terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Exposição #MultiploLeminski - Paulo Leminski - Caixa Cultural RJ

Exposição #MultiploLeminski #PauloLeminski
Escritor, crítico literário e tradutor, Paulo Leminski foi um dos mais expressivos poetas de sua geração. Influenciado pelos dos irmãos Augusto e Haroldo de Campos deixou uma obra vasta que, passados 25 anos de sua morte, continua exercendo forte influência nas novas gerações de poetas brasileiros. Seu livro “Metamorfose” foi o ganhador do Prêmio Jabuti de Poesia, em 1995. 

Entre suas traduções estão obras de James Joyce, John Fante, Samuel Beckett e Yukio Mishima. Na música teve poemas gravados por Caetano Veloso, Gilberto Gil, Guilherme Arantes; e parcerias com Itamar Assumpção, José Miguel Wisnik e Wally Salomão.


Paulo Leminski morreu no dia 7 de junho de 1989, em consequência de uma cirrose hepática que o acompanhou por vários anos.


Segue abaixo um dos poemas que mais gostamos, de Paulo Leminski

A lua no cinema

A lua foi ao cinema,
passava um filme engraçado,
a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas
uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,
ninguém olhava pra ela,
e toda a luz que ela tinha
cabia numa janela.

A lua ficou tão triste
com aquela história de amor
que até hoje a lua insiste:
— Amanheça, por favor!

Período da Exposição:

10/01 a 06/03 de 2015
terça-feira a domingo das 10h às 21h.
Entrada Franca / Classificação Livre

Local
CAIXA Cultural Rio de Janeiro
Av. Almirante Barroso, 25 – Centro
Informações: (21) 3980 3815
www.caixacultural.com.br

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Bibi Ferreira comemora 75 anos de carreira com show inédito “4XBIBI” dias 27 e 28 de fevereiro no Vivo Rio Repertório inclui canções de Amália Rodrigues, Carlos Gardel, Frank Sinatra e Edith Piaf.

Em fevereiro de 1941, o grande ator Procópio Ferreira apresentava ao público carioca sua filha, Bibi Ferreira, como uma das atrações do espetáculo “La Locandiera”, de Goldoni. O que ele não imaginava é que aquela jovem se tornaria a artista mais importante dos palcos brasileiros. Nos dias 27 e 28 de fevereiro a casa de shows Vivo Rio receberá Bibi Ferreira para o início das comemorações dos 75 anos de carreira. No espetáculo inédito “4XBIBI” a intérprete reúne as principais canções de seus últimos trabalhos que inclui Amália Rodrigues, Carlos Gardel, Frank Sinatra e Edith Piaf.

Entre uma canção e outra, Bibi revela histórias curiosas e inéditas sobre os bastidores dessas produções, matando a saudade do público e dela própria ao interpretar canções tão marcantes em sua carreira. Uma das histórias é sobre a maior fadista de todos os tempos, Amália Rodrigues, que declarou que se alguém fosse interpretar sua vida seria a artista brasileira. Amália assistiu Bibi cantando Piaf nada menos que 14 vezes em Lisboa.

O show 4XBIBI foi preparado especialmente para as comemorações do Jubileu de Diamante da intérprete, que terá início no Rio de Janeiro, seguirá para São Paulo (Tom Brasil dia 4 de março) e  Petrópolis (Quitandinha, dias 25 e 26 de março). Em seguida Bibi volta com a turnê pelo país e apresentações em Nova Iorque e Lisboa com o show Bibi Canta Sinatra. Neste período haverá o lançamento de uma nova fotobiografia, além de uma caixa box com seis CD’s e um novo portal na internet, onde será disponibilizado um extenso material sobre a vida e obra de Bibi Ferreira.

No show, Bibi se apresenta acompanhada por 11 músicos e sob a regência do maestro Flávio Mendes, responsável também pelos arranjos e direção musical. A narração e a idealização  do show ficam à cargo de Nilson Raman, que assina o roteiro ao lado de Flávio e Bibi.

ROTEIRO

Amália Rodrigues
Fadinho serrano
Povo q lavas no rio
Carlos Gardel
Esta noche me emborracho
Questa abarro
Frank Sinatra
Thats life
Baladas romanticas
All the way
The lady is a trump

Edith Piaf
Millord
L'accordeniste
A quoi ça sert l amour
Je ne regrette rien
Hymne a l'amour
Bis: New York New York

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.   
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj
 
SERVIÇO

4XBIBI
Data: 27 e 28 de Fevereiro (Sábado e domingo).
Horário: 21h.
Ingresso: 
R$ 350,00 (Camarote AA) / R$ 290,00 (Camarote A) / R$ 200,00 (Camarote B) / R$ 100,00 (Balcão) / R$ 180,00 (Frisas) / R$ 280,00 (Setor Vip Premium) / R$ 240,00 (Setor Vip Premium) / R$ 240,00 (Setor Vip) / R$ 190,00 (Setor 01) / R$ 150,00 (Setor 02) / R$ 100,00 (Setor 03)

Classificação: 16 anos.
Local: Vivo Rio - Avenida Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo, Rio de Janeiro - RJ, 20021-140
Telefone: (21) 2272-2901

  Instagram

Bailinho de Carnaval para os pequenos! Dia 6 de fevereiro em São Gonçalo!

No sábado, 6 de fevereiro, às 15h, o Pátio Alcântara promove o Bailinho de Carnaval, na Praça de Alimentação. Os pequenos poderão ir fantasiados e curtir as tradicionais marchinhas de carnaval. A atração é gratuita.

Serviço: Pátio Alcântara realiza o ‘Bailinho infantil de Carnaval’
Data: 06 de fevereiro (sábado)
Horário: 15h
Local: Praça de Alimentação
O Shopping Pátio Alcântara fica na Praça Carlos Gianelli, s/nº, Alcântara – São Gonçalo. Tel. (21) 3856-4086.


Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Leny Andrade & João Carlos Coutinho cantam MPB e Bossa Nova. Tom Jobim, Jonnhy Alf, Ronaldo Boscôli, Vinicius de Moraes e outros estarão no repertório deste belo show.

A cantora acompanhada do pianista João Carlos Coutinho apresentam canções de grandes nomes da MPB e da Bossa Nova. Tom Jobim, Jonnhy Alf, Ronaldo Boscôli, Vinicius de Moraes e outros estarão no repertório deste belo show.

SERVIÇO: 
Leny Andrade & João Carlos Coutinho
Dia 12 de fevereiro, sexta-feira
Horário: às 19h
Imperator – Centro Cultural João Nogueira - Rua Dias da Cruz 170, Méier
Tel: 2597-3897
Preços
Balcão e Plateia inferior: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Classificação etária: Livre
Lotação da casa: 724

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Exposição “Sonho Lúcido” da artista carioca Karenina Marzulo - 12/02 a 06/5 em Laranjeiras. Entrada Franca!

O Instituto Kreatori localizado no bairro das Laranjeiras, Rio de Janeiro- RJ recebe a exposição “Sonho Lúcido”  da artista carioca Karenina Marzulo. A exposição sob curadoria de Fabiano Cafure reuni trabalhos produzidos  pela artista, pinturas a óleo e técnicas mista sobre suportes variados, no período de 2011 à 2014.


O resultado é um convite ao espectador a entrar em seu universo fantástico com influências cinematográficas e literárias. Compartilhamos do sonho lúcido de Karenina quando ela divide conosco suas percepções em cores saturadas que são as características principais  desses sonhos quando são descritos por quem tem a experiência das sensações  quase reais com cores radiantes capazes de envolver num mágico entorpecimento levando a não querer despertar e quando ocorre naturalmente é como se tivesse sido sacudido fortemente aos gritos levando a consciência ao seu ápice uma experiência única desse sonho. Entrada franca.



Local:
Instituto Kreatori
Rua Alice, n°209- Laranjeiras, Rio de Janeiro - RJ
21 37344326

Abertura:
12 de fevereiro de 2016
20:30hr às  1:30hr

Visitação:
Até 06 de maio de 2016
Segunda-feira a quinta-feira
13hrs às 17hrs.

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram


Commune Coletivo Teatral apresenta "Nem Todo Ladrão Vem Para Roubar", no Teatro Glauce Rocha Comédia terá apenas duas apresentações, dias 24 e 25 de fevereiro, às 19h.


Um ladrão entra em uma casa para roubar. Porém, vira refém do marido e da amante, que pensam que ele é um espião à serviço da esposa. Eles ameaçam matar o ladrão ou deixá-lo paraplégico. A partir daí, a peça apresenta situações absurdas, nas quais um tenta esconder a verdade do outro. Com a chegada da esposa, da mulher do ladrão, do amante da esposa e até de um segundo ladrão, a confusão fica ainda maior.

"Nem Todo Ladrão vem para Roubar", de Dario Fo, já fez uma carreia de sucesso com apresentações em São Paulo, em festivais e teatros municipais pelo Circuito Cultural do Estado e em Portugal, no Festival Folias 2013, de Lousada, no Porto. Em 2015, a peça viajou pelo Prêmio Myriam Muniz para Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba, além de Campinas, Santos, Caraguatatuba e Botucatu.

Um vaudeville (ou teatro de variedades)

A comédia, escrita em 1959, é uma farsa ágil e agradável, repleta de intrigas, mentiras e disfarces. Na peça, o ladrão e sua esposa são retratados como pessoas de princípios éticos, enquanto os ricos e poderosos são pessoas sem escrúpulos, que fazem qualquer coisa para alcançar o que querem.

A peça é um vaudeville, de origem parisiense, com forte apelo popular. Gênero que existiu entre o final do século XVIII e o começo do século XIX, no qual as peças são construídas a partir de uma trama repleta de intrigas, reconhecimentos, golpes e efeitos, sugestões maliciosas e uma salada sobre a vida amorosa. Faz parte da dramaturgia do fim do século XVIII, desenvolvida por Scribe, Sardou e Labiche. Entre os seus autores mais notáveis estão Georges Feydeau (1862-1921), com "O hotel das trocas livres" (1894) e Tristan Bernard (1866-1947), com "Tripleatte" (1905).


FICHA TÉCNICA
Texto: Dario Fo
Tradução e Adaptação: Augusto Marin
Direção: Augusto Marin
Elenco: Ladrão (Henrique Taubate); Homem (Augusto Marin); Esposa do Homem - Ana (Rose Araujo); Mulher do Ladrão (Cibele Troyano); Mulher - Julia (Michelle Gabriel); Antonio (Neto Villar); Segundo Ladrão (Antonio Barboza).

Coordenação: Augusto Marin e Michelle Gabriel
Produção: Augusto Marin e Silvia Luvizotto
Realização: Coletivo Teatral COMMUNE
Iluminação e sonoplastia - André Lemes
Administração e produção - Silvia Luvizotto
Direção e tradução - Augusto Marin

SERVIÇO:
NEM TODO LADRÃO VEM PARA ROUBAR
Sinopse: História de um ladrão que entra numa casa para roubar, mas vira refém do Marido e da Amante, que pensam que ele é um espião à serviço da Esposa. A peça segue com várias situações absurdas - nas quais um tenta esconder a verdade do outro - com a chegada da Esposa, da Mulher do Ladrão, do Amante da Esposa e até de um Segundo Ladrão.
Dias: 24 e 25 de fevereiro
Horário: 19h
Local: Teatro Glauce Rocha
Endereço: Avenida Rio Branco, 179 - Centro
Telefone: 2220-0259
Gênero: Comédia (Farsa)
Duração: 60 minutos
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia)

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram


Sexta, Dia 5/02 tem BLOCO!!! O MELHOR CARNAVAL DO MUNDO!

Copacabana, Leme, Botafogo, Catete

Bloco Virtual
Posto 1, Leme
Horas: 17h
Estilo: Fanfarra, banda com metais

Banda do Lido
Rua Ronald de Carvalho, entre Rua Viveiros de Castro e Av. Nossa Senhora de Copacabana, Copacabana
Horas: 19h

Senta Que Eu Empurro
Rua Artur Bernardes, 26A, Catete
Horas: 21h

Ipanema

Rola Preguiçosa – Tarda Mas Não Fala
Epitácio Pessoa com Maria Quitéria, Ipanema
Horas: 20h.

Centro, Santa Teresa

Carmelitas
Esquina da Ladeira de Santa Teresa com Rua Dias de Barros, Santa Teresa
Horas: 15h
Estilo: Bloco das Antigas

Bloco dos Aposentados
Buraco do Lume (Avenida Nilo Peçanha), Centro
Horas: 17h

Boca Que Fala
Palácio Gustavo Capanema, Centro
Horas: 18h

Vestiu Uma Camisinha Listrada e Saiu Por Aí
Buraco do Lume (Avenida Nilo Peçanha), Centro
Horas: 19h

Boêmios da Lapa
Praça Cardeal Câmara, Lapa
Horas: 20h

Embaixadores da Folia
Buraco do Lume (Nilo Pecanha/Graca Aranha), Centro
Horas: 20h.
Estilo: Marchinhas e Samba Enredo

Escorrega Mas Não Cai
Praça da Harmonia, Saúde
Horas: 20h.


Vila Isabel, Tijuca, Grajaú

Bloco Cata Latas do Grajaú
Praça Nobel, Grajaú
Horas: 20h

Turma dos 300
Praça Edmundo Rego, Grajaú
Horas: 20h

Banda Cultural do Jiló
Rua Pinto de Figueiredo, 26, Tijuca
Horas: 22h
Estilo: Marchinhas e Sambas Enredos

Engenho de Dentro, Piedade e Inhaúma

Tchetcheca
Rua Pernambuco, 175, Engenho de Dentro
Horas: 20h

Bloco do Diabão
Rua Icamiabas, Inhaúma
Horas: 20h

Sangue Bom
Praça 24 de Outubro, Inhaúma
Horas: 20h

Brás de Pina, Ramos

Bloco da Vaca de Brás de Pina
Praça Anibal Canejo, Brás de Pina
Horas: 19h

Unidos do Chapadão
Travessa dos Campeões, 84, Ramos
Horas: 20h

Banda do Tio Marco
Rua Porto Valer, Piedade
Horas: 20h

Taquara

Deita Mas Não Dorme
Rua Caituba, nº 224, Taquara
Horas:20h

Ilha do Governador

Quem Não Aguenta, Chupa
Estrada Maracajás, com Rua 113, Galeão
Horas: 18h

Bangu, Pedra de Guaratiba, Barra de Guaratiba, Santíssimo

Banda do Camarão
Rua Barros de Alarcão – Praça São Pedro, Pedra de Guaratiba
Horas: 16h

O Tubarão Folia.
Estrada Roberto Burle Max, Praia de Guaratiba, Barra de Guaratiba
Horas: 20h.

Raiz da Posse
Estrada dos 7 Riachos, em frente ao lote 10, Santíssimo, Barra de Guaratiba
Horas: 20h.

Bloco das Piranhas
Rua Barros de Alarcão – Praça São Pedro, Pedra de Guaratiba
Horas: 16h.

Meia Dúzia de Gatos Pingados
Avenida Cônego Vasconcelos, em frente a Estação de Bangu, Bangu
Horas: 19h.

Apoio: Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

“Alice mandou um beijo” estreia dia 13 de fevereiro, sábado, no Espaço Sesc. Baseado nas memórias de infância do autor, Rodrigo Portella – indicado ao Prêmio Shell/RJ 2013 nas categorias: melhor diretor por “Uma história oficial” e melhor autor por “Antes da chuva” –, o espetáculo “Alice mandou um beijo” mergulha no universo das contradições familiares, criando uma trama onde o eixo central é a reconstrução da memória.

Quando a peça começa Alice já está morta. O público não a conhece pelo que ela é, mas pelo que descrevem dela. Paradoxalmente, Alice está viva dentro da casa. Todos falam dela todo o tempo, vestem suas roupas, executam suas tarefas, tentam assumir o seu lugar. O eixo dramático está nas delicadas decisões dos personagens diante da “ausência” de Alice, uma espécie de representação da coerência familiar. Alice é quem dava sentido àquela convivência. Diante de sua morte, as relações se refazem, se transformam instáveis e até mesmo impossíveis.

Com realização e produção da Cia Cortejo, o espetáculo “Alice mandou um beijo” cumpre temporada de estreia no Mezanino do Espaço Sesc, de 13 de fevereiro a 13 de março de 2016, com ingressos até 20 reais.

O enredo da peça

Apesar de jovem, Jandira, a filha do meio, segura a barra de cuidar de toda a família. Após a morte de Alice, ela tenta manter tudo como antes. Mas aos poucos, as coisas parecem se mover de modo que Jandira perde completamente o controle. Alice parece ter sido durante anos o ponto de equilíbrio daquela família. No passado, após a morte da matriarca, o pai, surdo e senil, sobrevive da troca de mimos com Alice. Robério, o filho autista de Jandira, tinha em Alice a única porta de comunicação com o mundo real. Oneida, a irmã mais velha, que sempre alimentou um ressentimento em relação à preferência do pai pela caçula, resolve investir em Osvaldo, o cunhado viúvo. Seu desejo é vender a casa e ir embora com ele pra uma cidade maior. Isso afeta terrivelmente Jandira, que além de ter mantido a vida inteira um amor platônico por Osvaldo, se vê agora diante da possibilidade de ficar sozinha cuidando de seu pai e de Robério, o filho a quem ela se dedica com muito pouca habilidade.

Desenvolvida por Rodrigo Portella com colaboração da Cia Cortejo, a dramaturgia do espetáculo é antes de tudo um resgate das memórias de infância do autor: “Quando eu era criança, todas as minhas relações familiares pareciam estáveis e eternas: o tio engraçado, o primo chato, o pai ausente, a prima gostosa, a avó carinhosa... Aos poucos fui percebendo que aquelas pessoas eram muito mais complexas. Pude ver que as relações eram dinâmicas e muito mais contraditórias do que eu algum dia poderia imaginar”, comenta Rodrigo Portella.

Em Três Rios, Rodrigo Portella mantém a sede da Cia Cortejo

Nascido e criado no pequeno município fluminense de Três Rios, o autor e diretor Rodrigo Portella dirigiu 20 espetáculos, recebeu mais de 150 prêmios em festivais de teatro nacionais e internacionais, teve duas indicações ao Prêmio Shell (RJ) 2013, Melhor Direção por “Uma história Oficial” e Melhor Texto por “Antes da chuva”, além de ser indicado ao Prêmio APTR 2010 pela iluminação de “Na solidão dos campos de algodão” de Caco Ciocler. Entre 1996 e 2008, morou na Cidade do Rio de Janeiro, período em que cursou Direção Teatral na UNIRIO, publicou o livro “Trilogia do Cárcere” e dirigiu boa parte de seus espetáculos. Em 2010, decide retornar para a sua cidade natal, onde fundou a Cia Cortejo. Paradoxalmente, é esse retorno que impulsiona com mais força sua carreira. Atualmente, é também diretor do “Off Rio – Multifestival de Teatro de Três Rios”, esse ano em sua 5ª edição.

– Meu principal interesse quando resolvi voltar, era reunir profissionais de teatro interessados em desenvolver um processo de pesquisa e produção cênica fora do eixo das grandes capitais. Montamos um ponto de cultura focado no processo de formação de atores e técnicos, criamos o Festival no sentido de promover intercâmbios e formamos uma pequena equipe de produção capaz de viabilizar financeiramente os projetos artísticos. – comenta o diretor da companhia que mantém há 5 anos sua sede administrativa e criativa no interior do Rio.


Serviço

Sinopse: Quando a peça começa Alice já está morta. Paradoxalmente, ela está viva dentro da casa. Todos falam dela todo o tempo, vestem suas roupas, executam suas tarefas, tentam assumir o seu lugar. Alice é quem dava sentido àquela convivência. Diante de sua morte, as relações se refazem, se transformam instáveis e até mesmo impossíveis.
Local: Espaço Sesc (Mezanino) – Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana, Rio de Janeiro. Tel. 21 2548-1088
Estreia: 13 de fevereiro, sábado, às 21h
Temporada: 13 de fevereiro a 13 de março. Quinta a sábado às 21h. Domingo às 20h.
Valor do ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 5 (associado Sesc)
Classificação Indicativa: 16 anos
Duração: 75 minutos
Gênero: Drama

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Ficha técnica

Texto e Direção: Rodrigo Portella
Co-direção: Leo Marvet
Elenco: Cia Cortejo / Bruna Portella, Jose Eduardo Arcuri, Luan Vieira, Tairone Vale e Vivian Sobrino.
Iluminação: Renato Machado
Figurinos: Daniele Geammal
Cenografia: Raymundo Pesine
Projeto Gráfico: Raul Taborda
Fotos de Divulgação: Renato Mangolin
Assessoria de Imprensa: Ney Motta
Produção e Realização: Cia Cortejo

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Coletivo Errante estreia o drama “Baleia” dia 12 de fevereiro no SESC Tijuca, 19h Montagem investiga o espaço da cidade sob a perspectiva da comunicação e da violência.

O grupo teatral Coletivo Errante estreia dia 12 de fevereiro, 19h, no Teatro II do SESC Tijuca, o espetáculo Baleia, de Lívia Ataíde, cumprindo temporada às sextas-feiras, sábados e domingos, às 19h, até dia 28 de fevereiro.

A montagem é fruto da pesquisa “A teatralidade cinematográfica e o uso de novos dispositivos na produção de imagens”, realizada no curso de Direção Teatral da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com a orientação da professora doutora Gabriela Lírio Gurgel Monteiro.

Baleia é sobre o extermínio da poesia. É a investigação da cidade que anestesia, isola, violenta e se comunica de maneira muito específica. O espetáculo lança luz à temática da comunicação. Pensamos figuras que migram entre espaços absolutamente opostos. A pesquisa inicialmente debruçou-se sobre o território nordestino, dos cordéis à banda Calcinha Preta, para, por fim, tratar de um êxodo que vai além do deslocamento espacial, que passa por nossas experiências pessoais e pelo contato com realidades que deformam os desejos.

“Baleia é caminhada. É descoberta. De afeto, de linguagem, de modos de operar sobre o novo. Enfrentamento de espaços. A tentativa é de abarcar nossos próprios trajetos humanos. Em cena, tratamos de um tudo que pode ser transformado em retalho. De gente que se veste com roupa de medo. De aparições do outro mundo. De tudo aquilo que se torna plenamente possível debaixo de qualquer sol forte.” – Afirma Lívia Ataíde

SINOPSE – Baleia é uma viagem espaço-temporal que aborda as relações sociais estabelecidas no espaço da cidade grande.



Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.  
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram
SERVIÇO
BALEIA
Local: SESC Tijuca-Teatro II
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 539
Estreia: 12 de fevereiro de 2016
Temporada: De 12 a 28 de fevereiro de 2016
Horário: Sextas-feiras, sábados e domingos às 19h.
Valor: R$2,00 (comerciário SESC), R$4,00 (meia entrada), R$ 8,00 (Inteira).
Duração: 60 min.
Classificação: 12 anos
Gênero: Drama
Funcionamento da Bilheteria: Terça a sexta, das 7h às 21h. Sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h.
Telefone: (21) 3238-2139
Capacidade: 50 Lugares



Cinebloco, Fogo & Paixão, Sinfônica Ambulante e Oswaldo Cruz Maravilha são as atrações do Carnaval do Sesc no Rio Unidades da Tijuca, Madureira, Ramos e Engenho de Dentro caem na folia a partir do dia 6/2

A agenda de carnaval nas unidades do Sesc no estado do Rio do Janeiro está repleta de atrações, todas elas gratuitas ou a preços populares. Na capital, a folia toma conta das unidades da Tijuca, Engenho de Dentro, Madureira e Ramos, começando no sábado, dia 6/2, e estendendo-se até o dia 9/2 (terça-feira).

Entre os destaques estão a Sinfônica Ambulante, fanfarra niteroiense que abre o carnaval no Sesc Engenho de Dentro, dia 6/2, às 16h. Com um repertório eclético, a banda vai do samba ao rock n’ roll, passando por forró, maracatu, salsa e jazz – tudo isso no embalo de instrumentos de percussão e sopro.





No Sesc Tijuca, o grupo Roda Dança se apresenta no dia 7/2, a partir das 17h. Formado por integrantes do bloco Céu na Terra, interpreta clássicos carnavalescos, das marchinhas aos sambas mais conhecidos. Na sequência, Geraldo Júnior e o Bloco da Terreirada Cearense levam ao público um pouco da diversidade de ritmos da cultura popular brasileira, com baião, xaxado, xote, ciranda, marcha, reisado, entre outros. No dia 9/2, o Roda Dança toca com o bloco Fogo & Paixão sucessos do cantor Wando e da música brega.



O tradicional Cinebloco – que traz no repertório as mais memoráveis trilhas sonoras do cinema mundial em versões swingadas com ritmos brasileiros – agitará os foliões do Sesc Madureira, no dia 8/2. Destaque para inusitados arranjos em samba, funk, marchinha e maracatu nas músicas-tema de “Grease – nos Tempos da Brilhantina”, “Caça Fantasmas”, “2001: uma Odisséia no Espaço”, “O Poderoso Chefão” e “Guerra nas Estrelas”.

Uma das maiores vencedoras do tradicional concurso de bandas de Carnaval promovido pela Rio Tour, Oswaldo Cruz Maravilha fecha a programação carnavalesca do Sesc no dia 9/2, na unidade de Ramos. Fundado há mais de 10 anos, o grupo tem a missão de promover e resgatar a alegria do carnaval carioca. E agora não será diferente - embalará o público com imortais marchinhas de salão e os mais conhecidos sambas de enredo.

Confira a programação completa do Carnaval 2016 nas unidades do Sesc no Rio e Grande Rio:

Engenho de Dentro
Av. Amaro Cavalcanti, 1661. Tel.: (21) 3822-4830 e (21) 3822-9529

Música

6/2 - Sinfônica Ambulante
Um bloco inovador em que o som dos bateristas e percussionistas se junta ao sopro dos metais com um resultado único e surpreendente. Toca desde sambas consagrados ao bom e velho rock’n roll, passando por diversos ritmos diferentes. 16h às 17h30. Grátis. Livre.

Infantil

6 a 9/2 - Carnaval
Atividades recreativas, camarim de fantasias e máscaras e baile carnavalesco Infantil. 10h às 17h. Grátis. Livre.

7/2 - Bando de Palhaços
O cortejo de Carnaval do Bando de Palhaços traz as tradicionais marchinhas revisitadas a partir do olhar lúdico e irreverente do palhaço. 16h às 17h. Grátis. Livre.

Ramos
Rua Teixeira Franco, 38. Tel.: (21) 2290-4003

Música

6/2 - Companhia Mariocas
Espetáculo musical com dançarinos, músicos, atores e amantes da cultura popular brasileira, que se uniram para resgatar e divulgar as brincadeiras e festas populares, em especial aquelas pertencentes à cultura do Maranhão. 15h às 17h. Grátis. Livre.

8/2 - Moisés Santiago
Moisés Santiago, cantor e compositor renomado, tem parcerias musicais com grandes artistas como Fundo de Quintal, Dudu Nobre e Arlindo Cruz, dentre outros. 15h às 17h. Grátis. Livre.

9/2 - Grupo Oswaldo Cruz Maravilha
Com mais de 10 anos entre as melhores bandas do Rio, Oswaldo Cruz Maravilha é uma banda especialista em marchinhas de carnaval, fanfarras e sambas. 15h às 17h. Grátis. Livre.

Infantil

7/2 - Bloco da Fraldinha
O Bloco da Fraldinha é um bailinho de Carnaval para famílias com bebês e crianças. A banda faz um show para os bebês, papais e mamães, levando o clima da festa à altura das crianças e esquentando a animação dos pequenos. 16h às 17h. Grátis. Livre.

Madureira
R. Ewbanck da Câmara, 90. Tels.: (21) 3350-7744

Música

6/2 - Cardápio de Carnaval
Cardápio é um duo de voz e violão que realiza intervenções musicais no formato das tradicionais serestas. Caracterizados como garçons, oferecem um cardápio com mais de 100 composições contendo o melhor da música brasileira, de Monarco a Tom Jobim, de Cazuza a Cartola. O público escolhe o que quer ouvir. 11h. Grátis. Livre. 

7/2 - Chapéu de Palha
O grupo apresenta um repertório dos velhos carnavais relembrando Braguinha, Lamartine Babo, Alcir Pires Vermelho, Mário Lago, Noel Rosa entre outros. Grátis. Livre.

8/2 - Cinebloco
Fanfarra irreverente, já que seus integrantes se apresentam fantasiados, incorporando personagens marcantes da telona. 17h. Grátis. Livre.

TIJUCA
Rua Barão de Mesquita, 539. Tel.: (21) 3238-2164

Infantil

6 e 8/2 - Bloco da Fraldinha com o Grupo Partícula
O Bloco da Fraldinha é um bailinho de carnaval para famílias com bebês de oito meses a três anos. No repertório, as tradicionais marchinhas de carnaval animam o ambiente e as canções populares do universo infantil, tocadas em ritmos carnavalescos, trazem um colorido especial para o baile.
10h às 11h. Local: Ginásio. Classificação: Livre. R$ 2 (assoc. Sesc), R$ 4 (est. e id.) e R$ 8.
Crianças até 03anos não pagam. Limite de 50 crianças acompanhadas dos responsáveis.

6 e 8/2 - Baile Infantil Tropa da Alegria
Fanfarra popular, carnavalizada, com o grupo Tropa da Alegria apresentando repertório diversificado com ritmos do Brasil e do mundo. Os músicos realizam  o baile tocando as tradicionais marchinhas. Na segunda parte do show os músicos interagem com o público em cima de pernas de pau apresentando um carnaval irreverente.
16h às 19h. Local: Ginásio. Classificação: Livre R$ 2 (assoc. Sesc), R$ 4 (est. e id.) e R$ 8.

Música

7/2 - Roda Dança + Geraldo Júnior e Bloco da Terreirada Cearense

A abertura da programação adulta do Carnaval do Sesc Tijuca apresenta o grupo Roda Dança, formado por integrantes do Bloco Céu na Terra, interpretando grandes sucessos de todos os Carnavais, de marchinhas aos sambas mais conhecidos. Em seguida, Geraldo Júnior e o Bloco da Terreirada Cearense leva ao público uma proposta fora dos clichês do mercado, apresentando um pedaço da diversidade de nossa música e cultura popular tradicional: baião, xaxado, xote, ciranda, marcha, reisado, entre outros. 17h às 20h. Local: Ginásio. Classificação: 10 anos. R$ 2 (assoc. Sesc), R$ 4 (est. e id.) e R$ 8

9/2 - Roda Dança + Bloco Fogo & Paixão
No segundo e último dia da programação adulta do Carnaval, unimos o repertório tradicional do grupo Roda Dança, com marchinhas e clássicos de Carnaval, com a apresentação do Bloco Fogo & Paixão, formado por bateria que faz uma divertida releitura dos clássicos do brega com novos arranjos que misturam ritmos como samba, xote, frevo e ciranda. 17h às 20h. Local: Ginásio. Classificação: 10 anos. R$ 2 (assoc. Sesc), R$ 4 (est. e id.) e R$ 8

Nova Iguaçu
Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá.  Tel.: (21) 2797-3001
      
Música

6/2 - JP Silva E Picada De Primeira
Junto ao bloco Picada de Primeira, uma grande festa de carnaval e MPB. JP Silva já foi diretor musical de Elza Soares e tocou ao lado de grandes nomes da nossa musica, como Luiz Melodia, Fernanda Abreu, Monarco, Jorge Aragão e Wilson das Neves. 16h às 18h. Grátis. Livre.

7/2 - Coletivo Pernaltas
Divertido cortejo no qual todos os integrantes são gigantes. Do alto de suas pernas-de-pau, músicos e brincantes convidam o público a participar de sua enorme folia, na qual misturam, além de marchinhas e músicas típicas de carnaval de rua, elementos cênicos, números circenses e brincadeiras. 16h às 18h. Grátis. Livre.

São João de Meriti
Av. Automóvel Clube, 66. Tels.: (21) 2755-7070 e (21) 2755-6644
             
Música

8/2 - Coletivo Pernaltas
Num divertido cortejo, a trupe faz um desfile onde todos os integrantes do bloco são gigantes. Do alto de suas pernas-de-pau, músicos, passistas e brincantes convidam o público a participar de sua enorme folia, na qual misturam marchinhas e músicas típicas do carnaval de rua. 15h às 17h. Grátis. Livre.

9/2  - Zoobloco
Primeiro bloco temático do Rio, o Zoobloco completa, em 2016, dez anos de existência. Um bloco eclético e original, feito para ser uma grande curtição para crianças e adultos, que transforma as ruas do Rio com seu colorido cortejo todos os anos, em uma verdadeira fauna carnavalesca. 15h às 17h. Grátis. Livre.

São Gonçalo
Av. Pres. Kennedy, 755. Tels.: (21) 2712-2342 e (21) 2712-3166
              
Música

6 e 9/2 - Bateria da Porto da Pedra + Dj Set Sambasupercollider
A bateria da Porto da Pedra se apresenta na abertura e no encerramento da programação de carnaval da Unidade. Antes do show, apresentação do Sambasupercollider, comandado pelo DJ Daniel Ruiz, que tem nas raízes do samba e na música eletrônica suas inspirações. 14h às 16h. Grátis. Livre.

8/2 - Abram Alas, é Carnaval
O grupo mostra um pouco da trajetória das marchinhas, seu início com "Ó Abre Alas", de Chiquinha Gonzaga, e seu auge entre os anos 20 e 60, passando por compositores e intérpretes que fizeram história no carnaval do Rio de Janeiro, como Carmen Miranda, Silvio Caldas, Lamartine Babo e João de Barro. 15h às 17h. Grátis. Livre.

Infantil

7/2 - Carnaval Com a Bia Bedran
As inesquecíveis marchinhas que fazem o sucesso do carnaval carioca, desde a chamada época de ouro da música popular brasileira até os dias de hoje. São cerca de 40 marchinhas voltadas para o público infantil, mas que animam adultos e crianças. 15h às 17h. Grátis. Livre.

Cursos e oficinas
6 e 9/2 - Percussão Carnavalesca
Os principais instrumentos percussivos usados no carnaval, como surdo, tamborim e agogô, entre outros. Através deles, o professor Bebeto Sorriso ensina a batucada dos ritmos que compõem a diversidade do samba. 11h às 13h. Grátis. Livre.
Apoio: Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Cantora Joyce Cândido faz show gratuito na lona do Circo Crescer e Viver Roda de samba acontecerá no dia 3/2, às 20h

Às vésperas do Carnaval, o Circo Crescer e Viver, na Praça Onze, vai promover uma roda de samba, comandada pela cantora Joyce Cândido. Com entrada gratuita, o evento acontece no dia 3/2 (quarta-feira), a partir das 20h. No repertório, sambas clássicos e músicas do DVD "O bom e velho samba novo" e do novo EP de Joyce, "O que sinto", além de marchinhas de Carnaval.

Dona de uma vasta bagagem musical e de um timbre aclamado pela crítica, Joyce se entusiasma ao falar sobre a apresentação que considera uma noite de boas vindas ao Carnaval: "Desde que conheci o Circo Crescer e Viver tive muita vontade de fazer um show lá. O espaço é incrível, é uma região do Rio totalmente ligada ao samba, e acredito que o Circo possa vir a ser parte do circuito musical da cidade".

O show de Joyce Cândido vai embalar um dos últimos ensaios da ala da escola de samba Porto da Pedra formada por artistas e convidados do Circo Crescer e Viver. No Carnaval 2016, a Porto da Pedra levará para a avenida um enredo sobre o palhaço Carequinha.


Sobre Joyce Cândido:

Joyce Cândido vem se destacando no cenário musical brasileiro. Em setembro, a cantora foi convidada para abrir o Rock n' Rio 2015. Depois do Rock n' Rio ela partiu para uma turnê na Europa. Por lá, participou da Womex (World Music Exposition) em Budapeste. Joyce se apresentou em Portugal, em Lisboa e Porto. Depois foi para Itália, cantou em Roma e em Bolonha.

Seu álbum "O Bom e Velho Samba" foi recentemente lançado pela Warner Music. O álbum conta com as participações especiais de artistas renomados como Elza Soares, João Bosco, Carlinhos de Jesus e Toninho Geraes. Joyce contou com os ensinamento de Bibi Ferreira, considerada a artista mais respeitada e talentosa do Brasil. Também foi convidada a cantar com Toquinho no seu show de 50 anos de carreira. Além de participar do novo projeto de Jorge Aragão "Sambabook".

Em agosto de 2015 seu novo EP "O que sinto" foi lançado, com uma faixa com a música com mesmo nome composta por Joyce e Roberto Pontes. Outra faixa com "Juizo Final" de Nelson Cavaquinho e outros dois sambas como "Hoje Não" de Zé Ricardo e "Cama da Ilusão" de Paulinho Moska e Zé Renato.

Aos 32, a carreira da cantora paulista é vasta e diversa. Quando criança estudou piano no conservatório Carlos Gomes, em Marília - SP. Depois, se formou em música pela Universidade Estadual de Londrina - UEL, no Paraná. Estreou na indústria da música em 2006 com seu primeiro cd "Panapaná".

Em 2008, Joyce se mudou para Nova Iorque onde pode ter aulas de canto, dança e teatro na Broadway Dance Center. Dois anos mais tarde ganhou um prêmio de melhor cantora brasileira nos Estados Unidos do Brazilian International Press Awards, junto com como Marcos Valle.

De volta ao Brasil, em 2011 no Rio de Janeiro, Joyce foi convidada pela Biscoito Fino para gravar seu álbum, depois de ser indicada por Chico Buarque. Então, seu surge seu segundo CD "Bom e Velho Samba Novo" produzido por Alceu Maia, músico e produtor de vários artistas tais como Diogo Nogueira e Beth Carvalho. "Joyce não é apenas uma cantora de samba. Ela tem conhecimento musical. Faz anos que não vejo uma cantora como ela" diz Alceu.

Vivendo no Rio, Joyce conquistou cada vez mais fãs como Bibi Ferreira, a maior artista do teatro brasileiro, que a dirigiu. "É um prazer trabalhar com quem sabe o que faz, ela é profissional e comprometida. Uma grande cantora, uma linda pessoa e veio para ficar", celebrou Bibi.


Sobre o Circo Crescer e Viver:

O Circo Crescer e Viver é um circo que junta arte e transformação social em seu picadeiro. Uma organização que, em mais de dez anos de atividade ininterrupta, iniciou seu trabalho com circo social, expandiu seus projetos e atividades e transformou-se em uma das mais expressivas instituições do circo brasileiro. Desenvolvendo ações nos campos da formação, produção, difusão e fruição das artes circenses, o Circo Crescer e Viver é hoje um empreendimento com atuação em todos os elos da cadeia produtiva do circo, assumindo uma posição de vanguarda na renovação estética e na atualização criativa das artes circenses no Brasil.


Serviço:
Show Joyce Cândido
Dia 29 de janeiro de 2016, às 20h
Local: Circo Crescer e Viver
Endereço: Rua Carmo Neto, 143 - Praça Onze - Rio de Janeiro
Entrada gratuita
Classificação etária: menores de 18 anos entram acompanhados de um responsável legal

Apoio: Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes.  agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

VEM PULAR O CARNAVAL!!! CONFIRA OS BLOCOS DE RUA DE 29 A 31/01

29 de Janeiro de 2016 (Sexta)

Centro, Santa Teresa

É Pequeno, Mas Vai Crescer
Onde: Rua Senador Pompeu esquina com Rua Alexandre Mackenzie, Centro
Horas: 18h.


Molha o Pé das Oito
Onde: Rua Rodrigo Silva, esquina com Rua São José,  Centro
Horas: 20h.

Badalo de Santa Teresa
Onde: Largo das Neves, Santa Teresa
Horas: 21h.


Urca

Ih, é Carnaval!
Onde: Praça Medalha Milagrosa – Av. Pasteur, entre o Benjamim Constant e a Uni-Rio, urca
Horas: 20h.

Irajá

É o Bicho Folia
Onde: Praça Rodrigues Galhardo, Irajá
Horas: 18h

Ramos

Unidos do Chapadão
Onde: Travessa dos Campeões, 84, Ramos
Horas: 20h.


30 de Janeiro de 2016 (Sábado)

Centro, Santa Teresa, São Cristóvão, Gamboa

Céu na Terra
Onde: Praça Odilo Costa Neto, Santa Teresa
Horas: 8h.


Põe na Quentinha?
Onde: Rua Conselheiro Saraiva, 39, Centro
Horas: 14h
Estilo: Bloco homenageia as feijoadas e a gastronomia carioca. Fará uma apresentação no formato de baile que contará com diversos quitutes.

Batuque da Ciata
Onde: Praça da Harmonia, Saúde
Horas: 15h.

Pinto Sarado
Onde: Travessa Sara, Santo Cristo
Horas: 17h.


Imperadores de São Cristóvão
Onde: Rua General José Cristino, 19, São Cristóvão
Horas: 18h.


Alegria da Mangueira
Onde: Campo da UPP da Mangueira, Mangueira
Horas: 19h.

Eu Amo a Lapa
Onde: Arcos da Lapa
Horas: 21h.

Botafogo, Copacabana, Laranjeiras, Urca, Leme, Catete

Sá Pereira Infantil
Onde: Rua Capistrano de Abreu, 29, Botafogo
Horas: 10h.
Estilo: Infantil

Bloco dos Mendigos
Onde: Rua Bulhões de Carvalho com Gomes Carneiro, Copacabana
Horas: 13h.


Só o Cume Interessa
Onde: Praça General Tibúrcio, Urca
Horas: 14h.

Xupa Mas Não Baba
Onde: Rua Alice, 1, Laranjeiras
Horas: 14h.

Os Imóveis
Onde: Rua Souza Lima, 121, Copacabana
Horas: 15h.

Bloco Brasil
Onde: Praça Almirante Júlio de Noronha, Leme
Horas: 15h.

Tá Cheio de Maluco Aí
Onde: Rua Euclides da Rocha, Copacabana
Horas: 15h.

Bloco da Mamadeira
Onde: Praça Parque General Leandro, Botafogo
Horas: 16h.
Estilo: Infantil

Rio Pandeiro
Onde: Praça São Salvador, Laranjeiras
Horas: 16h.

Bloco da Ansiedade
Onde: Mercadinho São José – Rua das Laranjeiras, 90, Laranjeiras
Horas: 17h.

Banda Bandida
Onde: Rua Rodolfo Dantas, entre a Av. Nossa Senhora Copacabana e Rua Barata Ribeiro, Copacabana
Horas: 17h.

Amigos do Catete
Onde: Rua Dois de Dezembro com Rua do Catete, Catete
Horas: 18h.

ASPA – Amigos da Sueca da Pedro Américo
Onde: Rua Pedro Américo,363,  Catete
Horas: 18h.

Cutucano Atrás
Onde: Avenida Atlântica, altura do nº 458 – Quiosque Estrela de Luz – Calçadão, Leme
Horas: 18h.

Leblon, Ipanema, Jardim Botânico

Bloco da Pracinha
Onde:Praça Pio XI, Jardim Botânico
Horas: 10h.
Estilo: Infantil

Imaginô? Agora Amassa…
Onde: Rua José Linhares com Conde de Bernadote, Leblon
Horas: 10h

AREIA
Onde: Rua Dias Ferreira, entre a Avenida Bartolomeu Mitre e a Rua General Urquiza, Leblon
Horas: 11h.

Simpatia É Quase Amor
Onde: Praça General Osório, Ipanema
Horas: 16h.
Enche MUITO

Tijuca, Vila Isabel, Maracanã, Grajaú, Praça da Bandeira

Mini Bloco
Onde: Praça Xavier Brito, Tijuca
Horas: 10h
Estilo: Infantil

Plantão Bom é Samambaia
Onde: Praça Maracanã, Maracanã
Horas: 12h.

Butano na Bureta
Onde: Rua Senador Furtado com Rua Pará, Maracanã
Horas: 14h.

Já Comi Pior Pagando
Onde: Rua Leite de Abreu, Tijuca
Horas: 17h.

Banda Haddock
Onde: Rua Afonso Pena, 10, Tijuca
Horas: 18h.

Seu Kuka
Onde: Largo Irmã Maria Marta Ward, Grajaú
Horas: 18h.

Banda do Tijuca
Onde: Tijuca Tênis Clube, Tijuca
Horas: 18h.

Banda de Vila Isabel
Onde: Boulevard 28 de Setembro, esquina com a Praça Barão de Drummond, Vila Isabel
Horas: 18h.

Banda da Zulmira
Onde: Praça Niterói, Maracanã
Horas: 18h.

Jacarepaguá, Barra

Parei de Beber, Não de Mentir
Onde: Praça do Bandolim, Curicica
Horas: 14h.

Cê Tá Lindo
Onde: Rua Meringuava, nº 401, Taquara
Horas: 14h.

Fla Master
Onde: Avenida Lucio Costa, em frente ao nº 3604 – Calçadão da praia, Barra
Horas: 15h.

Embalo da Barão
Onde: Country Club, Praça Seca
Horas: 16h.

Lavou Tá Limpo
Onde: Bosque da Praça, Praça Seca
Horas: 16h.

Banda do Pechincha
Onde: Largo do Pechincha
Horas: 16h.

Deita Mas Não Dorme
Onde: Rua Dr. Francisco Fonseca Teles, nº 144, Taquara
Horas:19h.

Vem Mamar
Onde: Largo da Capela – Estrada do Rio Grande, Taquara
Horas: 18h.

Méier, Engenho de Dentro, Engenho da Rainha, Engeno Novo e Rocha

É Mole, Mas Estica
Onde: Rua Antônio Portella, Engenho Novo
Horas: 17h.

Amigos da Esquina
Onde: Rua Pernambuco com 2 de Fevereiro, Engenho de Dentro
Horas: 18h.

Serrote Afiado
Onde: Rua Mario ferreira, 217, Engenho da Rainha
Horas: 18h.

Banda da Flack
Onde: Rua Falck, Rocha
Horas: 19h.

Quem é do Méier Não Bobéia
Onde: Rua Dias da Cruz, esquina com Rua Silva Rabelo. Méier
Horas: 20h.

Irajá, Bento Ribeiro, Brás de Pina, Del Castilho, Fazenda Botafogo, Oswaldo Cruz, Rocha Miranda Pavuna, Penha e Vista Alegre

Cachorrão Folia
Onde: Rua Manoel Araújo com Aníbal Porto, Irajá
Horas: 14h.

Alegria do Sapê
Onde: Rua Picui, Rocha Miranda
Horas: 14h.

Ai Se Eu Te Pego
Onde: Rua Anhembi com Monsenhor Félix, Irajá
Horas: 16h.

Encosta Que Ele Cresce
Onde: Rua Ribadejo, Vista Alegre
Horas: 17h.

Calma Amor
Onde: Praça Ferreiro Souto, Irajá
Horas: 17h.

Apertado Mas Entra
Onde: Rua Sultana, Brás de Pina
Horas: 17h.

Garganta Seca de Irajá
Onde: Rua Manoel de Araújo, Irajá
Horas: 17h.

Bateria Amigos do Rei
Onde:  Rua Afonso Terra, nº 510, Pavuna
Horas: 17h.

Fuzuê
Onde: Rua Chapadinha, 2, Del Castilho
Horas: 18h.

Beijo Quente
Onde: Rua Pedro Jorio, 526, Fazenda Botafogo
Horas: 17h.

Com Dor Não Sai
Onde: Rua Quiroã, Oswaldo Cruz
Horas: 17h.

Bloco da Árvore
Onde: Rua Jaime Cortezão, Bento Ribeiro
Horas: 18h.

Banda da Penha
Onde: Largo da Rua Couto, Penha
Horas: 18h.

Banda Devassa
Onde: Rua Patagônia, entre a Rua Quito e Rua Nicarágua, Penha
Horas: 18h.

Olaria e Ramos

Bunda Rachada
Onde: Rua Romero Zander, 363, Ramos
Horas: 17h.

Turma O Gato Comeu
Onde: Rua João Rego, esquina com Rua Iriguati, Olaria
Horas: 18h.

Ilha do Governador

Bloco do Esporte Clube Jardim Guanabara
Onde: Praça Jerusalém, Jardim Guanabara
Horas: 10h.

Os Monarcas
Onde: Praia da Engenhoca, Quiosque 5, Ribeira
Horas: 15h

Ilha Encosta Que Ele Cresce
Onde: Praça Jerusalém, Jardim Guanabara
Horas: 16h.

Realengo

É Isso Que Eu Te Falo!
Onde: Rua Capitão Teixeira, entre as Ruas Frei Miguel e Santa Marta, Realengo
Horas: 18h.

31 de Janeiro de 2016 (Domingo)

Centro, São Cristóvão, Rio Comprido, Estácio

Cordão do Boitatá
Onde: Praça Cardeal Câmara, Arcos da Lapa, Lapa
Horas: 8h.
Estilo: Bloco das Antigas

Fogo e Paixão
Onde: Largo São Francisco de Paulo, Centro
Horas: 11h.
Estilo? Música brega, Wando.

Bloco da Preta
Onde: Rua Primeiro de Março, entre Rua Buenos Aires e Rua do Rosário, Centro
Horas: 12h.
Estilo: Preta Gil cantando minha gente!

Escravos da Mauá
Onde: Largo São Francisco da Prainha, Saúde
Horas: 13h.

O Fervo
Onde: 
Rua Maia de Lacerda, esquina com Rua Estácio de Sá, Estácio
Horas: 14h.

Pipoca no Mel
Onde: 
Praça da Harmonia, Saúde
Horas: 15h.

Eu Choro Curto Mas Rio Comprido
Onde: Rua Aristides Lobo, 250, Rio Comprido
Horas: 16h.

Mistura de Santa
Onde: Castelo São Valentim – Rua Almirante Alexandrino, Santa Teresa
Horas: 18h.

Foliões da Prainha
Onde: Largo São Francisco da Prainha, na Pedra do Sal, Saúde
Horas: 18h.

Malandragem do Porto
Onde: Largo São Francisco da Prainha, na Pedra do Sal, Saúde
Horas: 18h.

Banda da Amizade
Onde: 
Rua Tadeu Kosciusko, Lapa
Horas: 18h.

Perereca Imperial
Onde: Rua Fonseca Teles, 3, São Cristóvão
Horas: 18h.


Laranjeiras, Copacabana, Botafogo, Urca

Gigantes da Lira
Onde: Praça Jardim Laranjeiras, Laranjeiras
Horas: 9h
Estilo: Infantil

BloÇão
Onde: Avenida Atlântica, esquina com a Rua Rainha Elisabeth, Copacabana
Horas: 9h.

Chora me Liga
Onde: Avenida Atlântica, Posto 6, Copacabana
Horas: 10h
Estilo:Música sertaneja

Tá Pirando, Pirado, Pirou!
Onde: Av. Pasteur, em frente ao Instituto Benjamim Constant, nº 350, Urca
Horas: 14h.

Quem Não Guenta Bebe Água
Onde: Rua Gago Coutinho, esquina com Rua Marquesa de Santos, Laranjeiras
Horas: 14h.

Banda do Arroxo
Onde: Rua Belfort Roxo, esquina com a Rua Ministro Viveiros de Castro, Copacabana
Horas: 17h.

Larga Onça, Alfredo
Onde: Rua Ipiranga, 49, Laranjeiras
Horas: 18h.

Jardim Botânico, Ipanema

Suvaco do Cristo
Onde: Rua Jardim Botânico com a Faro, Jardim Botânico
Horas: 10h.

É Pequeno Mas Balança
Onde:Rua Maria Angélica, entre a Rua Jardim Botânico e a Rua Alexandre Ferreira, Jardim Botânico
Horas: 10h.

Se Não Quiser Me Dá, Me Empresta
Onde: Avenida Vieira Souto, esquina com Rua Vinícius de Moraes, Ipanema
Horas: 14h

Empolga Às 9
Onde: Praia de Ipanema, em frente ao Posto 9, Ipanema
Horas: 16h.

Tijuca, Grajaú

Bloco das Cacheadas
Onde: Rua Barão de Mesquita, 280, Tijuca
Horas: 11h.

Só Toco Samba
Onde: Praça Xavier de Brito, Tijuca
Horas: 13h.

Bloco da Urubuzada
Onde: Praça Afonso Pena, Tijuca
Horas: 14h.

Pipoca e Guaraná
Onde: Praça Afonso Pena, Tijuca
Horas: 17h.

Afoxé Omon Ifá
Onde: Rua Silva Teles, esquina com Rua Maxwel, Tijuca
Horas: 16h.

Vai Tomar no Grajaú
Onde: Av. Engenheiro Richard, esquina com Rua Mearim, Grajaú
Horas: 18h.

Banda da Praça Afonso Pena
Onde: Praça Afonso Pena, Tijuca
Horas: 18h.

Barra, Jacarepaguá

Acorda e Vem Brincar
Onde: Rua das Dálias, Vila Valqueire
Horas: 13h.

Banda da Barra
Onde: Bondinho da Barra, Barra
Horas: 15h.

Morde e Pica Toda Hora
Onde: Rua Jorge Faraj, Jacarepaguá
Horas: 15h.

Soca Com Tudo
Onde: Avenida dos Mananciais, esquina com Rua Januário Barbosa, Taquara
Horas: 15h.

Incha Rola
Onde: Rua Ariticum, 603, Anil
Horas: 17h.

Os Bambas
Onde: Rua Mandaguari, esquina com Rua Areca, Curicica
Horas: 17h.

Sardinhagem
Onde: Estrada da Covanca, nº02, Tanque
Horas: 18h.

Méier, Riachuelo, Piedade

Miss Bellydance Brasil
Onde: Praça Agripino Grieco, Méier
Horas: 10h.

No Rabo do Pavão
Onde: Rua Vitor Meireles, Riachuelo
Horas: 14h.

Blocos do Boi Dormir
Onde: Rua Dias da Cruz, 100, Méier
Horas: 14h.
Infantil

Bigode Esticado
Onde: Rua Dias da Cruz, 255, Méier
Horas: 16h.

Xodó da Piedade
Onde: Rua Silvana, esquina com Rua Mario Carpenter, Piedade
Horas: 18h.

Madureira, Cavalcante, Inhaúma, Anchieta e Bento Ribeiro

Unidos do Cuitezão
Onde: Rua Cuité, Inhaúma
Horas: 10h.

Sangue Bom
Onde: Estrada Ademar Bebiano, 4.800, Inhaúma
Horas: 10h.

Banda de Cavalcante
Onde: Rua Graça Melo, 640, Cavalcante
Horas: 12h.

Cutuca Que Ele Acorda
Onde: Largo da Fotinha, Bento Ribeiro
Horas: 12h.

Bloco Timoneiros da Viola
Onde: Praça Paulo da Portela, Madureira
Horas: 15h.

Faz Vergonha
Onde: Rua Leopoldina Borges, Anchieta
Horas: 16h.

Vizinha Fofoqueira
Onde: Rua Divinópolis, 167, Bento Ribeiro
Horas: 17h.

Vila da Penha, Irajá, Maré

Gêmeos Folia
Onde: Praça da Rua Volta, Vila da Penha
Horas: 15h.

Fala Bobagem
Onde: Praça Paulo Setúbal, Vila da Penha
Horas: 16h.

Me Ajuda a Vacilar
Onde: Praça Maria Esther, Irajá
Horas: 16h

Boca Aberta
Onde:Rua Tancredo Neves, Maré
Horas: 17h

Tapa na Peteca
Onde: Rua João Araújo, na quadra de esportes, Maré
Horas: 17h


Padre Miguel
Bloco Tamo Junto in Folia
Onde: Rua Marechal Marciano, esquina com Santana de Ipanema (Praça das Juras), Padre Miguel
Horas: 16h.

Ilha do Governador
Unidos da Ribeira
Onde: Praça Iaiá Garcia, Ribeira
Horas: 11h.

Fuzuê da Ilha
Onde: Praça do Grego, Jardim Guanabara
Horas: 15h.

Quem Vai, Vai, Quem Não Vai, Não Cagueta!
Onde: Praia da Bica, em frente ao Quiosque nº 24 (Quiosque do Mexicano) Jardim Guanabara
Horas: 17h.

Quem Não Aguenta Chupa
Onde: Praia São Bento, ao lado do trailer do Siri, Galeão
Horas: 18h.

As mudanças de datas e horários são de responsabilidade de cada Bloco.

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
agendaculturalrj@gmail.com 

 #agendaculturalrj

  Instagram