Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

30 de set de 2018

Se a leitura pode levar as pessoas a lugares longínquos, o GoeTube pretende tirar essa expressão do sentido figurado. O concurso cultural do Goethe-Institut premiará leitores com uma viagem para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha


Concurso cultural incentiva a leitura
Iniciativa do Goethe-Institut premia leitores com viagens para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha. Inscrições terminam no dia 21 de outubro




Se a leitura pode levar as pessoas a lugares longínquos, o GoeTube pretende tirar essa expressão do sentido figurado. O concurso cultural do Goethe Institut premiará leitores com uma viagem para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha. Para participar, é preciso escolher um dos livros selecionados para o concurso. A lista traz obras de literatura de língua alemã contemporânea, com versões traduzidas para o Português e para o Espanhol. O participante pode adquirir a publicação em qualquer formato (físico ou e-book), bem como buscá-la em uma biblioteca ou mesmo tomá-la emprestada de um amigo.

Leitura concluída, o próximo desafio é gravar um vídeo-resenha de 5 minutos a 8 minutos. O registro pode ser feito com um celular e deve ser publicado em um canal no YouTube – criado, ou não, para o concurso. Para vencer a timidez, o participante pode buscar inspiração nos vídeos feitos pelo time de embaixadores do GoeTube: booktubers convidados. Depois de publicar o vídeo em um canal no YouTube, é preciso concluir a inscrição no site do concurso. As inscrições serão encerradas no dia 21 de outubro.

Atenção a algumas regras do regulamento:

- o participante deve ter 18 anos ou mais;
- além disso, deve ser residente de um país na América do Sul;
- o vídeo deve ser apresentado em português ou espanhol;
- é preciso incluir a hashtag #goetube na descrição do vídeo no YouTube.
 
Um júri escolherá seis vídeos (três em português e três em espanhol), que seguirão para votação pública no canal do GoeTube no YouTube. Somente um vídeo em cada idioma ganhará a viagem, que inclui:

- uma passagem aérea de ida e volta de qualquer país da América do Sul para a Alemanha em classe econômica;
- estadia de 05 (cinco) dias, de 20 a 24 de março de 2019, em quarto individual de categoria standard com café da manhã, em Leipzig, na Alemanha;
- despesas com translados (residência do vencedor/aeroporto nacional, aeroporto de destino final/hotel em Leipzig, hotel em Leipzig/aeroporto do destino final e aeroporto nacional/residência do vencedor);
- uma ajuda de custo para o período de 20 a 24 de março de 2019;
- ingresso para a Feira do Livro de Leipzig;
- programação cultural e de lazer complementar.
 
Antes de participar, confira todas as informações em nosso regulamento.

Esta é uma Iniciativa do Goethe-Institut Rio de Janeiro, em cooperação com as unidades do instituto em Caracas, Curitiba, La Paz, Porto Alegre e São Paulo. 
LINKS IMPORTANTES


Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram


“Diário de Pilar na Grécia” – Sucesso da literatura infanto-juvenil vira superprodução teatral, protagonizada por Miriam Freeland e grande elenco Obra de Flavia Lins e Silva, com adaptação e direção de Symone Strobel, estreia nos palcos dia 06 outubro, no Teatro dos Quatro, Shopping na Gávea




“Diário de Pilar na Grécia” – Sucesso da literatura infanto-juvenil vira superprodução teatral, protagonizada por Miriam Freeland e grande elenco

Obra de Flavia Lins e Silva, com adaptação e direção de Symone Strobel, estreia nos palcos dia 06 outubro, no Teatro dos Quatro, Shopping na Gávea.


O mês das crianças ganha uma aposta incrível, com ares de superprodução. A estreia, prevista para o dia 6 de outubro, no Teatro dos Quatro, Shopping da Gávea, no Rio. Trata-se da primeira adaptação do sucesso literário de Flavia Lins e Silva para o teatro, feita e dirigida por Symone Strobel: “Diário de Pilar na Grécia”. A atriz Miriam Freeland, que completa 25 anos de carreira, vive a protagonista dessa história que fascina crianças, adolescentes e até mesmo adultos, com pitadas da mitologia grega, essencial no aprendizado da garotada, e habita o inconsciente coletivo até a posteridade. A produção é uma parceria entre a Movimento Carioca, de Miriam, e a Produtora Constelar, de Tatianna Trinxet.

O elenco conta ainda com nomes cuja relação com o teatro infantil foi construída no Teatro Tablado, celeiro carioca das boas montagens do gênero, como Roberto Bomtempo, Viviana Rocha, Leandro Baumgratz, Alexandre Mofati, Ana Amélia Vieira e Pedro Monteiro e a própria Simone, que acumula ainda a função de atriz nessa belíssima montagem. “O objetivo é incentivar o encontro da família e proporcionar arte de qualidade, promovendo e valorizando o encontro do teatro com a literatura brasileira e despertando assim o gosto pelo lúdico, a fim de potencializar a imaginação”, afirma Miriam.

O selo literário DIÁRIO DE PILAR, de Flavia Lins e Silva, que hoje mora em Portugal, já atinge a marca de 600.000 leitores, em nove edições publicadas, sendo traduzido para países, como Alemanha, França, México, Argentina, Polônia e China. A autora também é responsável pelo maior sucesso infantil brasileiro dos últimos anos, D.P.A. – Detetives do Prédio Azul, que arrastou para o cinema mais de 1.300.000 de espectadores e está na sua 11ª temporada, no canal Gloob.

“Diário de Pilar na Grécia” é uma comédia infanto-juvenil feita para toda a família que ,de maneira leve e divertida, revela histórias e curiosidades sobre o berço da civilização, a partir da ótica dos deuses, valorizando a amizade, o companheirismo e a coragem. Com texto ágil, inteligente e delicado, a história narra as peripécias de nossa protagonista com seus amigos numa viagem inesquecível" ressalta Tatianna Trinxet, co-produtora da montagem.

Sinopse:

Pilar é uma menina muito esperta e bem humorada. Ela mora com a mãe e o avô Pedro. Não conheceu o próprio pai, que “misteriosamente” saiu de sua vida, antes mesmo dela nascer. Um dia seu avô parte para uma viagem rumo à Grécia, e ela morrendo de saudades, resolve viajar também. Mas logo depois recebe a notícia de que seu avô não voltará mais de lá... Inconformada e decidida, Pilar encontra um presente deixado por ele: uma rede mágica que pode levá-la a qualquer lugar que desejar.

Junto com o gato Samba e o seu grande amigo Breno, Pilar embarca em busca do seu avô, e descobre alguns dos maiores mistérios da vida e o fascinante mundo da mitologia grega, repleto de deuses e heróis.

Diário de Pilar na Grécia é uma comédia infanto-juvenil, feita para toda a família, que de maneira leve e divertida, revela histórias e curiosidades sobre o berço da civilização, a partir da ótica dos Deuses, valorizando a amizade, o companheirismo e a coragem.

Com texto ágil, inteligente e delicado, a história narra as peripécias de nossa protagonista com seus amigos, numa viagem inesquecível.

A peça reúne um time de profissionais de alta excelência do mercado cultural. O elenco é formado por Miriam Freeland (idealizadora e protagonista), Roberto Bomtempo, Viviana Rocha, Leandro Baumgratz, Alexandre Mofati, Ana Amélia Vieira e Pedro Monteiro, sob a direção de Symone Strobel, que também entra em cena.

Serviço:

“Diário de Pilar na Grécia”

Estreia: 6 de outubro

Temporada até: 23 de dezembro

Local: Teatro dos Quatro

Endereço: Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea, 2º Piso.

Tel: (21) 2239-1095

Horário de Funcionamento da Bilheteria: Segunda a Sábado das 13h às 21h, Domingo de 13h às 20h. Vendas on line: Ingresso Rápido.

Horário: 17h

Preços: R$ 60,00 (inteira) R$ 30,00 (meia)

Classificação Indicativa: Livre

Ficha técnica:

Baseado no livro de: Flavia Lins e Silva

Idealização: Miriam Freeland

Direção e Adaptação: Symone Strobel

Elenco: Miriam Freeland, Roberto Bomtempo, Viviana Rocha, Leandro Baumgratz, Alexandre Mofati, Ana Amélia Vieira, Pedro Monteiro e Symone Strobel

Direção de movimento: Paula Águas

Direção musical e Canções originais: Kleiton e Kledir

Desenho de Luz: Felipe Lourenço

Cenário: Natália Lana

Figurino: Bruno Perlatto

Bonecos e adereços: Alexandre Guimarães

Visagismo: Sid Andrade

Direção de produção: Tatianna Trinxet

Produção: Constelar, Arte, Diversão e Cultura

Realização: Movimento Carioca

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj

agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com


29 de set de 2018

Hoje é dia de visitar a exposição "Rio Pequim - Duas Avenidas Centenárias"

Centro Cultural Correios
29 de setembro a 18 de novembro de 2018

Curadoria: Milton Guran e Wang Weiguang




O Centro Cultural Correios abre em 29 de setembro (sábado) a exposição Rio Pequim  – duas avenidas centenárias, que apresenta 60 imagens, históricas e atuais, produzidas por fotógrafos chineses e brasileiros em torno de dois logradouros, duas avenidas emblemáticas conhecidas no mundo todo: Avenida Wangfujing, em Pequim, e a Avenida Atlântica, na Praia de Copacabana, Rio de Janeiro.  A exposição dá seguimento ao intercâmbio fotográfico entre o Brasil e China, um processo coordenado pelo fotógrafo chinês Wang Weiguang que teve início em 2016 com a realização de uma exposição do consagrado fotógrafo brasileiro Evandro Teixeira no mais importante festival de fotografia da China, o Foto Pequim. No ano seguinte, o FotoRio 2017 apresentou as exposições fotográficas A China de um chinês, de Wang Weiguang, e Corpo, de Zhu Hongyu, enquanto o Foto Pequim recebeu a exposição Campos de Altitude, da fotógrafa carioca Kitty Paranaguá.

Agora em 2018, esta parceria evoluiu para a produção de um projeto único, com a participação da ARFOC - Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro, realizado em conjunto por fotógrafos dos dois países, cujo resultado o Centro Cultural Correios ambienta até o dia 18 de novembro.  Em outubro a mesma mostra inaugura na China como destaque na programação oficial do Foto Pequim. 

São duas curadorias, dois conjuntos de fotógrafos que se articulam para produzir o retrato de um tempo paralelo marcado por grandes transformações tanto para a jovem cidade do Rio de Janeiro quanto para a milenar Pequim.   “As duas avenidas emblemáticas em foco são exemplares para ilustrar essas transformações. Pequim começou o século XX como a capital de um dos impérios mais exóticos e fechados do planeta para entrar no século XXI em plena sintonia com o que há de mais avançado na modernidade. O Rio de Janeiro, até então uma cidade ainda do tempo colonial, se refez no último século para ser a brilhante capital da jovem república que aspirava ao progresso e buscava dar ao país uma imagem positiva para assumir um lugar de destaque dentre as nações. A Praia de Copacabana, ao lado da Avenida Central, cada uma à sua maneira, foi o ícone maior dessa transformação”, dizem em coro os curadores Milton Guran e Wang Weiguang.

A exposição
Com objetivo de aproximar as duas cidades, Rio de Janeiro e Pequim, destacando as suas respectivas peculiaridades, foram escolhidos dois logradouros conhecidos no mundo todo, a Avenida Wangfujing e a Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro. A exposição reunirá fotos históricas e atuais desses dois logradouros, com fotógrafos chineses e brasileiros, cada um documentando as respectivas cidades.

Com curadoria da parte brasileira a cargo de Milton Guran e Wang Weiguang, a exposição apresenta fotos históricas dessas avenidas ao longo do século XX, complementadas por imagens atuais. Serão trinta imagens por cidade – nos formatos de 40x60cm e 60x90cm - sendo dez históricas, assinadas por autores como Augusto Malta, Marcel Gautherot, José Medeiros, Claus Meyer, João Luiz Bulcão, entre outros, e vinte contemporâneas, produzidas especialmente para a exposição, com a assinatura dos fotógrafos Fernando Maia, Monara Barreto, Wang Weiguang e Kang Xuesong.

Completa o projeto a realização de um debate e lançamento do catálogo um denso programa educativo, e a edição de um livro/catálogo bilíngue português/chinês com 96 páginas, cerca de oitenta imagens e distribuição gratuita. 

As relações entre a China e o Brasil ganharam extrema relevância nos últimos anos, portanto é natural e desejável que a dimensão cultural dessas duas nações ganhe um protagonismo maior nesse intercâmbio. No plano da cultura, a fotografia é uma das mais vigorosas forças de expressão nesses dois países.  Rio Pequim  – duas avenidas centenárias ratifica este processo.  “A fotografia pode aproximar pessoas, criar pontes, reforçar empatias e uma exposição conjunta como essa abre, de fato, uma janela sobre cada cultura e faz com que a gente possa se conhecer melhor” sintetizam os curadores Milton Guran e Wang Weiguang
Rio Pequim  – duas avenidas centenárias tem o apoio  da  ARFOC – Associação dos Repórteres-Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro

O projeto tem incentivo da Lei Rouanet, com patrocínio da empresa chinesa State Grid Brazil Holding S.A.

Os curadores e fotógrafos:

Milton Guran é fotógrafo e antropólogo. Ganhador da Bolsa Vitae de Artes (1991) e, por duas vezes, do prêmio Marc Ferrez da Funarte. Em 2016, foi contemplado no programa Rumos do Instituto Itaú Cultural. Seus trabalhos fazem parte das coleções MASP-Pirelli, do MAM-Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, MAR - Museu de Arte do Rio e da MEP - Maison Européenne de la Photographie, dentre outras, públicas e privadas. Curador na área de fotografia, é o criador  do FotoRio – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro e um dos seus coordenadores.

Wang Weiguang é membro da China Photographers Association, da China Photographers Association e da Profissional Photographes of América. Suas fotografias são regularmente publicadas pelas revistas Chinese Photography, Popular Photography, Chinese Photographers, dentre outras.  Foi ganhador dos seguintes prêmios: Excellent World of China 13th International Photographic Art Exhibition (2009), Medalha de Bronze na China 3rd International Competition (2010), Medalha de Prata na China 3rd Intenational Photgraphic Biennale (2010), além de ter sido escolhido um dos Tem best Profissinal Cannon Photographers (2012).

Fernando Maia é formado em jornalismo pela Universidade Gama Filho e iniciou a carreira de fotojornalista em 1981. Trabalhou no jornal O Globo durante 25 anos, participando de grandes coberturas nacionais e internacionais, em diversas áreas. Em 2011 deixou o Globo e fundou a empresa Fotopress, onde continua atuando em diversas áreas e desenvolvendo projetos de fotografia.  Entre outros projetos, cobriu campanhas políticas, participando também da cobertura das posses dos presidentes Lula e Dilma Rousseff.  Maia participou da cobertura de grandes eventos como a visita do Papa João Paulo II e a Jornada Mundial da Juventude (2013), que contou com a presença do Papa Francisco.   Em grande parceria com a Riotur, fez um extenso trabalho sobre Carnaval, incluindo a edição e a participação com 90 fotos no livro Carnaval do Rio, o Maior Show da Terra. Com a mesma parceria, produziu um vasto banco de imagens aéreas da cidade do Rio.
¬¬¬
Monara Barreto é formada pela Escola Fotógrafos Populares (2009) e em Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação pela UFRJ. Atuou por quatro anos como indexadora do banco de Imagens do programa Imagens do Povo. Concluiu os cursos voltados para área de Organização de acervos fotográficos oferecido pelo Museu Histórico Nacional, Preservação e conservação de acervos fotográficos oferecido pelo Instituto Moreira Salles e Curso de Construção de Tesauro oferecido pela UFRJ. Participou como palestrante do 1º Ciclo de Palestras CCPF Funarte 30 anos, dias 21 e 22 de novembro de 2016, no Auditório do Museu Histórico Nacional. Trabalhou na Catalogação e acondicionamento do Acervo Arquivístico e bibliográfico da biblioteca do Museu de Artes do Rio – MAR. Participou de inúmeras exposições fotográficas, dentre elas: “Memórias do PAC”, registro fotográfico das comunidades do Conjunto de Favelas do Alemão durante o processo das obras do PAC, no Parque Lage, em 2009. “Caçadores de Sonhos”, que inaugurou a Galeria 535, na Maré, em 2010. “Prazer, sou do Povo”, Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, Santa Teresa, 2010. “Favela em foco”, Galeria 535, na Maré, em 2013. “Folia de Imagens”, Galeria 535, na Maré, em 2014. “Nós”, Galpão Bela Maré. “Ginga da vida”, Aliança Francesa Botafogo. “Rio de 450 Janeiros” FotoRio 2015 - Lojas Americanas

Rio e Pequim 2018 – duas avenidas centenárias
De terça-feira a domingo, de 12h às 19h.
Centro Cultural dos Correios
Rua Visconde de Itaboraí 20
Centro, RJ – Tel.: (21) 2253-1580
Rua Visconde de Itaboraí 20
Centro, RJ – Tel.: (21) 2253-1580
Classificação indicativa: Livre
Ficha técnica:
Coordenação geral: Milton Guran
Coordenação China-Brasil: Wang Weiguang
Curadoria: Milton Guran e Wang Weiguang
Fotografias de  Augusto Malta, Claus Meyer/Tyba, Fernando Maia, França, João Luiz Bulcão, José Medeiros, Kurt Klagsbrunn, Marcel Gautherot. Monara Barreto, Wang Weiguang e Kang Xuesong
Pesquisa de imagem – Praia de Copacabana: Ana Bartolo
Tradução para o idioma chinês: Lin Jwo Yunn
Tradução para o português: Wang Weiguang
Design: Melanie Guerra
Coordenação de produção: Alexandre Hypolito
Impressão das fotografias: Thiago Barros
Iluminação: Júlio Katona
Montagem: Kazuo Okubo
Molduras: Enquadre Molduras
Serviço educativo: Alessandra Corrêa e Amanda Baroni
Formatação e administração de projeto: Letícia Napole
Secretaria de produção: Thaís Rocha
Apresentação: ARFOC – Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro
Produção: Luz Tropical Cultura e Produções

Assessoria de Imprensa
A Dois Comunicação:
 55 + (21) 3269-8431 - adoiscom@adoiscom.com
Anna Accioly (21) 98616-6688 - anna.accioly@adoiscom.com
Renata Monteiro (21) 9888.07192 - renata@adoiscom.com
www.adoiscom.com; https://www.instagram.com/adoiscomunicacao/ https://www.facebook.com/adoiscomunicacao/?timeline_context_item_type=intro_card_work&timeline_context_item_source=706520484&fref=tag

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

26 de set de 2018

Concurso cultural incentiva a leitura Iniciativa do Goethe-Institut premia leitores com viagens para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha. Inscrições terminam no dia 21 de outubro

Concurso cultural incentiva a leitura
Iniciativa do Goethe-Institut premia leitores com viagens para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha. Inscrições terminam no dia 21 de outubro




Se a leitura pode levar as pessoas a lugares longínquos, o GoeTube pretende tirar essa expressão do sentido figurado. O concurso cultural do Goethe-Institut premiará leitores com uma viagem para a Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha. Para participar, é preciso escolher um dos livros selecionados para o concurso. A lista traz obras de literatura de língua alemã contemporânea, com versões traduzidas para o Português e para o Espanhol. O participante pode adquirir a publicação em qualquer formato (físico ou e-book), bem como buscá-la em uma biblioteca ou mesmo tomá-la emprestada de um amigo.

Leitura concluída, o próximo desafio é gravar um vídeo-resenha de 5 minutos a 8 minutos. O registro pode ser feito com um celular e deve ser publicado em um canal no YouTube – criado, ou não, para o concurso. Para vencer a timidez, o participante pode buscar inspiração nos vídeos feitos pelo time de embaixadores do GoeTube: booktubers convidados. Depois de publicar o vídeo em um canal no YouTube, é preciso concluir a inscrição no site do concurso. As inscrições serão encerradas no dia 21 de outubro.

Atenção a algumas regras do regulamento:

- o participante deve ter 18 anos ou mais;
- além disso, deve ser residente de um país na América do Sul;
- o vídeo deve ser apresentado em português ou espanhol;
- é preciso incluir a hashtag #goetube na descrição do vídeo no YouTube.
 
Um júri escolherá seis vídeos (três em português e três em espanhol), que seguirão para votação pública no canal do GoeTube no YouTube. Somente um vídeo em cada idioma ganhará a viagem, que inclui:

- uma passagem aérea de ida e volta de qualquer país da América do Sul para a Alemanha em classe econômica;
- estadia de 05 (cinco) dias, de 20 a 24 de março de 2019, em quarto individual de categoria standard com café da manhã, em Leipzig, na Alemanha;
- despesas com translados (residência do vencedor/aeroporto nacional, aeroporto de destino final/hotel em Leipzig, hotel em Leipzig/aeroporto do destino final e aeroporto nacional/residência do vencedor);
- uma ajuda de custo para o período de 20 a 24 de março de 2019;
- ingresso para a Feira do Livro de Leipzig;
- programação cultural e de lazer complementar.
 
Antes de participar, confira todas as informações em nosso regulamento.



Esta é uma Iniciativa do Goethe-Institut Rio de Janeiro, em cooperação com as unidades do instituto em Caracas, Curitiba, La Paz, Porto Alegre e São Paulo.


LINKS IMPORTANTES

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Rio Pequim - Duas Avenidas Centenárias

Centro Cultural Correios
29 de setembro a 18 de novembro de 2018

Curadoria: Milton Guran e Wang Weiguang 




O Centro Cultural Correios abre em 29 de setembro (sábado) a exposição Rio Pequim  – duas avenidas centenárias, que apresenta 60 imagens, históricas e atuais, produzidas por fotógrafos chineses e brasileiros em torno de dois logradouros, duas avenidas emblemáticas conhecidas no mundo todo: Avenida Wangfujing, em Pequim, e a Avenida Atlântica, na Praia de Copacabana, Rio de Janeiro.  A exposição dá seguimento ao intercâmbio fotográfico entre o Brasil e China, um processo coordenado pelo fotógrafo chinês Wang Weiguang que teve início em 2016 com a realização de uma exposição do consagrado fotógrafo brasileiro Evandro Teixeira no mais importante festival de fotografia da China, o Foto Pequim. No ano seguinte, o FotoRio 2017 apresentou as exposições fotográficas A China de um chinês, de Wang Weiguang, e Corpo, de Zhu Hongyu, enquanto o Foto Pequim recebeu a exposição Campos de Altitude, da fotógrafa carioca Kitty Paranaguá.

Agora em 2018, esta parceria evoluiu para a produção de um projeto único, com a participação da ARFOC - Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro, realizado em conjunto por fotógrafos dos dois países, cujo resultado o Centro Cultural Correios ambienta até o dia 18 de novembro.  Em outubro a mesma mostra inaugura na China como destaque na programação oficial do Foto Pequim. 

São duas curadorias, dois conjuntos de fotógrafos que se articulam para produzir o retrato de um tempo paralelo marcado por grandes transformações tanto para a jovem cidade do Rio de Janeiro quanto para a milenar Pequim.   “As duas avenidas emblemáticas em foco são exemplares para ilustrar essas transformações. Pequim começou o século XX como a capital de um dos impérios mais exóticos e fechados do planeta para entrar no século XXI em plena sintonia com o que há de mais avançado na modernidade. O Rio de Janeiro, até então uma cidade ainda do tempo colonial, se refez no último século para ser a brilhante capital da jovem república que aspirava ao progresso e buscava dar ao país uma imagem positiva para assumir um lugar de destaque dentre as nações. A Praia de Copacabana, ao lado da Avenida Central, cada uma à sua maneira, foi o ícone maior dessa transformação”, dizem em coro os curadores Milton Guran e Wang Weiguang.

A exposição
Com objetivo de aproximar as duas cidades, Rio de Janeiro e Pequim, destacando as suas respectivas peculiaridades, foram escolhidos dois logradouros conhecidos no mundo todo, a Avenida Wangfujing e a Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro. A exposição reunirá fotos históricas e atuais desses dois logradouros, com fotógrafos chineses e brasileiros, cada um documentando as respectivas cidades.

Com curadoria da parte brasileira a cargo de Milton Guran e Wang Weiguang, a exposição apresenta fotos históricas dessas avenidas ao longo do século XX, complementadas por imagens atuais. Serão trinta imagens por cidade – nos formatos de 40x60cm e 60x90cm - sendo dez históricas, assinadas por autores como Augusto Malta, Marcel Gautherot, José Medeiros, Claus Meyer, João Luiz Bulcão, entre outros, e vinte contemporâneas, produzidas especialmente para a exposição, com a assinatura dos fotógrafos Fernando Maia, Monara Barreto, Wang Weiguang e Kang Xuesong.

Completa o projeto a realização de um debate e lançamento do catálogo um denso programa educativo, e a edição de um livro/catálogo bilíngue português/chinês com 96 páginas, cerca de oitenta imagens e distribuição gratuita. 

As relações entre a China e o Brasil ganharam extrema relevância nos últimos anos, portanto é natural e desejável que a dimensão cultural dessas duas nações ganhe um protagonismo maior nesse intercâmbio. No plano da cultura, a fotografia é uma das mais vigorosas forças de expressão nesses dois países.  Rio Pequim  – duas avenidas centenárias ratifica este processo.  “A fotografia pode aproximar pessoas, criar pontes, reforçar empatias e uma exposição conjunta como essa abre, de fato, uma janela sobre cada cultura e faz com que a gente possa se conhecer melhor” sintetizam os curadores Milton Guran e Wang Weiguang
Rio Pequim  – duas avenidas centenárias tem o apoio  da  ARFOC – Associação dos Repórteres-Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro

O projeto tem incentivo da Lei Rouanet, com patrocínio da empresa chinesa State Grid Brazil Holding S.A.

Os curadores e fotógrafos:

Milton Guran é fotógrafo e antropólogo. Ganhador da Bolsa Vitae de Artes (1991) e, por duas vezes, do prêmio Marc Ferrez da Funarte. Em 2016, foi contemplado no programa Rumos do Instituto Itaú Cultural. Seus trabalhos fazem parte das coleções MASP-Pirelli, do MAM-Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, MAR - Museu de Arte do Rio e da MEP - Maison Européenne de la Photographie, dentre outras, públicas e privadas. Curador na área de fotografia, é o criador  do FotoRio – Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro e um dos seus coordenadores.

Wang Weiguang é membro da China Photographers Association, da China Photographers Association e da Profissional Photographes of América. Suas fotografias são regularmente publicadas pelas revistas Chinese Photography, Popular Photography, Chinese Photographers, dentre outras.  Foi ganhador dos seguintes prêmios: Excellent World of China 13th International Photographic Art Exhibition (2009), Medalha de Bronze na China 3rd International Competition (2010), Medalha de Prata na China 3rd Intenational Photgraphic Biennale (2010), além de ter sido escolhido um dos Tem best Profissinal Cannon Photographers (2012).

Fernando Maia é formado em jornalismo pela Universidade Gama Filho e iniciou a carreira de fotojornalista em 1981. Trabalhou no jornal O Globo durante 25 anos, participando de grandes coberturas nacionais e internacionais, em diversas áreas. Em 2011 deixou o Globo e fundou a empresa Fotopress, onde continua atuando em diversas áreas e desenvolvendo projetos de fotografia.  Entre outros projetos, cobriu campanhas políticas, participando também da cobertura das posses dos presidentes Lula e Dilma Rousseff.  Maia participou da cobertura de grandes eventos como a visita do Papa João Paulo II e a Jornada Mundial da Juventude (2013), que contou com a presença do Papa Francisco.   Em grande parceria com a Riotur, fez um extenso trabalho sobre Carnaval, incluindo a edição e a participação com 90 fotos no livro Carnaval do Rio, o Maior Show da Terra. Com a mesma parceria, produziu um vasto banco de imagens aéreas da cidade do Rio.
¬¬¬
Monara Barreto é formada pela Escola Fotógrafos Populares (2009) e em Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação pela UFRJ. Atuou por quatro anos como indexadora do banco de Imagens do programa Imagens do Povo. Concluiu os cursos voltados para área de Organização de acervos fotográficos oferecido pelo Museu Histórico Nacional, Preservação e conservação de acervos fotográficos oferecido pelo Instituto Moreira Salles e Curso de Construção de Tesauro oferecido pela UFRJ. Participou como palestrante do 1º Ciclo de Palestras CCPF Funarte 30 anos, dias 21 e 22 de novembro de 2016, no Auditório do Museu Histórico Nacional. Trabalhou na Catalogação e acondicionamento do Acervo Arquivístico e bibliográfico da biblioteca do Museu de Artes do Rio – MAR. Participou de inúmeras exposições fotográficas, dentre elas: “Memórias do PAC”, registro fotográfico das comunidades do Conjunto de Favelas do Alemão durante o processo das obras do PAC, no Parque Lage, em 2009. “Caçadores de Sonhos”, que inaugurou a Galeria 535, na Maré, em 2010. “Prazer, sou do Povo”, Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, Santa Teresa, 2010. “Favela em foco”, Galeria 535, na Maré, em 2013. “Folia de Imagens”, Galeria 535, na Maré, em 2014. “Nós”, Galpão Bela Maré. “Ginga da vida”, Aliança Francesa Botafogo. “Rio de 450 Janeiros” FotoRio 2015 - Lojas Americanas

Rio e Pequim 2018 – duas avenidas centenárias
De terça-feira a domingo, de 12h às 19h.
Centro Cultural dos Correios
Rua Visconde de Itaboraí 20
Centro, RJ – Tel.: (21) 2253-1580
Rua Visconde de Itaboraí 20
Centro, RJ – Tel.: (21) 2253-1580
Classificação indicativa: Livre
Ficha técnica:
Coordenação geral: Milton Guran
Coordenação China-Brasil: Wang Weiguang
Curadoria: Milton Guran e Wang Weiguang
Fotografias de  Augusto Malta, Claus Meyer/Tyba, Fernando Maia, França, João Luiz Bulcão, José Medeiros, Kurt Klagsbrunn, Marcel Gautherot. Monara Barreto, Wang Weiguang e Kang Xuesong
Pesquisa de imagem – Praia de Copacabana: Ana Bartolo
Tradução para o idioma chinês: Lin Jwo Yunn
Tradução para o português: Wang Weiguang
Design: Melanie Guerra
Coordenação de produção: Alexandre Hypolito
Impressão das fotografias: Thiago Barros
Iluminação: Júlio Katona
Montagem: Kazuo Okubo
Molduras: Enquadre Molduras
Serviço educativo: Alessandra Corrêa e Amanda Baroni
Formatação e administração de projeto: Letícia Napole
Secretaria de produção: Thaís Rocha
Apresentação: ARFOC – Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro
Produção: Luz Tropical Cultura e Produções


Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

MUSICAL INFANTIL “CINDERELA LÁ LÁ LÁ” ÚLTIMAS APRESENTAÇÕES DIAS 29 e 30/3 NO ESPAÇO FURNAS CULTURAL ENTRADA FRANCA

MUSICAL INFANTIL “CINDERELA LÁ LÁ LÁ”

ÚLTIMAS APRESENTAÇÕES DIAS 29 e 30/3

NO ESPAÇO FURNAS CULTURAL

ENTRADA FRANCA



Nessa versão contemporânea da premiada companhia paulistana Le Plat du Jour, Cinderela sonha em ser estilista.

O musical Cinderela Lá Lá Lá, da premiada companhia paulistana Le Plat du Jour, se apresenta em curta temporada aos sábados e domingos sempre às 17h, no Espaço Furnas Cultural, em Botafogo. A entrada é gratuita com distribuição de senhas na bilheteria uma hora antes.

Com texto, adaptação e direção de Alexandra Golik e Carla Candiotto, a  montagem traz para o palco uma versão contemporânea e bem humorada da gata borralheira, ambientada no mundo da costura e da moda. Nessa releitura, permeada por quatorze canções, a corajosa Cinderela sonha em ser uma estilista; a madrasta é fanática por shopping centers e vive com máscara de pepinos no rosto; as irmãs invejosas só pensam em se tornar atrizes de musicais; o Príncipe Emo luta esgrima e cursa a Faculdade GV; a Fada Madrinha é uma musa do entertainment; e o Pai de Cinderela, uma figura ausente, é um comerciante rico e elegante.  Já o tão esperado baile real ganha um luxuoso tapete vermelho para a chegada de celebridades como Olivia Newton John, Ana Carolina, Shakira, Mãe Menininha, Gal Costa, Maria Bethânia, Natingonha e Yoko Ono.

O espetáculo, com trilha sonora de Gus Bernard, Marco Boaventura e Cia. Le Plat du Jour, luz de Wagner Freire e cenário e figurinos de Marco Lima, se apresenta de forma dinâmica do começo ao fim graças à agilidade das atrizes Bia Diaféria, Helena Cerello e Paula Flaibann. O trio canta, dança, se reveza em outros personagens (arautos portugueses do reino, objetos inanimados e as celebridades) e troca de figurinos por vinte vezes.

Serviço
Local: Espaço Furnas Cultural 
Endereço:Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, RJ |
Informações: 21 2528-5166 
Temporada: 29 e 30 de setembro de 2018
Dias e horários: Sábados e domingos, às 17h 
Ingressos: GRÁTIS, com distribuição de senhas, na bilheteria, 1 hora antes
Capacidade: 170 lugares 
Duração: 70 minutos
Gênero: Comédia musical
Classificação: livre


Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Prelúdio 21 convida a pianista Lúcia Barrenechea e o violoncelista Hugo Pilger, neste sábado, 29/09, na Cinelândia, com entrada gratuita




O grupo de compositores Prelúdio 21 recebe, neste mês de setembro, o duo composto pela pianista Lúcia Barrenechea e o violoncelista Hugo Pilger. Os intérpretes, além de serem expoentes nos seus instrumentos, têm um notável trabalho dedicado à música de câmera contemporânea. Em sua série no Centro Cultural da Justiça Federal, o concerto com entrada gratuita será neste sábado, dia 29 de setembro, às 15h. Os concertos da série “Prelúdio 21 – Música do Presente” acontecem sempre no último sábado de cada mês.

 SERVIÇO:

29/09 – sábado – Prelúdio 21 convida Lucia Barrenechea e Hugo Pilger

Horário: 15h

Centro Cultural Justiça Federal – Teatro

Av. Rio Branco, 241 – Centro

Tel. (21) 3261-2550

Entrada Franca – Distribuição de senhas meia-hora antes

Classificação Livre





Programa:

Águas-vivas | Caio Senna

Imagens | Alexandre Schubert

Introspecções II | J. Orlando Alves

Pares | Sergio Roberto de Oliveira

Escrito no Vento, Escrito na Pedra | Marcos Lucas

Aglomeração | Neder Nassaro



Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

22 de set de 2018

Maratona de filmes em preto e branco de graça, na Lapa Cinema Nosso promove mostra de longas brasileiros produzidos com essa estética, no século XXI


Maratona de filmes em preto e branco de graça, na Lapa
Cinema Nosso promove mostra de longas brasileiros produzidos com essa estética, no século XXI



Engana-se quem acha que os filmes em preto e branco são coisas do passado. A estética continua a ser usada em filmes atuais, inclusive em produções brasileiras e, pensando em discutir esse olhar estético na sétima arte, o Cinema Nosso promoverá no próximo dia 29, no LapaCine, a partir das 15h, a “Maratona Escalas de Cinza, a imagem em preto e branco do cinema brasileiro do século XXI”. Os filmes exibidos serão “Algo mais explícito" (2017, 15min), “Pingo D'agua” (2014, 80min), “Uma estrela pra iô-iô” (2014, 15min) e “Febre do Rato” (2011, 110min). Após a exibição dos filmes, acontecerá um debate sobre a direção de fotografia em filmes brasileiros do século XXI. A entrada é gratuita.

“A retomada das maratonas de cinema vem da necessidade dos estudos de linguagem para pensar as narrativas para novas plataformas como a realidade virtual. Nesta maratona, discutiremos com fotógrafos escalas cinza no cinema contemporâneo. Em setembro abriremos inscrições para o novo curso de formação em realidade virtual”, destaca Mércia Brito, coordenadora do Cinema Nosso.

Para o debate, foram convidados Cavi Borges e Bia Marques. Cavi é diretor e produtor de cinema, com filmes como "A Distração de Ivan" (festival de Cannes, 2010) e o documentário "Cidade de Deus - 10 anos depois" (coprodução com o Cinema Nosso) no currículo. Através da Cavideo, produziu mais de 30 filmes premiados no Brasil e no exterior. Bia foi diretora de fotografia dos filmes "Dez elefantes" (Prêmio ABC, 2009), "Maria Ninguém" (Festival de Cannes, 2008), "Contos da Maré" (Candango de Melhor filme no Festival de Brasília, 2013) e Tailor (Prêmio do júri popular no Queer Llisboa, 2017).

O LapaCine é uma sala de cinema de rua alternativa e polivalente que viabiliza o acesso ao audiovisual, a formação de público e também se configura enquanto local de criatividade e descontração. O local possui capacidade para 50 lugares e é equipado com projeção profissional.

Esta atividade é uma ação do “Projeto Cinema Nosso - arte, educação e tecnologia”, que tem patrocínio Petrobras.


O Cinema Nosso
O Cinema Nosso é uma instituição sociocultural, com 18 anos de atividades. Sua missão é a democratização do audiovisual para a juventude carioca. O Cinema Nosso é hoje, uma das maiores escolas populares de audiovisual da América Latina, realizando cursos, oficinas, produções, palestras, mostras, sessões de cinema e festivais. Situada em um casarão do século XIX no coração da Lapa, no Rio de Janeiro, a organização prioriza o estímulo à reflexão e ao respeito, diversidade, pluralidade e cultura popular. A ação foi iniciada a partir do processo de produção do filme “Cidade de Deus” dos diretores Fernando Meirelles e Kátia Lund.

Serviço

MARATONA ESCALAS DE CINZA

A IMAGEM EM PRETO E BRANCO DO CINEMA BRASILEIRO DO SÉCULO XXI

Dia 29/09, às 15h.

Local: LapaCine - Cinema Nosso
Rua do Rezende 80, Centro - Rio de janeiro
www.cinemanosso.org.br
21.25053300
ENTRADA FRANCA | SUJEITO A LOTAÇÃO

15h

Algo mais explícito (Brasil, 2017, 15min).

Diretor: Cavi Borges

Sinopse: O que um politico corrupto pode mudar na vida de um cidadão comum.

Pingo D'agua (Brasil, 2014, 80min)

Diretor: Taciano Valério

Sinopse: Um país, três cidades completamente diferentes. Pessoas se deslocam buscando uma mudança não apenas territorial, mas também - e principalmente - interior. Viajando aproximam-se de si mesmos, imersos em um universo de visual poético como a vida.


17h

Uma Estrela pra iô-iô (Brasil, 2014, 15min).

Diretor: Bruno Safadi

Sinopse: O curta-metragem gira em torno do desejo do personagem Antônio Cleide, interpretado por Gustavo Falcão, de compensar a frustração de não poder oferecer uma vida melhor à sua namorada, a prostituta Ioiô, vivida por Mariana Ximenez. Uma chance imperdível surge quando um vendedor (o diretor Ivan Cardoso em sua estreia como ator de curtas metragens) aparece no Rio de Janeiro oferecendo as estrelas do céu com certificado e tudo.


Febre do Rato (Brasil, 2011, 110min).

Diretor: Cláudio Assis

Sinopse: Zizo é um poeta inconformado e anarquista, que preenche seus dias com seus poemas subversivos até conhecer a bela Eneida, que injeta uma história de amor em sua vida mundana.

É importante chegar pelo menos 30min antes da sessão para a retirada de senhas. Evento sujeito à lotação. Haverá bate papo com convidados após a sessão.

Esta atividade é uma ação do Projeto Cinema Nosso - arte, educação e tecnologia com patrocínio Petrobras.


Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Projeto Turista Cidadão fará uma viagem no tempo pelas ladeiras de Santa Teresa Os participantes também conhecerão as casas e as ruas onde viveram artistas, como Carmem Miranda, Manuel Bandeira, Pixinguinha e o cantor Taiguara


Projeto Turista Cidadão fará uma viagem no tempo pelas ladeiras de Santa Teresa


Os participantes também conhecerão as casas e as ruas onde viveram artistas, como Carmem Miranda, Manuel Bandeira, Pixinguinha e o cantor Taiguara

Rio de Janeiro – setembro 2018 - Assim como a novela “O Tempo Não Para”, da TV Globo, os cariocas e os visitantes da nossa cidade terão uma grande oportunidade de viajar até o passado e, depois, poderão comparar as paisagens e as construções com o tempo presente. É que no dia 29 de setembro (sábado), a partir das 9h, será realizado mais uma edição do Projeto Turista Cidadão, promovido pelo curso de Turismo da Estácio e coordenado pelo professor e guia de turismo Kadu Guimarães. Este tour virtual e físico percorrerá a pé as ruas de um dos bairros mais fascinantes do Rio de Janeiro: Santa Teresa.

Durante a “viagem” por Santa, os participantes também vão conhecer as casas e ruas onde viveram artistas como Carmem Miranda, Manuel Bandeira, Pixinguinha e o cantor Taiguara, além do Convento de Santa Teresa (que deu origem ao povoamento do antigo Morro do Desterro); a antiga via do Aqueduto Carioca que desemboca nos Arcos da Lapa; o Largo do Curvelo com o Parque das Ruínas e o Museu Chácara do Céu; o Largo dos Guimarães com seu polo gastronômico e os recantos mais encantadores e secretos do bairro como as Ruas Triunfo e Filadélfia. O público também ficará a par das histórias de alguns dos restaurantes e bares mais tradicionais do bairro, como o Armazém São Thiago (o famoso Bar do Gomes), o Bar do Arnaudo e a Adega do Pimenta.

No dia do evento, que é gratuito (porém, os organizadores aceitarão doações de alimentos não-perecíveis), os participantes vão acessar a página do Facebook TURISTA CIDADÃO RJ e, por meio dele, será possível baixar um aplicativo digital com fotos e ilustrações de época, trazendo informações sobre ruas, chácaras, chalés e castelos, fatos históricos, personalidades marcantes e a vida cotidiana da região desde o século 18 até os nossos dias. O ponto de encontro do grupo será na Estação do Bonde de Santa Teresa – que fica na Rua Lélio Gama (transversal à Avenida Chile – ao lado do edifício da Petrobras). O Projeto Turista Cidadão é completamente gratuito, mas quem quiser subir e retornar de bondinho terá que pagar o valor do bilhete de bonde à parte e será conduzido por um dos motorneiros mais antigos do bonde: o Marquinhos. O Turista Cidadão fará uma homenagem ao motorneiro de bonde que faz parte da vida de Santa Teresa desde 1897. A galera que não quiser seguir de bonde poderá se encontrar com o grupo às 11h, na estação do Largo do Curvelo, subindo a pé a pela escadaria Selarón na Lapa.

Segundo o guia de turismo Kadu Guimarães - idealizador e coordenador do Projeto Turista Cidadão e do curso de Turismo da Estácio – a atração é uma grande oportunidade dos cariocas conhecerem a própria cidade. “O tour virtual fará com que os cidadãos visualizem antigas chácaras, castelos, palacetes, chalés, ateliês de arte e jardins em contraste com os mesmos locais hoje em dia, tipo uma experiência de realidade aumentada”, comenta Kadu Guimarães.





SERVIÇO:
Evento - Projeto Turista Cidadão Rio de Janeiro
Data – 29 de setembro - sábado
Horário – Início às 9h (1º grupo subindo de bonde) e às 11h (2º grupo subindo a pé).
GRATUITO (Os organizadores aceitarão um 1 Kg de alimentos não-perecíveis). O transporte opcional de bondinho ida e volta deverá ser pago. Os 50 primeiros a chegar na Estação do Bonde no Centro terão direito a uma tarifa promocional de R$ 10,00, utilizando-se de bondes exclusivos para o projeto. Os demais pagam o preço regular do bilhete que é R$ 20,00
Local - Pontos de encontro – Estação do Bonde de Santa Teresa – que fica na Rua Lélio Gama (transversal à Avenida Chile – ao lado do edifício da Petrobras // Estação do Largo do Curvelo (subindo a pé a partir da Escadaria Selarón ou de carro e encontrando-se com o grupo no Curvelo)

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj

agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com

  Instagram

Shopping Boulevard recebe a 1ª edição do “Comida di Rua”


Shopping Boulevard recebe a 1ª edição do “Comida di Rua”

Feira gastronômica reúne os famosos “podrões” cariocas, música ao vivo e atividades infantis no terraço do shopping

O Shopping Boulevard realiza nos dias 28, 29 e 30 de setembro a primeira edição do “Comida di Rua”. A feira gastronômica contará com os melhores “podrões” da cidade com muito hambúrguer, cachorro-quente, coxinha, churrasquinho, pastel, barca de açaí, batata frita e várias outras delícias que só a culinária de rua oferece. Os preços também permanecem baratos, as refeições variam de R$ 4 a R$ 40, com opção de pratos individuais ou até para 5 pessoas. Teremos a famosa Batata de Marechal, o Cachorro Quente do Gaúcho do Méier, a sensação do Açaí Tumucumaque de Cavalcanti, a Coxinha de 1kg da Delicoxinha e muito mais.

O “Comida di Rua” também vai contar com outras animadas atrações. No sábado, a partir das 20h, a bateria da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel comanda a diversão do público. Já no domingo, acontece a agitada Roda de Samba com o grupo Samba Q Eu Gosto, também a partir de 20h. Para a criançada, durante os três dias de evento a Área Kids terá diversas opções de brinquedos infláveis a preço popular.

O evento acontece no terraço do shopping e a entrada é gratuita.

Serviço:
Data: 28, 29 e 30 de setembro
Horário: Sexta - das 17h às 22h / Sábado e Domingo - das 15h às 22h
Local: Terraço (6º Piso) - Shopping Boulevard – Rua Barão de São Francisco, 236 – Vila Isabel

Telefone: (21) 2577-8777

Entrada Gratuita

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Espetáculo “O diário de Jim” leva questões contemporâneas da adolescência e da juventude ao Teatro Café Pequeno durante o mês de outubro



DE UM JOVEM PARA OS JOVENS


Espetáculo “O diário de Jim” leva questões contemporâneas da adolescência e da juventude ao Teatro Café Pequeno durante o mês de outubro

Um filme inspira um jovem a produzir arte. Em tempos de crise para a cultura, é fundamental falar sobre a importância da arte na vida das pessoas, sobretudo na de adolescentes e jovens, que buscam seu lugar no mundo. A peça “O diário de Jim” é exatamente fruto de uma busca do ator – e agora autor – Treison Lohan, de 25 anos. Inspirado no filme “Diário de um adolescente” – de 1995, estrelado por Leonardo Di Caprio –, Lohan escreveu “O diário de Jim”, que estreia no dia 2 de outubro, no Teatro Municipal Café Pequeno, às terças e quartas-feiras, no horário das 22h.

Se o filme fala de um adolescente que, perdido no mundo das drogas, encontra uma motivação para a vida na literatura, a peça retrata a vida de um jovem resgatado do vício pela arte, mais precisamente pelo teatro. Autobiográfico, o texto de Treison Loran só poderia ser interpretado por ele mesmo.

Autor e ator, Loran construiu uma narrativa intimista, carregada de problemas que aflingem os jovens contemporâneos – como bullyng, preconceitos, drogas – e com referências do universo atual, a exemplo das redes sociais e da dependência dos aparelhos de celular.

Sinopse

Jim é um jovem de 17 anos, com pais separados, que sonha em se tornar um jogador de basquete profissional. Influenciado pelos amigos, ele acaba se envolvendo no mundo das drogas. O enredo conta a luta de Jim para se salvar e tentar refazer sua vida com a ajuda da mãe, num caminho difícil, mas que leva a um desfecho surpreendente.

Trajetória de “O diário de Jim”

O espetáculo “O diário de Jim” estreou na formatura de Treison Loran na faculdade de licenciatura teatral e já foi apresentado em pequenas temporadas em teatros cariocas: Gonzaguinha, Arthur Azevedo, Arena Jovelina Perola Negra e Candido Mendes.

A peça rodou em turnê, tendo sido apresentada no Teatro Municipal de Angra dos Reis e no Festival de Teatro de Curitiba, no Paraná.

No dia 28 de setembro, às 16h, a peça será encenada na sala anexa do Teatro Municipal de Angra dos Reis, participando da 13ª edição da FITA - Festa Internacional de Teatro de Angra, um dos maiores festivais de teatro do Brasil, celeiro de jovens artistas, responsável por revelar atores, dramaturgos e espetáculos no cenário brasileiro de teatro.

Trajetória de Treison Lohan

Formado em Licenciatura Teatral pela Faculdade Estácio de Sá, Treison Loran cursa, atualmente, o 5º período em Bacharelado pela CAL.

Nascido e criado em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Quando criança, sonhava em ser jogador de futebol, esporte que praticou, profissionalmente, até os 18 anos.

Começou a estudar teatro depois da separação traumática dos pais, que o havia levado a se envolver com drogas.

Em 2015, foi protagonista do filme ''Invisibilia'', de temática homoafetiva, que teve em mais de 2 milhões de visualizações no Youtube, sendo o filme nacional com mais visualizações da internet. Foi protagonista do filme ''Depois de você'' na emissora Cine Brasil TV. Fez participação nas novelas ''Malhação - Pro dia nascer feliz'' e ''O outro lado do paraíso''.

É, atualmente, no cenário do circuito profissional de teatro carioca, o ator mais jovem em cena com um monólogo dramático.


Ficha técnica
Texto: Treison Lohan
Direção: Jadson Rodrigues
Elenco: Treison Lohan
Preparação vocal: Carla Guapyassu
Sonoplastia: Talyson Marks
Iluminação: Talyson Marks
Cenografia: Jadson Rodriguez
Classificação: 16 anos
Apoio: Restaurante Rancho Petisco


Serviço
“O diário de Jim”
Temporada: de 2 a 31 de outubro
Horário: 22h
Local: Teatro Municipal Café Pequeno
Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 269 - Leblon
Ingressos: R$40 (inteira) R$ 20(meia-entrada)
Classificação: 14 anos.

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp 

#agendaculturalrj 

agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com 

Orquestra Tabajara convida Áurea Martins Baile da Orquestra Tabajara Big Band recebe Áurea Martins como convidada especial


Orquestra Tabajara convida Áurea Martins

Baile da Orquestra Tabajara

Big Band recebe Áurea Martins como convidada especial

Criada há 84 anos (1934), a Orquestra Tabajara é uma colecionadora de recordes: ninguém animou tantos bailes quanto ela. Com inúmeros fãs pelo Brasil, não seria diferente no Rio de Janeiro, onde a big band se apresentará no dia 28 de setembro, sexta-feira, no Teatro Rival Petrobras, com um baile das 19h30 às 22h30 e a participação especial da cantora Áurea Martins.

O projeto reforça a resistência cultural daOrquestra Tabajara, do Cordão do Bola Preta e do Teatro Rival Petrobras, nomes quase centenários no Rio de Janeiro. Muita gente cresceu e vai crescer ouvindo a tradicional big band que nasceu sob a regência do falecido mestre Severino Araújo (+2014), que fazia casais dançarem ao adaptar músicas para o repertório, inclusive algumas óperas. Já o Teatro Rival Petrobras também comemora seus 84 anos muito bem vividos como ícone da diversidade cultural e artística no Brasil.

Áurea Martins é um dos segredos mais bem guardados da música brasileira. Áurea Martins iniciou sua carreira na década de 60, participando do programa “Tribunal de Melodias”, comandado por Mário Lago e Paulo Gracindo na Rádio Nacional-RJ. Após a sua apresentação foi contratada pela emissora e passou a integrar os programas de Paulo Gracindo, César de Alencar e Manoel Barcelos, cantando ao lado dos também iniciantes Elis Regina e Peri Ribeiro. Nascida em família de músicos profissionais autodidatas, Áureagalgou três passos essenciais que a levaram a ter visibilidade fora do universo da noite carioca. De crooner de orquestras de bailes da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro (RJ), Áurea se transformou, ao longo dos anos 1970 e 1980, numa respeitada cantora da noite em boates situadas no Centro e, sobretudo, na elitista Zona Sul da cidade. Foi quando a afinação absoluta e a sofisticada emissão da voz de contralto atraiu atenções de grandes músicos e quebrou resistências sociais.

Sob a regência de Francisco Araújo, filho de Severino Araújo, a promessa é de uma noite inesquecível com grandes músicas da Tabajara e os maiores sucessos do “Bola”.

Resistência Cultural

Engana-se quem pensa que os bailes daOrquestra Tabajara sejam repletos apenas de adultos e idosos, inúmeros jovens aproveitam a oportunidade para executar passos de dança de salão ao som de boa música, que a Tabajara sabe fazer como ninguém! Eclético, o show abraça todos os gostos: “Aquarela do Brasil”, “Garota de Ipanema”, “Anos dourados”, “New York, New York” e boleros como “Besame mucho” integram o set list que traz ainda clássicos do jazz e hits do momento. O grupo vem modernizando o repertório sem desrespeitar a tradição. Uma verdadeira resistência e resiliência cultural.

Em seus 84 anos de estrada, a Orquestra Tabajara tem mais de 13 mil apresentações dentro e fora do Brasil, gravou mais de 100 discos de 78rpm, batendo recordes de longevidade, além de alicerçar o trabalho de cantores como Jamelão, com quem gravou dois discos-tributos a Lupicínio Rodrigues. Inspirada nas big bands norte-americanas, aOrquestra anima bailes, festas e gafieiras.

O sucesso ficou ainda maior quando em 1937, com a inauguração da Radio Tabajara (João Pessoa), a “Orquestra” foi contratada para fazer parte de seu elenco. A fama dos músicos dirigidos por Severino Araújo chegou ao Rio de Janeiro e em dezembro de 1944 a Orquestra Tabajararecebeu convite para se apresentar na Rádio Tupi, no ano seguinte (1945) adotou oficialmente o Rio de Janeiro como sua sede. Desde então, nunca mais parou seus shows.


Serviço

Teatro Rival Petrobras – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Informações: (21) 2240-9796.Capacidade: 350 pessoas. Data: 28 de setembro (Sexta). Horário: 19h30.Abertura da casa: 18h. Censura: 14 anos.www.rivalpetrobras.com.br. Metrô/VLT:Estação Cinelândia. Ingressos: Setor A: R$ 80 (inteira), R$ 50 (promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 40 (meia-entrada) | Setor B: R$ 70 (Inteira), R$ 35 (meia-entrada) | Pista: R$50 (Inteira) e R$ 25 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim –http://bit.ly/Ingressos2z0P23j.Bilheteria do Teatro Rival – Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h

*Meia entrada: Estudante, Idosos, Professores da Rede Pública, Funcionários da Petrobras, Clientes com Cartão Petrobras e Assinantes O Globo

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Orquestra Sinfônica Brasileira recebe o violoncelista alemão Alexander Hulshoff, dia 29, na Sala Cecília Meireles



Ministério da Cultura e NTS apresentam

Orquestra Sinfônica Brasileira recebe o violoncelista alemão Alexander Hulshoff, dia 29, na Sala Cecília Meireles

No dia seguinte a OSB volta ao palco para mais um Concerto da Juventude, com ingressos a preços populares

O violoncelista Alexander Hulshoff é o solista convidado do próximo concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira na Sala Cecília Meireles, que acontecerá no sábado, dia 29 de setembro, às 20h. No dia seguinte, 30/9, às 11h, a OSB retorna ao palco para o Concerto da Juventude. Em ambas as apresentações, a regência fica a cargo do maestroLee Mills. A Orquestra Sinfônica Brasileira conta com a Lei Rouanet e tem a NTS como mantenedora, Vale, Brookfield e Eneva como patrocinadoras.

A première nacional da obra Abertura Brasil 2018, do compositor brasileiro Dimitri Cervo, dá início ao programa da noite de sábado. Na sequência, a OSB interpretará a Sinfonia nº 8, de Beethoven. Estreada em 1814, em Viena, é a mais curta de suas sinfonias e acredita-se que tenha sido escrita em homenagem a Haydn. Para fechar a noite, Alexander Hulshoff se junta à orquestra para executarem o Concerto para Violoncelo de Antonín Dvorák, uma obra central do repertório para cello.

Ainda sob a regência de Lee Mills, a Orquestra Sinfônica Brasileira volta ao palco da Sala no domingo para mais uma edição do Concerto da Juventude. No programa, o primeiro movimento da 5ª Sinfonia de Beethoven, a abertura da ópera As Bodas de Fígaro de Mozart, e, repetindo parte do repertório da noite anterior, a Sinfonia nº 8 de Beethoven.

SOBRE A ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA:

Reconhecida como um dos conjuntos sinfônicos mais importantes da música nacional, a Orquestra Sinfônica Brasileira soma mais de cinco mil concertos ao longo de seus 78 anos de atuação, revelando diversos talentos e promovendo, através de seus projetos educacionais e concertos públicos, a democratização do acesso à cultura.

Fundada em 1940, a Orquestra Sinfônica Brasileira foi pioneira não só na forma de levar a música sinfônica e de concerto para todos os cantos do Brasil e outros países, como também no incentivo à formação de novos talentos e difusão da cultura no território nacional.

SOBRE ALEXANDER HULSHOFF:

Apontado como um dos grandes violoncelistas da atualidade, Alexander Hulshoff tem suas interpretações apreciadas tanto pelo público quanto por seus parceiros musicais. Elas se destacam por sua expressividade aliada a um tom inconfundível, caloroso e lírico. É solista convidado de grandes orquestras internacionais como a Filarmônica da Rádio Alemã, a Filarmônica do Estado Alemão, a Filarmônica Tcheca de Brno, a Nova Filarmônica da Westfália, a Orquestra Sinfônica da Rom, a Orquestra Filarmônica de Enescu, o Ensemble Solista de Tel Aviv, a Orquestra Sinfônica de Limburg de Maastricht, a Filarmônica Armênia e muitos outras.

A música de câmara desempenha um papel importante e ocupa um lugar de destaque no trabalho de Alexander Hülshoff. Suas performances de violoncelo incluem aparições com o Bamberg Trio e colegas músicos como Pinchas Zukerman, Hagai Shaham, Vadim Gluzman, Belas Artes Quartett, Gil Sharon, Rainer Honeck e Boris Garlitsky em renomadas salas de concerto como a Filarmônica de Berlim, Amsterdam Concertgebouw, Rotterdam De Doelen e Wigmore Hall, em Londres.

Hulshoff tem atuado como instrumentista convidado no Schleswig Holstein Festival, no Festival Enescu, Kfar Blum em Israel e no Amadéo Festival, e como diretor artístico do Kloster Kamp Chamber Music Festival.


Numerosos CDs testemunham a amplitude de seu escopo musical, que inclui trabalhos de Brahms, Beethoven, Schubert, Shostakovich, Bloch e Servais, entre outros. Suas gravações são lançadas no Novalis, Naxos, Musicaphon, Paladino, Brillant e Hänssler Classic.

Atualmente é diretor artístico do Orchesterzentrum, em Dortmund - o instituto de formação orquestral profissional de quatro universidades de música (Colónia, Essen, Düsseldorf, Detmold).


PROGRAMA:

Dia 29/9 (sábado), às 20h:

Lee Mills, regência

Alexander Hulshoff, violoncelo

PROGRAMA:

Dimitri Cervo – Abertura Brasil 2018

Ludwig van Beethoven – Sinfonia nº 8, Op. 93 em fá maior
Allegro vivace com brio
Allegretto scherzando
Tempo di menuetto
Allegro vivace

INTERVALO

Antonín Dvorák – Concerto para Violoncelo, Op. 104, B.191 em si menor

I. Allegro

II. Adagio ma non troppo

III. Finale: Allegro moderato

Dia 30/9 (domingo), às 11h – Concerto da Juventude:

Lee Mills, regência

PROGRAMA:

Ludwig van Beethoven – Sinfonia nº 5, Op. 67 em dó menor

I. Allegro com brio

Wolfgang Amadeus Mozart – As Bodas de Fígaro (Abertura)

Ludwig van Beethoven – Sinfonia nº 8, Op. 93 em fá maior
Allegro vivace com brio
Allegretto scherzando
Tempo di menuetto
Allegro vivace

SERVIÇO:

Orquestra Sinfônica Brasileira na Sala Cecília Meireles

Ø Dia 29/9 (Sábado), às 20h

Lee Mills, regência

Alexander Hulshoff, violoncelo

Ingressos: R$40 (R$20 meia)

Ø Dia 30/9 (Domingo), às 11h (Concertos da Juventude)

Lee Mills, regência

Ingressos: R$10 (R$5 meia)

Local: Sala Cecília Meireles

Endereço: Rua da Lapa, 47 – Centro – Rio de Janeiro

Ingressos a venda na bilheteria da Sala e nowww.ingressorapido.com.br

Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj 

agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com 

Peça teatral: "O MÉDICO À FORÇA" Uma comédia de Moliere

A comédia traz à tona temas como a vingança e o charlatanismo, a partir de uma intrincada teia de relações entre os personagens. A trama se desenrola a partir de um ato vingativo de Martinha, mulher do lenhador Sganarelo, que pensava constranger seu marido ao fazê-lo passar por médico para curar a suposta mudez da filha de seus vizinhos. Sganarelo acaba se interessando pela farsa ao ver que poderia ganhar dinheiro com a situação. Porém uma farsa ainda maior estava sendo articulada. A jovem se passava por muda apenas para sensibilizar o pai, Geronte, que proibiu seu casamento com o namorado Leandro...

Quer saber mais?? Então venha assistir e saber como termina essa divertida confusão.



Elenco: Júlio Corrêa, Elaine Vieira, André Faxas, Valleska Cabral, Jeremias Flores, Jairo Ribas e Wander Piazza.

Texto: Moliere / adaptação: Rodrigo de Castro

Direção: Rodrigo de Castro



Ficha Técnica:

Produção: Adriano Nascimento / Valeria Alves

Arte gráfica: Flávio Oliveira

Iluminação: Zé Assumpção

Sonoplastia: Francisco Chagas

Figurinos: Elaine Silva

Fotos: Julio Lima

Produção geral: Rodrigo de Castro

Dia: 27 de Setembro/ às 20h

Ingressos: R$30,00

Apresentando o flyer digital na bilheteria paga apenas R$15,00



Local: TEATRO ARTHUR AZEVEDO - CAMPO GRANDE

Rua Vitor Alves, n° 454, Campo Grande

Informação: 21-2332-7516

Realização: CIADRACA Produções



Agenda Cultural RJ ▪ Gabriele Nery ▪ Produção e Divulgação de Eventos Culturais. Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas em pontos estratégicos. Divulgação de Midia Online. (21)996769323 / whatsapp #agendaculturalrj agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs