criança e do adolescente e Gustavo Drago (USP)
15h40 às 15h55 | perguntas
16h às 16h40 | Apresentação do Programa Sesc Esporte - Marcos Senatore
16h40 às 16h55 | perguntas
17h | Encerramento
ARMAZÉM 3 – ESPORTES
11h30 às 12h30 – Oficinas esportivas (vôlei, futshow e basquete) com 1º turno de escolas e vilas olímpicas
15h30 às 16h30 – Oficinas esportivas (vôlei, futshow e basquete) com 2º turno de escolas e vilas olímpicas
18h30 às 21h – Copa SESC de Futshow
DIA 17.11
ARMAZÉM 2 – EXPERIMENTAÇÕES
09h30 às 11h30 – 1º Turno da visita de escolas e vilas olímpicas nas Experimentações
13h as 17h – Competição de Funcionários
13h30 às 15h30 – 2º Turno da visita de escolas e vilas olímpicas nas Experimentações
19h30 às 20h – Apresentação de Dança dos alunos Sesc Engenho de Dentro
20h – Início do show – Forró de Rabeca
20h45 às 21h – Intervalo do Show e Apresentação de Dança dos alunos Sesc Madureira e Sesc Nova Iguaçu
21h às 21h45 – 2º Set do Show – Forró de Rabeca
ARMAZÉM 2 – FORUM ESPORTIVO NO AUDITÓRIO – das 10h às 13h
10h às 10h30 | Credenciamento
10h30 às 12h | Mesa redonda e debates em cima das palestras realizadas
12h às 12h40 | Palestra com Bernardinho
12h40 às 12h55 | perguntas
13h | Encerramento
ARMAZÉM 3 – ESPORTES
11h30 às 12h30 – Oficinas esportivas (vôlei, futshow e basquete) com 1º turno de escolas e vilas olímpicas
13h às 17h30 – Competição de Funcionários
15h30 às 16h30 – Oficinas esportivas (vôlei, futshow e basquete) com 2º turno de escolas e vilas olímpicas
17h30 – Premiação | Competição de Funcionários
18h30 às 20h30 – Copa SESC de Futshow
20h30 – Premiação | Copa SESC de Futshow
DIA 18.11
ARMAZÉM 2 – EXPERIMENTAÇÕES
11h às 11h30 – Aulão no Auditório | Alongamento + Circuito Funcional
14h às 14h30 – Aulão no Auditório | Ritmos
15h30 às 16h – Aulão no Auditório | Alongamento + Pilates
17h às 17h30 – Aulão no Auditório | Ritmos
20h – Início do show – Oriente
21h45 – Término do Show – Oriente
ARMAZÉM 3 – ESPORTES
08h às 09h – Chegada dos atletas Sesc
09h às 14h – Competição | Jogos de Basquete
09h às 15h30 – Competição | Jogos de Vôlei
14h30 às 15h – Premiação | Basquete
15h às 16h – Premiação | Vôlei
16h – Premiação | Talentos do Basquete e do Vôlei
17h – Saída dos atletas Sesc
18h – Liga Gay | Jogos de Futshow *Tempo de jogo e premiação a definir
DIA 19.11
ARMAZÉM 2 – EXPERIMENTAÇÕES
11h às 11h30 – Aulão no Auditório | Alongamento + Circuito Funcional
14h às 14h30 – Aulão no Auditório | Ritmos
15h30 às 16h – Aulão no Auditório | Alongamento + Pilates
17h às 17h30 – Aulão no Auditório | Ritmos
20h – Início do show – Dudu Nobre
21h45 – Término do Show – Dudu Nobre
ARMAZÉM 3 – ESPORTES
08h às 09h – Chegada dos atletas Sesc
09h às 14h – Competição | Jogos de Futshow
09h às 14h30 – Competição | Judô
15h às 16h – Premiação | Futshow e Judô
16h – Premiação | Talentos do Judô e Futshow
17h – Saída dos atletas Sesc

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estrategicos. Divulgação de Midia Online.
agendaculturalrj@gmail.com

#agendaculturalrj
 

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs