Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

27 de jun de 2017

Espetáculo “Encontro” em cartaz até 23 de julho no Castelinho do Flamengo

Espetáculo “Encontro” em cartaz até 23 de julho no Castelinho do Flamengo

Afinal, quanto na história de vida de cada um é construído por si mesmo e quanto é herdado dos pais? Quais são as lembranças reais da nossa infância e quais são aquelas que inventamos, procurando preencher lacunas ou satisfazer desejos e anseios? Esses são alguns questionamentos propostos pelo espetáculo “Encontro”, que estreia 17 de junho no Castelinho do Flamengo. Com texto e direção de Walter Macedo Filho, a peça convida o espectador a uma reflexão sobre suas relações familiares.

Traçando um recorte particular dentro do universo feminino, o texto de "Encontro"pretende levar ao palco as contradições das figuras paternas e maternas que todos carregamos em nossas almas”, explica o autor e diretor Walter Macedo Filho.

A Mulher (Lis Maia), personagem que dá início ao espetáculo, abre o caminho para as reflexões verborrágicas de Milena (Adriana Karla Rodrigues) e Madalena (Adriana Rabelo). Suas falas são marcadas por mágoa, rancor, inveja e incertezas.

O diálogo das personagens deixa no ar uma série de questionamentos para o público: qual é a relação de Milena e Madalena? Seriam elas a mesma pessoa? Quem é a presença feminina a qual se referem todo o tempo? Não existem respostas prontas, o espectador é quem fará sua interpretação pessoal.

Um dos entusiasmados com o texto de “Encontro” é Gerald Thomas. “Entre a noite e o dia, o frio e o calor, o certo e o errado... Esse espetáculo é, sobretudo, um fantástico estudo sobre o equilíbrio. Eu acompanho o Walter há muito tempo. Depois de ter lido o texto de ‘Encontro’ virei totalmente fã dele”, declarou após ter lido a peça.


SERVIÇO
Teatro: “Encontro”
Temporada: De 17 de junho a 23 de julho
Local: Castelinho do Flamengo
Endereço: Praia do Flamengo, 144 - Flamengo, Rio de Janeiro - RJ
Tel. informações: (21) 98691-2091
Dias e horários: sábados e domingos às 19h
Ingressos: R$ 40,00
Duração: 70 minutos
Classificação: 12 anos
Gênero: Drama

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Comédia dramática narra aventuras/desventuras de um grupo de teatro que mambembeia em busca de manter viva a arte teatral e, ao mesmo tempo, a companhia da qual faz parte.

“A Viagem do Capitão Tornado” estreia dia 7 de julho no Teatro Sesc Tijuca, 20h

Livre adaptação do romance de Théophile Gautier, “Le Capitaine Fracasse”, expõe de forma curiosa e divertida, um pouco da vida dos artistas de um teatro ambulante.


Foto: Fábio Verini

O palco do Teatro Sesc Tijuca recebe a partir de 7 de julho o espetáculo “A viagem do Capitão Tornado”. A montagem, com adaptação e direção artística de Clovis Levi, é livremente inspirada no romance Le Capitaine Fracasse (O Capitão Fracasso), do escritor francês Théophile Gautier, ambientada na França do século 17, que retrata a realidade em que grupos e companhias teatrais vivem atualmente no Brasil.

Com sessões de sexta a domingo, 20h, os atores Adriano Pellegrini, Alexandre Menezes, Hayla Barcellos, Isabela Moss, João Rachid, José Araújo, Letícia Medella, Ricardo Teodoro e Ruy Carvalho contam a história de um grupo teatral miserável que, em busca de reconhecimento profissional e de novos palcos para suas apresentações, percorre Paris à procura de uma oportunidade. Juntos, os atores pedem abrigo em um castelo que acreditavam estar abandonado. Surpreendendo a todos, a propriedade pertence ao Barão de Signognac, um dos nobres que serviram a Carlos Magno, e cuja dinastia se viu à míngua devido à má administração dos bens de seus descendentes.

Os integrantes da companhia descobrem que, apesar de solitário e decadente, o Barão Signognac pode fazer com que eles sejam bem recebidos pela corte de Paris e ajudá-los a alcançar o tão almejado sucesso. Apaixonado por Isabelle, uma das atrizes, e entusiasmado com a possibilidade de uma nova aventura, ele aceita se juntar à trupe. O enredo torna-se ainda mais denso com a entrada do Duque de Vallombreuse, que também se apaixona por Isabelle e tem atitudes questionáveis, travando disputas e despertando dores e amores. Nesse percurso até Paris, é retratado o cotidiano de quem fazia teatro séculos atrás: sucessos e fracassos (com apresentações dos espetáculos da Commedia dell’arte que promoviam por onde passavam), romances em crise, mortes, fome, inveja, assaltos, a resistência, a cumplicidade, os duelos por amor e honra, as vulnerabilidades humanas, a solidão, as renúncias e o valor do trabalho solidário.

SAIBA MAIS




SERVIÇO

A Viagem do Capitão Tornado
Estreia: 07 de julho
Local: Teatro Sesc Tijuca
Endereço: Rua Barão de Mesquita- 539- Tijuca- Rio de Janeiro - Tel: 3238-2167
Temporada: De 07 a 30 de julho de 2017
Horário: Sexta, sábado e domingo - 20h.
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos
Gênero: Comédia dramática
Ingresso: R$ 25,00 (Inteira) R$ 12,00 (Meia) e R$ 6,00 (Associado Sesc)
Capacidade do Teatro: 228 Lugares
Horário de funcionamento da bilheteria: Terça à Sexta das7h às 20h / Sábado e Domingo das 9h ás 20h

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

Araken apresenta obras inéditas em individual na Galeria TAC Mostra reúne pinturas e objetos que transitam entre a abstração e o figurativo



Uma coletiva do próprio artista. É assim que o pintor, aviador, arquiteto e pensador Araken (Hipólito da Costa) define sua próxima exposição, “Interações”, com inauguração para o público dia 20 de junho, na Galeria TAC, no Shopping da Gávea. A mostra reúne 15 obras inéditas, entre pinturas e objetos que transitam entre o figurativo e a abstração.

Em sua nova série, o artista investiga as possibilidades de utilização da luz, imprimindo maior transparência aos trabalhos e explorando seus limites além dos usos e meios convencionais. Surgem, assim, estimulantes contrastes para quem observa atentamente sua obra. “Esta exposição traz à tona a tentativa de introduzir luminosidade à minha produção, causando efeitos na composição pictórica”, explica Araken.

As pinturas e objetos de Araken, aparentemente diferentes na forma e no tipo de material, ficarão colocados lado a lado no espaço expositivo, traçando clara conexão entre eles. Entre os destaques está “Fortaleza”, pintura sobre tecido rendado no Ceará, iluminada por luz de led. Já com a obra “Capa”, o artista cria uma espécie de amuleto. “É uma peça simbólica de proteção para impedir as interferências externas”, sugere.

SAIBA MAIS

SERVIÇO:

Título: Interações
Local: Galeria TAC
Abertura: 20 de junho, às 19h
Período da mostra: de 20 de junho a 16 de julho de 2017
Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 52, loja 350, Shopping da Gávea.
Telefone: (21) 2274-4044
Horário de visitação: de 2ª a sábado, das 10h às 22h. Dom., das 15h às 21h.
Entrada franca | Classificação etária: Livre

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

“Lei” dialoga com a Dança Contemporânea, o Teatro, a Música e o Audiovisual (o que caracteriza como um espetáculo de múltiplas linguagens artísticas) e tem como temática as Três Leis de Newton e a Lei Gravitacional


Espetáculo “LEI”, dia 1º de julho às 19 horas, no Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura






“Lei” dialoga com a Dança Contemporânea, o Teatro, a Música e o Audiovisual (o que caracteriza como um espetáculo de múltiplas linguagens artísticas) e tem como temática as Três Leis de Newton e a Lei Gravitacional, explorando a dança que nesta perspectiva é pura física, refletindo sobre a influência direta das leis em nossas vidas e movimentos dos corpos no cotidiano.


O espetáculo “LEI”, do Projeto Girarte, será apresentado no dia 1º de julho (sábado), às 19 horas, no Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura (Praça do suspiro s/n - Centro - Nova Friburgo), com entrada gratuita. Os ingressos serão distribuídos a partir do dia 27 de junho, das 13h às 18h, e no dia 1º de julho a partir das 10h, no Teatro Municipal.


Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

PROGRAMA EDUCATIVO CAIXA GENTE ARTEIRA ABORDA O CORPO NAS RELAÇÕES URBANAS EM BATE-PAPO


Evento expande as discussões propostas na 2ª Mostra Bienal CAIXA de Novos Artistas


O Programa Educativo CAIXA Gente Arteira promove, no dia 29 de junho (quinta-feira), às 19h, o bate-papo O corpo nas relações urbanas, com as artistas Joana Bueno e Julie Brasil, ambas com trabalhos expostos na 2ª Mostra Bienal CAIXA de Novos Artistas.



O debate, inspirado em um dos campos de visualidade da mostra, abordará como o corpo se manifesta no contexto das grandes cidades e que questionamentos estão colocados sobre sua inserção na arte e nas relações urbanas, sendo voltado para o público a partir de 18 anos.

A 2ª Mostra Bienal CAIXA de Novos Artistas reúne trabalhos de 30 novos talentos das artes visuais de todo o Brasil e permanece em cartaz na CAIXA Cultural Rio de Janeiro até o dia 23 de julho. Ainda em 2017, a exposição ruma para as unidades da CAIXA Cultural em São Paulo e Brasília.

Serviço:

Bate-papo O corpo nas relações urbanas
Data: 29 de junho
Horário: às 19h
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Classificação indicativa: 18 anos
Agendamento e informações: (21) 3980-4898 | agendamento@gentearteirarj.com.br



Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

25 de jun de 2017

Dia 2/07 - O Cluster realiza edição especial na Casa França Brasil Plataforma marca seu quinto ano expandindo sua curadoria para apresentar performances artísticas e musicais. Gratuito

O Cluster realiza edição especial na Casa França Brasil

Plataforma marca seu quinto ano expandindo sua curadoria para apresentar performances artísticas e musicais


A plataforma criativa O Cluster realiza no domingo, dia 2 de julho, edição especial, na Casa França Brasil. Ratificando sempre a ideia d' O Cluster oferecer ao público todas as novidades da cena e do mercado carioca a partir de uma criteriosa curadoria realizada por Carolina Herszenhut, também idealizadora do evento, a edição de julho marca a expansão curatorial da plataforma que passa a chancelar, também, novas performances artísticas e musicais. A extensão da curadoria para outros campos artísticos marca o quinto ano da plataforma; com isso, O Cluster, que há quatro anos apresenta e chancela novos estilistas e designers, passa a oferecer à cidade a vanguarda na cena musical e artística além dos expositores de moda, artes, design e gastronomia presentes durante o evento.

Para dar ênfase na programação artística, O Cluster escolheu a Casa França Brasil, referência em arte contemporânea na cidade, para endossar a chancela artística do evento.



"Estamos começando nosso quinto ano com uma série de novidades e vamos para uma casa que sempre sonhamos, pois ela fica no coração da cidade e tem um significado importante na cultura do Rio. A Casa França Brasil sempre foi um lugar onde a vanguarda da cultura carioca esteve presente, e isso vem ao encontro com nosso momento atual. Até agora O Cluster atuou como importante plataforma de canalização e divulgação de novos nomes da moda e design, abrindo espaço para uma série de marcas que se estabeleceram e cresceram a partir do projeto. Como plataforma, começamos a perceber que era importante usarmos a nossa força em prol de outros segmentos artísticos a fim de fomentar, de fato, toda a cena criativa carioca. A partir dessa edição atuaremos em diversas as frentes e a nossa primeira edição do ano começa será inteira dedicada à performance, que tem sido importante segmento na construção de movimentos de inclusão e empoderamento tanto social quanto artístico", ressalta a idealizadora e curadora d’O Cluster, Carolina Herszenhut.

O Cluster e novas performances

O Cluster apresenta nessa edição várias performances que acontecerão ao longo do evento. A proposta dessas manifestações artísticas é de trazer à tona ao público temas como o empoderamento racial e de gênero por meio dos performers e artistas convidados na Casa França Brasil, que é um equipamento cultural de relevância artística e histórica na cidade.


Intitulada “A Performance dos Modelos”, a proposta do artista visual Pedro Meyer é a de produzir pinturas, desenhos, fotografias e instalação a partir da observação do trabalho de três performers, que realizarão performances distintas e que serão exibidas ao vivo e ao longo do evento. O performer Rafael Bqueer apresenta a performance da Drag queen Uhura Bqueer. Utilizando elementos da cultura paraense, da cultura pop, com referências do afro futurismo, do carnaval e da moda, o artista ressalta o corpo político com ações/rituais que trazem questionamentos sobre desconstrução de gênero e ressignificação da estética drag com referências das artes visuais.


Já a performer Lyz Parayzo, indicada ao Prêmio PIPA, utiliza o corpo como principal suporte de trabalho e como plataforma de pesquisa e vem desenvolvendo videoinstalações com conteúdo pós-pornográfico, joias bélicas; atualmente está pesquisando as performances de gênero e classe a partir da cor em seu “Salão Parayzo”, dispositivo itinerante no qual atua como manicura.



A artista visual Luana Aguiar tem sua pesquisa artística e acadêmica voltada ao vínculo entre arte e erotismo, sobretudo para arte ao vivo com um ou mais corpos.

SAIBA MAIS

Serviço: O Cluster na Casa França BrasilCasa França Brasil: Rua Visconde de Itaboraí, 78 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20010-060
Data: 2/7/17, domingo
Horário: das 13h às 21h
Evento gratuito.
Classificação livre.


Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj


  Instagram

23 de jun de 2017

Projeto reúne obra completa de Claudio Santoro para piano solo em apresentação única no Rio. O concerto de lançamento do álbum em homenagem ao maestro e compositor brasileiro acontece no dia 28 de junho, no Conservatório Brasileiro de Música. A entrada é franca.


Realizado e idealizado pelo pianista e compositor brasiliense Pablo Marquine, o álbum “Claudio Santoro: Obra Completa para Piano Solo - Volume I – Prelúdios” reúne, em um registro inédito, o primeiro volume da obra completa para piano solo de Claudio Santoro, um dos maestros e compositores mais importantes da história do Brasil. São 42 prelúdios, entre os quais três versões extras e quatro prelúdios inéditos, identificados há cerca de cinco anos por Alessandro Santoro e Raffaello Santoro, filhos de Cláudio Santoro.

O concerto de lançamento terá apresentação única no Rio de Janeiro, no dia 28 de junho (quarta-feira), às 17h, no Teatro Lorenzo Fernandez - Conservatório Brasileiro de Música (Av. Graça Aranha 57 - Centro). Antes, às 10h, será realizado um recital e palestra sobre a obra do homenageado. A entrada é franca e tem classificação livre. As apresentações também acontecem em Brasília (07 e 19/06) e São Paulo (22/06).

Natural de Brasília e formado pela Escola de Música de Brasília (CEP-EMB) e Universidade de Brasília (UnB), Pablo Marquine começou a ter contato com a obra de Claudio Santoro muito jovem, aos 12 anos, quando participou de um recital em homenagem aos 10 anos de falecimento do maestro. “Até aquele momento não conhecia o compositor nem sua música. Confesso que ele me chamou a atenção de forma peculiar, o que outros compositores, com exceção de Beethoven, não conseguiam. São obras que sempre me emocionaram muito”.

SAIBA MAIS

SERVIÇO
Concerto de lançamento do álbum "Claudio Santoro: Obra Completa para Piano Solo - Volume I – Prelúdios"
Data: 28 de junho de 2017 (quarta-feira)
Local: Teatro Lorenzo Fernandez - Conservatório Brasileiro de Música (Av. Graça Aranha, 57 - Centro).
Horários: 10h - recital e palestra; 17h - concerto
Entrada franca (Sujeito a lotação)
Classificação livre

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

Show "NUNCA PARE DE SONHAR" - Marcelo Nogueira canta Gonzaguinha - DIA 28/06 AS 20H - Sala Baden Powell

NUNCA PARE DE SONHAR
Marcelo Nogueira canta Gonzaguinha

"Em homenagem a Gonzaguinha (1945-1991), o cantor, músico e ator Marcelo Nogueira (indicado ao prêmio Cesgranrio de melhor ator musical em 2014) realiza o show “Nunca pare de sonhar” no dia 28 de Junho as 20 h na Sala Municipal Baden Powell em Copacabana. Vida, sonho, suor e lágrimas de um artista que marcou uma geração e ainda continua presente em nosso imaginário. O espetáculo realizou uma curta temporada no Teatro Fashion Mall e dois shows no famoso Beco das Garrafas, com grande Sucesso de público, encantando os cariocas de todas as idades.

Gonzaguinha foi um dos maiores compositores da música popular brasileira e trouxe à tona questões humanas, sociais e políticas, em um momento crítico da nossa história. Suas canções ecoam na memória de uma sociedade que lutava pela democracia. O show “Nunca pare de sonhar” apresenta um roteiro musical apoiado em canções, poesia e depoimentos. Algumas músicas bastante conhecidas do grande público e outras nem tanto, mas de singular beleza, contando com novos arranjos do Diretor Musical Roberto Bahal, que aceitou prontamente o convite do artista Marcelo Nogueira em seu segundo trabalho juntos ao lado de Andrey Cruz (Sopros) e Nilton Vilella (Percussão).

SAIBA MAIS


Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

PROGRAMAÇÃO SHOWS/FESTAS - TEATRO RIVAL PETROBRAS E RIVALZINHO :: JUNHO 2017

PROGRAMAÇÃO SHOWS/FESTAS - TEATRO RIVAL PETROBRAS E RIVALZINHO :: JUNHO 2017

(sujeita a alteração)


29/06 (quinta-feira) Banca do Blues com Big Gilson - Lançamento de ‘XXX': Parece que foi ontem. Mas não foi. O guitarrista e compositor Big Gilson um dos precursores do blues no Brasil, completa trinta anos de carreira com energia, vitalidade e uma paixão de fazer inveja a muito band-leader adolescente por aí. E não se trata somente de predicados recondicionados ou artifícios meramente comerciais. O Big evoluiu e amadureceu junto com sua arte e na companhia de importantes parceiros, artistas, produtores e técnicos que ajudaram a levar o bluesman a se transformar em um novo, repaginado e contagiante showman! Um dos precursores do blues no Brasil e fundador da lendária Big Allanbik em 1991, uma das pioneiras bandas de blues brasileiras; inúmeros shows por todo o Brasil e mundo afora (dividindo palco na com artistas do quilate de Steve Winwood (Brazilian tour), Johnny Rivers (70.000 pessoas), Johnny Winter, Canned Heat, Mick Taylor (Rolling Stones), Magic Slim, e duas vezes o mestre B.B. King entre outros); muitas participações em CDs e DVDs de outros artistas e tendo lançado 12 CDs solo após os quatro do Big Allanbik, além de CDs lançados nos EUA e Europa, vem agora celebrar os 30 anos de carreira com este novo trabalho totalmente autoral. Depois do sucesso do álbum "Aqui pra Você" indicado em duas categorias ao Grammy Latino, “XXX” é o seu 13º CD solo e Nesse trabalho o Big transita desde o blues rural acústico, passando por Chicago até o Classic Rock com a desenvoltura de quem bebeu muito nessas fontes com o auxílio luxuoso de grandes nomes do blues, rock e jazz. Desde o começo de carreira sempre houve uma preocupação em ser original num estilo tão antigo e explorado. Isso foi o fator decisivo em alavancar sua carreira no exterior, e é levado às últimas consequências com 11 faixas autorais, na contramão do que acontece por aqui. Conceitual ao extremo, XXX fala de indignação e reação em “Hey Você”, de amor e insubordinação em “Nada a Declarar” e faz referência à imbecilidade humana e às formas com que o Poder se utiliza dela para manipular as massas em “Xamã do Raul”. Big Gilson ainda flerta com o romantismo clássico na balada “Canto”, com a inquietude do corpo em “Desejos e Ilusão” e exercita sua fidelidade ao estilo que o consagrou em “Blues, Blues, Blues” e “Um Brinde”. Todas recheadas com marcantes riffs de guitarra, e solos melodiosos gravados de forma espontânea e com os timbres fabulosos que sempre foram a sua característica. Produzido por Bacalhau Baca (ex Planet Hemp e Autoramas). Participações especiais dos amigos, Beto Saroldi (Gilberto Gil e Erasmo Carlos), Jefferson Gonçalves, e Gil Eduardo (filho de Erasmo Carlos e um dos fundadores do Blues Etílicos) entre outros. Show de abertura: LEÃO LEIBOVICH apresentando versões em português para clássicos da música internacional como ‘Layla’ (Eric Clapton), ‘Like a Rolling Stone’ (Bob Dylan), ‘Back To Black (Amy Winehouse), entre outras. Horário: 20h. Preços: Primeiro Lote (200 ingressos) R$ 60/30 e Segundo lote R$ 80/40. No Rivalzinho, DJ Supercarioca (19h).

SAIBA MAIS

Serviço:

Teatro Rival Petrobras
Rua Álvaro Alvim, 33/37 - Centro/Cinelândia - Rio de Janeiro
(21) 2240-9796
Capacidade: 400 pessoas
Censura: 18 anos

Bilheteria: terça à sexta das 12h às 22h / sábados de 16h às 22h.

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

22 de jun de 2017

#SóPraRir Show de humor que mistura stand up, personagens e esquetes Espetáculo está em cartaz no Teatro Miguel Falabella, no NorteShopping


O espetáculo de humor #SóPraRir é uma inovadora mistura de estilos: tem stand up, personagens e esquetes. Em cartaz até a 30 de julho no TeatroMiguel Falabella, no NorteShopping,Del Castilho,Zona Norte do Rio, a peçatem o objetivo de fazer o público gargalhar. Completando dois anos em cartaz e se consolidando com um dos principais shows de humor da noite carioca, #SóPrarir é pura interação: o público participa apimentando o mix hilariante ao sugerir no início das apresentações palavras e/ou frases que deverão ser usadas em todas as cenas. Com isso, a cada semana novidades nascem com os improvisos dos comediantes Estevan Nabote (Prêmio Multishow de Humor 2017), Jr. Chicó (Prêmio Multishow de Humor 2017), Aarhon Pinheiro (Multishow), Israel Linhares (Terapia do Riso/Eu Sou Eles) e Hellen Suque (Terapia do Riso).

SERVIÇO
# SÓ PRA RIR
Onde: Teatro Miguel Falabella (2º piso). Av. Dom Hélder Câmara, 5332, Del Castilho, Rio de Janeiro.
Informações: (21) 2597-4452
Temporada: Até 30 de julho de 2017
Dias e Horários: Sexta e Sábado - 23h. Domingo - 21h30
Valor: R$50,00
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos

SAIBA MAIS

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

Exposição individual "Quilindo Quilombo", resultado de uma profunda imersão no cotidiano do Quilombo São José da Serra, localizado na região Sul-Fluminense.

DAVY ALEXANDRISKY REVELA UM LINDO QUILOMBO
Ocupando as galerias 1 e 2 do Espaço Furnas Cultural, em Botafogo, de junho a agosto, o fotógrafo apresenta a exposição individual "Quilindo Quilombo", resultado de uma profunda imersão no cotidiano do Quilombo São José da Serra, localizado na região Sul-Fluminense.

Desesconder o Brasil dos brasileiros. É com essa premissa que se coloca a exposição "Quilindo Quilombo", assinada pelo fotógrafo e agitador cultural Davy Alexandrisky. Revelando – sem trocadilho – uma cultura invisível aos olhares de muitos, mas presente, de uma forma ou de outra, no cotidiano de todos os brasileiros. Nela podemos ver parte do acervo iconográfico do Quilombo São José da Serra, localizado no distrito de Santa Isabel, em Valença (RJ), território referência da luta dos descendentes de escravos em nosso país.

A exposição surge de uma experiência vivida pelo fotógrafo em 2009/2010, quando, à época, coordenou o programa "Conexões Ponto a Ponto", uma iniciativa do Ministério da Cultura que visava a troca de experiências a partir de parcerias entre pontos de cultura. Essa parceria, em especial, promoveu o encontro entre o Ponto de Cultura "Me Vê na TV", coordenado por Davy, com o Ponto de Cultura do Quilombo São José da Serra. Entusiasmado com a novidade vivenciada no ambiente de cultura de matriz africana, Davy inscreveu-se então no edital "Interações Estéticas", da FUNARTE, com o objetivo de fazer uma residência de três meses visando a troca de linguagens. Contemplado com o prêmio, desenvolveu oficinas de foto e vídeo no Quilombo São José da Serra e partilhou seu olhar de fotógrafo com os moradores da localidade, produzindo mais de mil fotografias que foram incorporadas ao acervo iconográfico da comunidade.

Na mostra, um conjunto de fotografias impressas em papel fotográfico, vinil, tecido e lambe-lambe, com o objetivo maior de materializar a emoção e a felicidade do artista de poder fazer parte dessa grande família do Quilombo São José da Serra.

"Constituída nos seus comportamentos, gestos e atitudes, a cultura de matriz africana é a liga que amálgama todas as influências colonizadoras a que fomos – e ainda somos – submetidos", conta Davy. "O Quilindo Quilombo é, sobretudo, um projeto artístico que não necessariamente expõe, mas, sim, permite que quilombolas exponham-se, mostrando-se cidadãos que fazem parte do conjunto da sociedade brasileira que trabalha, consome e paga impostos, gerando a riqueza que forma o PIB do Brasil. Neste sentido, o olhar atento justifica-se pela ousadia de capturar o belo em favor de uma redescoberta do Brasil e de uma nova abolição, que desta vez liberte o negro de um olhar estereotipado. Mudar a visão que temos sobre negros e negras no Brasil torna-se cada vez mais necessário e, nessa prática, vamos revelando e descobrindo a riqueza da culinária, das danças, dos cantos, das histórias, da religião, das ciências e de tantos outros campos da cultura", diz ele.

Com patrocínio de Furnas, durante dois meses, em um site specif, "Quilindo Quilombo" permitirá que mais pessoas visitem as nuances desse cotidiano especial. Uma bela oportunidade para difundir não só os saberes e fazeres da população desta comunidade em especial, bem como para promover a reflexão acerca da riqueza da cultura africana em nosso país, resguardada, mantida e ensinada pelos sujeitos praticantes que vivem nas mais diversas terras de quilombos espalhadas pelo solo brasileiro.

Serviço
Exposição: Quilindo Quilombo, por Davy Alexandrisky.
Local: Espaço Furnas Cultural (Rua Real Grandeza, 219 – Botafogo – RJ).
Abertura: dia 23 de junho, das 19h às 22h.
Visitação: até 20 de agosto; de terça à sexta das 14h às 18h; sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.
Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

“Improvável”,um espetáculo criado e apresentado pelo trio de humoristas Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna (os Barbixas) que usa a improvisação como linguagem para a criação de jogos e de cenas artísticas de humor. O espetáculo ficará duas semanas em cartaz no Theatro Net Rio de sexta a domingo às 19h. A estreia será no dia 30 de junho.



“Improvável”


Espetáculo foi visto por mais de um milhão de pessoas nos seus nove anos em cartaz, a Cia. Barbixas de Humor comemora em 2017, 10 anos de sucesso do “Improvável”,um espetáculo criado e apresentado pelo trio de humoristas Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna (os Barbixas) que usa a improvisação como linguagem para a criação de jogos e de cenas artísticas de humor. O espetáculo ficará duas semanas em cartaz no Theatro Net Rio de sexta a domingo às 19h. A estreia será no dia 30 de junho.

O Improvável foi criado em 2007 inspirado no programa de televisão britânico Whose Line is It Anyway? e nos espetáculos brasileiros de improvisação teatral Zenas Emprovisadas (ZE) e Jogando no Quintal.

Neste espetáculo teatral, um mestre de cerimônias apresenta as regras dos jogos, a plateia sugere os temas e os atores improvisam as cenas na hora e sem nenhuma preparação prévia. Assim, nunca uma apresentação é igual à outra - fazendo com que o público retorne sempre.

Diversos nomes do humor nacional e internacional já participaram do Improvável, entre eles: Fábio Porchat, Marco Luque, Rafinha Bastos, Oscar Filho, Marianna Armellini, Maurício Meireles, Gustavo Miranda (Colômbia), Jose Luiz Saldanha (México), Mario Bomba (Portugal), César Mourão (Portugal) etc..


O improviso exige muito treino de agilidade, raciocínio, interação entre os atores e a prática do trabalho em conjunto. Para isso, os Barbixas têm um profundo processo de pesquisa e de ensaios no qual são criados os jogos ou estudadas as mecânicas daqueles que já são praticados por grupos de improviso do mundo todo.


IMPROVÁVEL - ESTREIA 30 JUNHO


SALA TEREZA RACHEL

Sex 21h, sáb 19h e 21h e dom 19h

*Sessões extras: 02 e 09 de JUL (dom 21h)

Plateia e Frisas: R$80,00 | Balcão I: R$60,00 | Balcão II: 50,00


Classificação: 14 Anos


Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj


  Instagram

21 de jun de 2017

Shows com ingressos a R$10 e R$20 - GERAÇÕES DO FOLK E ROCK RURAL BRASILEIRO SE REÚNEM EM SHOWS NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO

GERAÇÕES DO FOLK E ROCK RURAL BRASILEIRO SE REÚNEM EM SHOWS NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO


Tuia, Guarabyra, Tavito e Ricardo Vignini executam grandes sucessos em quatro apresentações

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 29 de junho a 2 de julho de 2017 (quinta a domingo), o show Encontro das gerações do Folk e Rock Rural, que traz os artistas Tuia, Guarabyra, Tavito e Ricardo Vignini em uma reunião inédita. O repertório traz canções de cada participante alternadas com clássicos do gênero tocados com uma roupagem especial, mais intimista, mostrando toda a qualidade do movimento. O projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal.

As apresentações têm como anfitrião o novo expoente do folk brasileiro Tuia, que convida Guarabyra (da dupla com Sá), Tavito (Clube da Esquina) e Ricardo Vignini (violeiro que mistura música regional com rock) para um show novo e atual, no melhor estilo do folk e do rock rural brasileiro.

"É um momento único em que os mestres e aprendizes se encontram, pela afinidade e pela oportunidade do tempo. Essa reunião revela que a verdadeira música popular rural brasileira permanece grande e com um futuro pela frente, através da generosidade e reconhecimento desses grandes artistas por nós, a nova e legítima geração!", afirma Tuia.

O encontro será regado a sucessos como Casa no Campo e Rua Ramalhete, de Tavito; Sobradinhoe Espanhola, de Sá e Guarabyra; O Céu e Pote azul, de Tuia, e também duetos como Flor, com Tuia e Guarabyra, e Vermelho coração, com Tuia e Tavito. Já Ricardo Vignini executa músicas de seu repertório instrumental de viola, como Topada.

Tavito e Guarabyra foram dois dos precursores do estilo no Brasil na década de 70. O movimento foi pioneiro ao unir o folk e o rock com sons regionais nacionais, marcando presença ao longo do tempo nas vozes de Renato Teixeira, Zé Geraldo, entre outros. Atualmente, continua forte, revelando novos expoentes como Tuia e Ricardo Vignini, que dão continuidade ao legado desse estilo.

SAIBA MAIS

Serviço:
Show Encontro das Gerações do Folk e Rock Rural
Data: de 29 de junho a 2 de julho de 2017 (quinta a domingo)
Horário: 19h
Duração: 75 min
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Lotação: 226 lugares (mais 4 para cadeirantes)
Classificação Indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

FESTIVAL LEVADA - Dez artistas de todas as regiões do país vão se apresentar por dez semanas seguidas em shows no Centro da Música Carioca e na Casa de Cultura Laura Alvim - Ingressos - R$10 e R$20

O FESTIVAL LEVADA COMEÇA EM 5 DE JULHO
COM SHOWS NA TIJUCA E EM IPANEMA

Dez artistas de todas as regiões do país vão se apresentar por dez semanas seguidas

em shows no Centro da Música Carioca e na Casa de Cultura Laura Alvim


Vêm aí dez semanas com novos nomes da música brasileira. É a sexta edição do Levada, festival que tem como missão difundir a música autoral e independente, fazendo circular o que há de mais novo na cena do país. Além de trazer ao Rio de Janeiro artistas de várias outras regiões, a grande novidade desta edição será que o Levada vai realizar os shows nas zonas Norte e Sul da cidade, ampliando a democratização do acesso ao festival.

Com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura e da Oi – por meio da Lei de Municipal de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro - Lei do ISS, o festival começa no dia 5 de julho e vai até o dia 7 de setembro, às quartas e quintas-feiras, sempre às 20h, e ingressos a preços populares: R$ 20 e meia entrada a R$ 10.

Por dez semanas consecutivas, dez artistas se apresentarão duas vezes seguidas no projeto. Os cinco primeiros artistas estão escalados para o Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, e os outros cinco para a Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema. Serão, ao todo, vinte noites no Levada 2017.

“Levada é um projeto que há seis anos nos enche de alegria. A parceria com o Oi Futuro nos possibilitou realizar diversos shows e alavancar a carreira de vários músicos independentes, de diversas regiões do Brasil. O bom do projeto é possibilitar a divulgação do trabalho do artista com toda a qualidade técnica e a infraestrutura necessária para a equipe poder viajar e se apresentar no Rio de Janeiro. A vida do artista independente tem muitos riscos, e nós apostamos em trabalhos ainda pouco conhecidos, que provavelmente não teriam condições de arcar com os custos de uma estreia na cidade”, explica Júlio Zucca, produtor e idealizador do projeto.

SAIBA MAIS


Programação do Levada 2017


Com apresentações às quartas e quintas-feiras, sempre às 20h, e ingressos a preços populares: R$ 20 e R$ 10.



No Centro da Música Carioca Artur da Távola (rua Conde de Bonfim 824, Tijuca):


Dias 5 e 6 de julho – Domenico Lancellotti – carioca; músico e produtor; filho do músico Ivor Lancellotti; participou do grupo Mulheres Que Dizem Sim; integrante do coletivo +2; lança no Levada seu segundo álbum solo “Serra dos Órgãos”.




Na Casa de Cultura Laura Alvim (av. Vieira Souto 376, Ipanema):

Dias 9 e 10 de agosto – Luísa Maita – paulistana; teve duas músicas de seu primeiro disco na trilha sonora do filme “Boyhood” (indicado ao Oscar de 2015); lança no Levada seu segundo álbum “Fio da Memória”.



Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Ramon Martins retrata população ribeirinha da Amazônia em exposição na Galeria Movimento - Entrada Franca!

Autor de um dos maiores painéis do mundo, artista mostra personagens brasileiros em sua primeira exposição no Rio

Há pouco mais de um mês, Ramon Martins desembarcou pela primeira vez na Amazônia. Foi um dos convidados do Street River 2017, festival que leva arte à população ribeirinha da Ilha do Combu, no Pará. Ao lado de outros artistas e curadores conviveu com famílias da região e, juntos, pintaram as casas locais, transformando o lugar numa galeria a céu aberto.

Ao voltar para o interior de São Paulo, onde vive e trabalha, Ramon Martins, autor de um dos maiores painéis do mundo, na Belarus, com 3.456 metros quadrados, percebeu que a relação com a Amazônia e sua gente estava apenas começando. Inspirado por sua vivência e pelas fotografias feitas por toda a equipe do festival, o artista deu início a uma intensa produção. O resultado pode ser conferido em Extração, sua primeira exposição individual no Rio de Janeiro, que abre para o público no dia 27 de junho, na Galeria Movimento, em Copacabana.

Com 14 pinturas e texto da jornalista Débora Lopes, a mostra deixa clara a presença de outro Ramon. As figuras de mulheres com feições nipônicas, tão comuns em sua trajetória, cederam lugar às pulsantes crianças e figuras masculinas que tanto o impressionaram no Pará. “É um trabalho diferente do que vinha fazendo. Quis mostrar as memórias do lugar, extrair sua essência. É um tema bem brasileiro, cheio de extremos. Uma população esquecida, que apesar de viver rodeada por águas não tem água potável para beber”, explica.

Munido de pincéis e tintas, Ramon eterniza as figuras fotografadas num processo bem particular. O artista usa fragmentos de ambientes por onde passa como base de suas obras. As telas são coladas nas paredes e, quando retiradas, trazem consigo as memórias daquele espaço. “Parte da parede vai para a tela e se transforma num pedaço do trabalho. É quase a impressão de uma pintura”, explica o artista, que completa as pinturas com gente de cores vibrantes para enfatizar um Brasil tão distante dos grandes centros urbanos.

SAIBA MAIS 


Serviço – Extração – Ramon Martins

Abertura: 27 de junho, das 19h às 22h

Local: Galeria Movimento – Av. Atlântica, 4.240, lojas 212 e 213, Copacabana. Tel: 2267-5859

Período da exposição: 28 de junho a 15 de julho

Horário de visitação: Segunda a sexta-feira, das 11h às 19h30. Sábados, das 12h às 18h.

Entrada gratuita






Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Para comemorar o Dia do Orgulho Gay, sugerimos dois espetáculos, em cartaz no Rio


Um roteiro cultural para comemorar o Dia do Orgulho Gay


Dia 28 de junho é comemorado o Dia Internacional do Orgulho Gay. Celebrado principalmente no hemisfério norte, representa um desejo de mudança, valorização, celebração e defesa das causas LGBTQ. Além disso, é uma oportunidade para que todas as causas relacionadas ao tema ganhem mais atenção.


O Rio de Janeiro já foi eleito mais de uma vez o melhor destino gay do mundo pela Conferência Internacional de Turismo LGBT. Além das praias, bares e boates, outro atrativo é a cultura oferecida pela Cidade Maravilhosa. E peças com temáticas que discutem, de diferentes formas, a homofobia, as relações homoafetivas e a defesa da diversidade estão em voga nesta temporada no Rio.

A comédia teatral “Uma Linda KuaZe Mulher”, com direção de Mario Cardona, texto de Denilton Neves, produção da Franer Produções Artísticas e realização da Cia Popular Versátil, está em cartaz até 29 de julho, no Teatro dos Grandes Atores, Barra da Tijuca, às sextas e sábados, às 23h. O espetáculo faz uma paródia do filme “Uma Linda Mulher” e tem um feito inédito: a primeira vez em que o casal de protagonistas é formado por dois transgêneros, Julia Bernardes e Tereza Brant.

- É uma história cheia de reviravoltas surpreendentes do início ao fim. Assuntos sérios, e cada vez mais em voga na sociedade, são tratados, dentre eles os preconceitos racial e social, a homofobia, a conscientização para a prevenção de doenças e as relações entre patroas e domésticas, sempre com doses de humor – diz Mario Cardona diretor da peça.

“Uma linda Kuaze mulher” narra a história de Júlia Roberta (Julia Bernardes), empregada doméstica que tem em sua patroa uma fonte de inspiração - por esta já ter sido muito famosa e rica - e o apoio de sua melhor amiga, Lia Lábios de Mel. No entanto, tudo vira pelo avesso quando a poderosa Cíntia, a vilã, ao descobrir seu verdadeiro emprego, faz da sua vida um inferno, gerando conflitos hilariantes, inclusive proibindo-a de ter contato com suas amigas, Lia, Lea e Cléa. Apesar de tudo, sua fiel escudeira, Lia, não deixa de ficar ao seu lado em momento algum.



YANK! - O Musical, peça dos irmãos norte-americanos Joseph e David Zellnik, em cartaz no Teatro Serrador, Centro do Rio, até 1 de julho, traz para os holofotes as relações homoafetivas com um roteiro arrojado que olha o passado para refletirmos sobre nosso presente e futuro. Na história, que se passa na 2ª Guerra Mundial, o personagem Stu (Hugo Bonemer) é um correspondente de guerra que se apaixona pelo soldado do exército Mitch, vivido pelo ator Betto Marque. Em meio a luta pela sobrevivência nas frentes de batalha, o amor entre os dois precisa vencer as adversidades nas trincheiras de um tempo e lugar onde todas as circunstâncias estão contra eles.

SAIBA MAIS

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com

 #agendaculturalrj

  Instagram

“MAKURU – Um musical de ninar” José Mauro Brant e Tim Rescala promovem um encontro da cultura popular com o afeto num espetáculo para crianças de todas as idades Estreia 24 de junho no Oi Futuro - Flamengo


Rio de Janeiro, 14 de junho 2017 - O universo da cultura popular é a fonte de inspiração para “MAKURU – um musical de ninar”, espetáculo infantil de José Mauro Brant e Tim Rescala, que retomam a parceria após as premiadas montagens de “Era uma vez... Grimm!” e “O pequeno Zacarias”. “Makuru” estreia dia 24 de junho no Oi Futuro, com uma essência voltada para as crianças, mas para ser curtido por toda família.

No palco, os atores-cantores José Mauro Brant, Ester Elias, Janaína Azevedo e Lilian Valeska evocam imagens poéticas, numa dramaturgia entremeada pelas canções originais de Brant e Tim Rescala. No cenário de Natália Lana, as canções ganham formas, com os vídeos de animação criados pelos irmãos Ricardo e Renato Villarouca. Completam o elenco o conjunto formado por Paula Martins (flauta), Débora Cheyne (viola), Cássia Menezes (violoncelo) e Tibor Fittel (acordeom). 

A peça gira em torno de uma família – o pai (Brant), a mãe (Ester Elias), a avó (Janaína Azevedo), que, com a ajuda da babá Bartira (Lilian Valeska) tentam fazer o menino Makuru dormir. Os adultos não sabem, no entanto, que em cima do telhado vivem seres estranhos: A Murucututu, a Tutu e o João Pestana, figuras do folclore indígena, africano e português invocados para embalar o sono das crianças. Juntos, os seres mágicos tentam a todo custo serem lembrados pela família para que a tradição das cantigas de ninar escapem do esquecimento. Para dar forma a esse imaginário, “Makuru, um musical de ninar” conta com o trabalho de Bruno Dante, criador dos bonecos e adereços que têm papel fundamental na trama, além dos figurinos de Carol Lobato, maquiagem de Mona Magalhães e direção de movimento e coreografias de Sueli Guerra. 

SAIBA MAIS

Serviço:
“MAKURU – Um musical de ninar”
Musical infantil de José Mauro Brant e Tim Rescala que faz um mergulho no universo das cantigas de ninar, resgatando o valor do afeto nas relações familiares.

SAIBA MAIS

Direção de movimento e coreografia: Sueli Guerra | Cenário: Natália Lana | Figurino: Carol Lobato
Bonecos e Adereços: Bruno Dante | Iluminação: Paulo César Medeiros | Ilustrações: Rosinha e Bruno Dante | Vídeo Animação: Ricardo e Renato Villarouca | Maquiagem: Mona Magalhães | Preparação Vocal: Janaína Azevedo e Marcello Sader | Pianista Ensaiador: Tibor Fittel
Estreia: 24 de junho às 16h
Temporada: de 25 de junho a 27 de agosto. Sábados e domingos, sempre às 16h
Local: Oi Futuro Flamengo. Endereço: Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo / RJ
Ingresso: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia)
Horário da Bilheteria: De terça-feira a domingo, das 14h às 20h
Telefone: (21) 3131-3060 | Capacidade do teatro: 63 lugares
Classificação etária: livre. Recomendado para crianças a partir dos seis anos
Duração: 60 minutos

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

20 de jun de 2017

CINEMA - Samantha Brasil participa de exibições de “O Congresso Futurista” em unidades do Sesc RJ - de 20 a 29/06 - GRATIS


CINEMA
Samantha Brasil participa de exibições de “O Congresso Futurista” em unidades do Sesc RJ

Após as sessões, crítica de cinema conduz bate-papo com o público sobre reflexões levantados pelo filme, como a força política da mulher na indústria do entretenimento


A pesquisadora e crítica de cinema Samantha Brasil participa a partir de terça-feira (20/6) da mostra audiovisual “Viver é fácil - arte e vida no cinema”, em exibição nas unidades do Sesc RJ neste mês de junho. São 130 sessões gratuitas de oito filmes que abordam a importância e a potência da arte na vida de seus personagens.



SERVIÇO

Exibições de “O Congresso Futurista”, seguidas de bate-papo com Samantha Brasil

Grátis

CAPITAL
SESC RAMOS -  20/06 - 17h30

SESC COPACABANA -  21/06 - 16h

SESC ENGENHO DE DENTRO  - 24/06 - 15h

SESC TIJUCA  -  27/06 - 19h

REGIÃO METROPOLITANA  

SESC SÃO JOÃO DE MERITI  -  22/06 - 10h

SESC NOVA IGUAÇÚ  -  29/06 - 10h, 14h e 19h

Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery -
 agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

15 de jun de 2017

4º Festival de Inverno do CADEG - Ano 2017 23 de junho a 16 de julho de 2017 no CADEG - Mercado Municipal do RJ


4º Festival de Inverno do CADEG - Ano 2017

23 de junho a 16 de julho de 2017 no CADEG - Mercado Municipal do RJ


Gastronomia & Cultura esquentam o inverno Carioca no CADEG De 23 de junho a 16 de julho de 2017, os mais variados segmentos do Mercado Municipal do Rio de Janeiro - CADEG realizam a quarta edição do seu já renomado Festival de Inverno. Apresentando pratos tradicionais e modernos, harmonizados com os melhores vinhos, o festival é certeza de boa mesa!

Além dos tradicionais restaurantes e empórios, teremos novos segmentos, que uniram forças para agregar ao festival. Você vai encontrar uma grande variedade de produtos e preços.

Durante o festival diversas lojas oferecem degustações de vinhos e muitas outras delícias, além de combos e promoções imperdíveis.


Unindo Gastronomia & Cultura, teremos encontro de carros antigos, show, dj, palestras, arraiá do Underground e animação infantil. Os eventos são gratuitos!

Ao visitar o CADEG, aproveite e faça um tour por nossas galerias; conheça o dia a dia do Mercado Municipal do Rio. Visite o CADEG Underground e se surpreenda! Estamos te esperando!

PROGRAMAÇÃO

- De 23 de junho a 16 de julho - pratos exclusivos e variedade de produtos em oferta.

- 24 de junho (sábado) - Arraiá do Underground, com barraquinhas e muita música, no térreo do CADEG das 11h às 17h.

- 25 de junho (domingo) - Encontro anual de carros antigos do grupo AGMH Antigomobilistas de 9h às 16h e animação infantil.

- 1 de julho (sábado) - Arraiá do Underground, com barraquinhas e muita música, no térreo do CADEG das 11h às 17h.

- 2 de julho (domingo) - Show de Jazz, DJ agitando o mercado nos intervalos e teremos também palestras e animação infantil das 11h às 17h.

- 8 de julho (sábado) - Palestra Azeite Experience com o Chef Executivo Flávio Pedro às 11h no auditório da sobreloja. Nesse dia acontece ainda o Arraiá do Underground, com barraquinhas e muita música, no térreo do CADEG das 11h às 17h.

- 15 de julho (sábado) - Arraiá do Underground, com barraquinhas e muita música, no térreo do CADEG das 11h às 17h.

- 16 de julho (domingo) - Show de Blues, DJ agitando o mercado nos intervalos e teremos também palestras e animação infantil das 11h às 17h.


Participe: CADEG SOLIDÁRIO

Colabore com cobertores e agasalhos



Mais informações:

CADEG - Mercado Municipal do Rio de Janeiro

Rua Cap. Félix, 110 - Benfica, RJ

www.cadeg.com.br

facebook.com/CadegMercadoMunicipalDoRioDeJaneiro



Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj
  Instagram

Editora Penalux lança obra de romancista vencedora do Prêmio Pulitzer de Literatura


Editora Penalux lança obra de romancista vencedora do Prêmio Pulitzer de Literatura


A editora Penalux promove um resgate literário ao lançar o clássico romance Ethan Frome, de Edith Wharton, com a tradução de Chico Lopes. O livro, que é dito a partir da perspectiva do narrador, conta a vida e tragédia do personagem que dá título à obra. Repleto de teor psicólogo, a autora conta uma história de amor repleta de desolação, expectativas, devaneios e frustrações.



De acordo com Tonho França, editor da Penalux, o narrador encontra o personagem principal, Ethan, que conta sobre um triângulo amoroso ocorrido anos atrás. “A partir disso, somos transportados a uma epóca em que Ethan era um homem novo, que se dedicava com total comprometimento a fazenda e a cuidar da mãe.”

continue lendo...




Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

TERAPIA DO RISO - ESPECIAL 12 ANOS - Em cartaz no Teatro Vannucci

TERAPIA DO RISO - ESPECIAL 12 ANOS

Crise econômica, dificuldades financeiras, corrupção e o mundo em constante alerta. São tantos problemas que fica a pergunta: Há quanto tempo você não dá uma boa gargalhada? Em meio a tantos desafios, rir parece impossível. Neste contexto, a risada precisa ganhar força e, porque não, espaço. É esse o objetivo da comédia teatral TERAPIA DO RISO, que neste ano completa 12 anos ininterruptos de palco. Com a expressiva marca de 4 milhões de espectadores, o espetáculo prova que acertou no tom e faz o público rir de verdade.

A edição comemorativa “Terapia do Riso – Especial 12 anos” marca o retorno do grupo ao Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, após um ano longe dos palcos da Zona Sul do Rio. A temporada de três meses estreia no dia 02 de junho, sexta-feira, às 21h, trazendo em cena os atores Israel Linhares, Hellen Suque e Estevam Nabote. A novidade fica por conta do retorno dos personagens mais marcantes de todas as edições que, em 70 minutos apresentação, prometem fazer o público ‘chorar de rir’.

“A risada continua garantida. Além de novos personagens o espetáculo vai contar com participações especiais de atores convidados. A tradicional abertura da peça mantém o envolvimento da plateia no contexto da história, porém, desta vez, os espectadores serão recebidos de uma só vez pelas personagens Isolda Elétrica, empresaria e completamente surtada; pela enfermeira Gertrudes, mais louca do que seus pacientes do sanatório e, por Laura Vai Com Tudo”, adianta o ator, comediante e diretor de produção, Israel Linhares.

Gargalhadas que curam

Em tempos de “cabeças pensantes” buscadoras de respostas e visão ampla dos problemas cotidianos, Terapia do Riso – Especial 12 anos desconstrói na necessidade de ser pensador em tempo integral ao propor o riso desligado das reflexões. Se rir é o melhor remédio, o bom humor é contagiante e faz bem à Saúde. A peça é para gargalhar e sair com o corpo reabastecido de Endorfina, o conhecido (e desejado por muitos) hormônios da felicidade.

Alegria transforma e isso é cientificamente comprovado: dar risadas ajuda a aumentar a imunidade, combate o estresse, reduz chances de problemas cardiovasculares, cerebrais e auxilia na cura e combate a depressão, na conquista do bem-estar físico e psíquico das pessoas. De acordo com o livro “A terapia do riso” (Editora Pensamento), escrito pelo homeopata Eduardo Lambert, “a alegria e o riso ajudam na resposta aos tratamentos e os mecanismos naturais de autocura”.

E ao longo de 12 anos de história no teatro, os atores de Terapia do Riso viram pessoas se curarem de problemas emocionais após a sessão de risadas proporcionada pelos comediantes. “É muito comum recebermos relatos de pessoas que estavam tristes, doentes ou que passariam por procedimentos médicos delicados, que foram a nossa peça e saíram de lá mais confiantes, menos estressadas e mais alegres”, revela Hellen Suque.

Cinco benefícios da gargalhada
Fonte: “A terapia do riso” (Editora Pensamento)
1. O bom humor desenvolve a saúde física, mental, afetiva e emocional;
2. Elimina o estresse e melhora as relações cotidianas do trabalho;
3. Mantém o otimismo e aumenta o pensamento criativo e positivo;
4. A prática proporciona bem-estar, energia e disposição para as tarefas diárias;
5. A alegria proporciona relações familiares mais sinceras e unidas.

A enfermeira Gertrudes, mais louca do que seus pacientes do sanatório, ensina técnicas e exercícios para relaxar e curar a ansiedade. Laura Vai Com Tudo chega e promete curar todos os males. Entra em cena, então, a empresária surtada Isolda Elétrica, contratada para fazer um treinamento motivacional com a plateia. Começa a terapia! Risada após risada, outros personagens assumem o palco para tratar os “pacientes” com muito humor o estresse e as ansiedades tão comuns na sociedade atual.

Ficha Técnica:
Elenco: Hellen Suque, Israel Linhares, Estevan Naboti
Direção coletiva
Direção de Produção: Hellen Suque e Israel Linhares
Produção Executiva: Ricardo Leal
Assistente de Produção: Leandro Portella
Cenário: Coréia Santos
Figurino: Leila Porto
Fotografia: Zele Comunicação
Iluminação: Marco Cardi


TEATRO VANNUCCI
Shopping da Gávea 
Rua Marquês de São Vicente , 52 - Gávea

Telefone: (21) 2239-8545

Dias, horários e valores: 
Sexta às 21:00 - R$ 70,00 (Valor inteira)
Sábado às 21:00 - R$ 80,00 (Valor inteira)
Domingo às 20:00 - R$ 80,00 (Valor inteira)

Duração: 70 minutos

Temporada:
De 02/06/2017 Até 27/08/2017

Classificação:
16 anos

Genero:
Comédia



Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com
 #agendaculturalrj

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs