Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

22 de jul de 2014

Aprenda a fazer um relógio estelar no MAST

Neste fim de semana, dias 26 e 27 de julho, os visitantes irão preparar a receita do Pudim ligeirinho, construir um relógio do Cruzeiro do Sul e ainda participar do Programa de Observação do Céu! A entrada é gratuita!

Quer aprender a construir um relógio estelar? E a preparar um doce tradicional que todos adoram? Então venha ao Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) neste fim de semana, dias 26 e 27 de julho, e participe das oficinas “Faça você mesmo” e “Cozinhando com a Química”! Você terá a oportunidade de conhecer o campus do Museu durante a visita orientada além de observar o céu noturno com uma luneta centenária! Todas as atividades são gratuitas! O MAST fica na Rua General Bruce, 586, Bairro Imperial de São Cristóvão.










No Cozinhando com a Química deste mês, aprenda a preparar um doce tradicional que todos adoram: o famoso pudim de leite! Venha conhecer os nossos truques para fazer essa guloseima em apenas alguns minutos. Entenda mais sobre os ingredientes e as transformações químicas presentes nesta deliciosa receita. A atividade acontecerá no sábado, às 16h, na sala de atividades do Prédio Sede do Museu.

E a partir das 17h30, terá início o Programa de Observação do Céu, com a apresentação da palestra O Céu do Mês, momento em que os visitantes ficam sabendo um pouco mais sobre a natureza dos corpos celestes e o que está visível no céu do Rio de Janeiro. Após a apresentação, todos são convidados a ir para a área externa do Museu onde é realizada a observação do céu utilizando telescópios ópticos portáteis e a centenária Luneta Equatorial Heyde de 21 cm. Nos dias chuvosos e nublados, não há observação do céu através de telescópio.



No domingo, na oficina Faça você mesmo, conversaremos um pouco sobre o movimento aparente da esfera celeste e discutiremos o fenômeno das estações do ano. Tais fenômenos são ocasionados ao longo do ano por conta das componentes do movimento da Terra. Iremos construir um relógio estelar que indica as horas através da posição das estrelas! Esta atividade tem como objetivo aprimorar conceitos astronômicos e conduzir os visitantes a uma reflexão mais crítica sobre os fenômenos que nos rodeiam. Tendo isto em mente, todos são convidados a construir Um relógio do Cruzeiro do Sul.

No sábado e no domingo, às 15h e às 17h, haverá visita orientada pelo Museu. Nela, os mediadores apresentam, aos visitantes, o sistema solar em escala, as exposições do MAST espalhadas pelo campus e o conjunto arquitetônico construído para sediar o Observatório Nacional. Destacam-se o prédio sede, que abriga a coleção de instrumentos científicos, e os pavilhões com as centenárias lunetas.


SERVIÇO

Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST)
Rua General Bruce, 586, Bairro Imperial de São Cristóvão
www.mast.br

Entrada gratuita.


SÁBADO, 26 de julho

15h | 17h
Visita orientada

16h
Cozinhando com a química
Receita: Pudim ligeirinho

17h30 às 20h
Observação do céu


DOMINGO, 27 de julho

15h | 17h
Visita orientada

16h
Faça você mesmo
Tema: Um relógio do Cruzeiro do Sul



17 de jul de 2014

WebFestValda prepara novo concurso musical com transmissão pelo Youtube Após recorde de público em 2013, o festival de talentos está de volta ao Circo Voador



Com 16 edições, realizadas entre 1992 e 1999, o Festvalda consagrou-se como um dos mais conhecidos festivais de música para novos talentos e revelou nomes como Pedro Mariano, Tafari Roots (alguns componentes seguem hoje na banda Natiruts), a banda mineira Tianastacia, entre outros.

Após o retorno em 2012, recorde de público em 2013 e com novo nome, o Web Festvalda 2014 volta ao palco do Circo Voador em sua 19ª edição entre os dias 24 e 26 de julho, e contará com shows Preta Gil e Cone Crew Diretoria.

O concurso de bandas buscará talentos por todo o país. Haverá premiações para os três primeiro s colocados, banda revelação, melhor vocalista e melhor guitarrista. Entre os prêmios, R$ 24 mil em instrumentos musicais distribuídos entre os vencedores; 500 cópias de CD/DVD do Festival com a gravação das músicas tocadas ao vivo pela banda e duas músicas gravadas em estúdio; webclipe produzido pela CoverFlow; e assinatura da revista BackStage.

O Web Festvalda 2014 contou com mais de 800 inscrições, em que 24 bandas foram escolhidas por um corpo seleto de jurados. Em 2013, o festival teve mais de um milhão de espectadores, sendo que oito mil estavam presentes fisicamente no Circo Voador, enquanto mais de um milhão de pessoas conferiram as performances ao vivo pela internet. O WebFestValda 2014 deste ano pretende superar todas as expectativas.

A disputa é dividida em três partes, onde as duas primeiras serão realizadas nos dias 24 e 25 de julho. Nelas, as 24 bandas escolhidas serão avaliadas e somente 12 passarão para a final, no dia 26. Mais informações no site webfestvalda.com.br.

Dia 24/07 – Quinta-feira

- Web FestValda. São três dias de evento. No primeiro, a banda Karamujos abre o festival com clássicos do Rock. Outras 12 bandas mostram seu repertório de olho na etapa final, dia 26. O show encerramento será comandado pela banda Baleia, formada por um sexteto carioca que passeia pelo pop e pela música brasileira, mas sempre de mãos dadas com influências do jazz e do folk. O concurso já revelou Pedro Mariano, Tianastacia e Tafari Roots.



Serviço:

Circo Voador: Rua dos Arcos S/N, Lapa – 2533-0354. Qui, às 22h. Ingresso na bilheteria do Circo Voador – R$ 4,00 (apresentando a filipeta ou estudante pagam meia entrada). www.webfestvalda.com.br. 18 anos.

Dia 25/07 – Sexta-feira

- Web FestValda. M Jack abre o segundo dia de festival com um tempero do pop-rock mineiro. Outras 12 bandas tocam no concurso que já revelou Pedro Mariano, Tianastacia e Tafari Roots. O grupo de rap Cone Crew Diretoria faz o encerramento.

Circo Voador: Rua dos Arcos S/N, Lapa – 2533-0354. Sex, às 22h. Ingresso na bilheteria do Circo Voador – R$ 4,00 (apresentando a filipeta ou estudante pagam meia entrada). www.webfestvalda.com.br. 18 anos.


Dia 26/07 – Sábado

- Web FestValda. No último dia, a abertura fica por conta da banda Facção Caipira, segundo colocado no concurso de 2013, vai apresentar um som original que mistura blues e rock’n roll. As 12 bandas classificadas vão apresentar seus repertórios. No fim haverá a premiação ao vencedor e um show de encerramento com o Preta Gil, coroando o sucesso do WebFestvalda.

Circo Voador: Rua dos Arcos S/N, Lapa – 2533-0354. Sab, às 22h. Ingresso na bilheteria do Circo Voador – R$4,00 (apresentando a filipeta ou estudante pagam meia entrada). www.webfestvalda.com.br. 18 anos.

Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323



‘Vizta, Bossa e Jazz’ fecha programação de julho em grande estilo no Marina Palace Hotel - Leblon


Na última sexta-feira de julho (25/07), o Restaurante Vizta do Hotel Marina Palace receberá o saxofonista Afonso Claudio, uma figura proeminente no cenário do jazz carioca. No Brasil, AC já trabalhou com o Zimbo Trio, Alaíde Costa, Severino Araújo, Robertinho Silva, Paulinho Braga, Bog Joe Manfra, Weber Drummond e Claudio Infante. Em 2006, lançou seu mais recente projeto de saxofone solo chamado Naked Truth. Nos últimos dois anos, AC expandiu seu trabalho para as áreas de direção e produção musical e realizou projetos marcantes no Rio de Janeiro. 

No sábado, 26 de julho, a vez é de Nico Rezende (voz & piano) e Guilherme Dias Gomes (trumpete) apresentarem o show ‘Chet Baker Songs’ – uma bela homenagem a um dos maiores músicos do jazz, o cantor e trumpetista Chet Baker, que influenciou toda uma geração de artistas e foi um dos criadores do ‘Cool Jazz’. Temas, como “My funny valentine”, “You don’t know what Love is”, “There Will never be another you”, e outros clássicos farão parte da programação. Vale a pena conferir!


Serviço:
Local: Hotel Marina Palace
Abertura da casa: 21h
As reservas deverão ser feitas pelo telefone (21) 3613-5150 e serão garantidas até as 21h30
Couvert: R$ 45

O projeto

Desde 2011, o “Vizta, Bossa, Jazz e muito mais” faz parte do roteiro daqueles que querem curtir o melhor da música, em um ambiente aconchegante e acolhedor. O projeto acontece toda semana – sextas-feiras e sábados – sempre com um convidado especial. A atração musical já realizou mais de 400 shows e conta com uma seleção criteriosa de músicos reconhecidos.

Privilegiada por sua localização no Hotel Marina Palace, o projeto foi idealizado por três amantes da boa música: Fernando Clark, guitarrista e produtor musical; André Cechinel, pianista do grupo Conexão Rio; e Reinaldo Figueiredo, humorista do programa Casseta & Planeta e contrabaixista do grupo Companhia Estadual de Jazz (CEJ).


Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323

15 de jul de 2014

14° Arraiá da Praça Afonso Pena



A tradicional Praça Afonso Pena abrigará o 14° Arraiá da Praça Afonso Pena, nos dias 18, 19 e 20 de julho. Serão mais de 40 barracas de comidas típicas.A criançada não fica de fora! O evento contará com barracas de pescaria, bola na boca do palhaço, bola na lata, além de pula-pula, tobogã inflável e cama elástica.

Para animar ainda mais, a festa terá apresentações de bandas de forró. No dia 18, sexta-feira, Forró Sakulejo e Banda Mala e Cuia se apresentam, às 18h e 20h, respectivamente. Já no dia 19, sábado, é a vez do tradicional Trio Pé de Serra, a partir das 19h. E para fechar o 14° Arraiá da Praça Afonso Pena, no dia 20, domingo, Forró Sakulejo e Trio Pé de Serra, 17h e 20h, respectivamente.



A grande atração fica por conta das apresentações das quadrilhas juninas. No dia 18, às 22h, quem se apresenta é a Quadrilha Explosão Santa Marta, com o tema "A Festa Continua".

No sábado, dia 19, às 18h, é a vez de um dos grupos folclóricos mais originais, coloridos e conhecidos dos cariocas: A Quadrilha do Sampaio, que este ano apresenta o tema Brincantes – O auto do boi coroado, que faz parte de uma trilogia sobre os Brincantes e se trata de um divertido “Bumba meu Boi”, com doses de críticas sociais e muito humor. Um auto que resgata figuras do nosso folclore, modos e costumes do povo brasileiro. O auto do boi coroado é um apanhado de diversas formas de se contar a morte e a ressureição do Boi.

Para encerrar as apresentações das quadrilhas juninas, São Judas Shows, que apresentará O Imaginário popular da Literatura de cordel. Tema que retrata diversas histórias registradas através das folhas de cordéis. Uma literatura que permeia a tradição nordestina, no dia 20, às 19h30.

A festa acontece nos dias 18, 19 e 20, a partir das 14 horas e vai até à meia noite na sexta e no sábado. Já no domingo a festa termina às 23h. Praça Afonso Pena – Rua Doutor Satamini – Tijuca. Entrada Franca!

Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323

11 de jul de 2014

X-Tudo SESI Cultural oferece diversas atrações artísticas durante três semanas no RJ a preços POPULARES!





Programação conta com preços populares e entrada franca para manifestações de teatro, dança, música, cinema, artes plásticas e hip-hop

Em sua quinta edição, de
14 de julho a 2 de agosto, o X-Tudo SESI Cultural oferece ao público diversas atrações artísticas de teatro, dança, música, cinema, artes plásticas e hip-hop a preços populares e, também, com entrada gratuita. Pela primeira vez, a mostra leva as mais variadas manifestações para outras cidades além da capital, como Duque de Caxias, Itaperuna, Macaé e Campos dos Goytacazes, além de promover ações ao ar livre nas praças do Largo do Machado e Pedro Lessa, no Centro.



Logo na estreia do festival, no dia
14 de julho, o cantor Otto apresenta seu mais recente trabalho, “The Moon 1111”, às 19 horas, no Teatro SESI Centro. Em quase três semanas de evento, o público ainda curte atrações como: os shows de Nicolas Krassik, Siba, Gabriel Muzak e Lucas Santana, as peças “Obsessão” e “Clementina, cadê você?” e a exibição do filme “O Som ao Redor” (de Kleber Mendonça Filho).

Fora dos teatros, a mostra também conta com uma programação diferenciada. No dia
26 de julho, a partir das 9 horas, a criançada e toda a família se divertem com Shakespeare nas Praças e o Baile Acrobático dos Gigantes da Lira, no Largo do Machado. Na Praça Pedro Lessa, no dia 1º de agosto, às 17 horas, acontece a Feira do Vinil. O evento conta com apresentações de dança e música, expositores de vários gêneros musicais e vendas de discos raros.


Sucesso na edição passada, o
Festival Terra do Rap volta ainda melhor em 2014, com a Caravana Rap Lusófono nos teatros do interior e o show inédito “Fita misturada ao vivo”, que promove o intercâmbio cultural de rappers de destaque do Brasil, Portugal e Angola, no dia 31 de julho, às 19h, no Teatro SESI Centro.

A troca de experiências e vivências artísticas também está presente através de oficinas e palestras com a Cal – Casa das Artes de Laranjeiras e a Pro-Arte, instituições renomadas no mercado cultural. São quase 1.300 vagas para teatro, música, dança, audiovisual e artes plásticas, um recorde para o projeto. A taxa para participar é de apenas R$ 10.



Oficinas de
grafite em comunidades pacificadas

Este ano, o
X-Tudo SESI Cultural promove, através do Programa SESI Cidadania, oficinas de grafite nas comunidades pacificadas Cerro Corá, no dia 19 de julho, e na Barreira do Vasco/Tuiuti, no dia 20. Nas aulas, que serão ministradas pelos professores Tomaz Viana, o Toz, e Rafo Castro, os alunos vão aprender e praticar arte e intervenção urbana.

Destinadas a moradores das comunidades com idade a partir de oito anos, as oficinas são gratuitas e permitem até 30 pessoas por turma.
Divulgação Cultural - Agenda Cultural RJ - Divulgação e Colagem de Cartazes - Gabriele Nery (21)99676-9323 / 99673-4350
agendaculturalrj@gmail.com
A iniciativa colabora com as ações culturais do Programa SESI Cidadania, que leva desde 2010 oficinas de teatro, dança, circo e música para diversas comunidades pacificadas do Rio.

A programação completa do
X-Tudo SESI Cultural 2014 pode ser vista no site:


11º FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA FEMININO ACONTECE DE 14 A 19 DE JULHO



Evento alcança projeção internacional cada vez maior e este ano exibe produções de 31 países.Entre os dias 14 e 19 de julho, logo depois da Copa, acontecerá a 11ª edição do Festival Internacional de Cinema FemininoFEMINA – que este ano exibirá 73 produções de 31 países, alguns deles participantes do festival pela primeira vez. O evento é realizado pelo Instituto de Cultura e Cidadania Femina desde 2004 e se dedica a exibir longas, médias e curtas-metragens dirigidos por mulheres e/ou com temática feminina. Sempre com exibições a preços populares, os organizadores do evento calculam atrair cerca de 2 mil pessoas. O Femina terá sua abertura no CineMaison e continua na Livraria Cultura Cine Vitória.

Como todos os anos, o festival apresenta uma Sessão Homenagem a uma personalidade feminina do cinema nacional. Esse ano, a grande homenageada será a diretora, roteirista e produtora Lúcia Murat que possui uma extensa e sólida carreira com oito longas com especial enfoque no universo feminino e cuja carreira está fortemente ligada à sua trajetória pessoal, como as experiências vividas durante a juventude na militância contra o regime militar. Ao completar 50 anos do golpe militar este ano, o festival faz esta merecida homenagem à cineasta, premiada nacional e internacionalmente, exibindo “A Memória que me contam”, no dia 19 às 17h.


Primeiro evento do gênero no Brasil e na América Latina, o FEMINA ocupou um lugar de destaque no cenário cinematográfico mundial já em sua primeira edição. Com a curadoria de Paula Alves e Eduardo Cerveira, o festival busca valorizar a participação da mulher no cinema, na arte e na cultura, estimular jovens diretoras, incentivar a produção de filmes com temática feminina e debater questões de gênero, assim como ampliar a participação profissional da mulher no cinema e a conscientização da sociedade sobre a igualdade de gênero. “Este ano tivemos a grata surpresa de receber produções de países que nunca haviam se inscrito no festival antes”, comemora o curador Eduardo Cerveira. 

“Foi muito difícil a seleção pois tivemos quase 800 inscritos para esta edição. Alguns dos selecionados serão exibidos pela primeira vez no Brasil e na América Latina”, comenta Paula Alves.O evento promove também o Seminário FEMINA, de 16 a 18 de julho, das 11h às 14h, com a participação de diretoras e pesquisadores, debatendo com o público o tema Audiovisual e Relações de Gênero, trazendo três filmes que dialogam com esta questão. As inscrições poderão ser feitas através do site www.feminafest.com.br e a entrada é gratuita.




DESTAQUES DESSA EDIÇÃO:
A abertura do festival será no CineMaison, no dia 14 às 19h, com a exibição do longa-metragem francês “Mes souliers rouges/Meus sapatos vermelhos”, de Sara Rastegar. O evento contará com a presença da diretora iraniana, radicalizada na França, além de outros diretores participantes do festival. No dia seguinte, o filme será reprisado às 15h, abrindo o festival na Livraria Cultura Cine Vitória.
Entre os dias 15 e 19, terça a sábado, o evento continua com as tradicionais mostras competitivas “Internacional e Nacional” e as sessões especiais divididas em “Programa infantil” (com curtas-metragens de animação e ficção para o público infanto-juveni), sessão “Masculino-Feminino” (com filmes dirigidos por homens com temática feminina), sessão “Dividindo a conta” (com filmes co-dirigidos por homens e mulheres), Programa experimental (com filmes experimentais dirigidos por mulheres), sessão “Eu gosto é de mulher” (com filmes dirigidos por mulheres com temática lésbica) e “Programa especial” (com filmes que se aproximam do Femina através da linguagem, temática ou gênero).


Por conta das coproduções entre países, dentre os 12 filmes selecionados para a Mostra Competitiva Internacional, o festival exibirá a produção de 16 países, alguns deles participantes do evento pela primeira vez como Jordânia, Catar, Guatemala, Nicarágua e Palestina. Serão exibidos 73 filmes ao todo durante o Femina este ano (40 internacionais, 31 brasileiros e 2 coproduções do Brasil com outros países).Sempre com filmes realizados a partir de 2012, a competição das mostras será avaliada durante a semana do evento. Entre os jurados estão a diretora do filme de abertura, Sara Rastegar, o programador mineiro Daniel Queiroz, a professora Eliska Altmann e a diretora Mariana Kaufman que foi uma das vencedoras do Femina 2013. Os júris terão a árdua tarefa de avaliar e premiar os filmes nas categorias: Grande Prêmio Femina, Prêmio Especial do Júri, Melhor Direção e Melhor Destaque Feminino em cada competição (Nacional e Internacional). Os premiados ganharão um colar desenhado com exclusividade pela designer de jóias Mára Tavares.


Além de expor o trabalho das diretoras brasileiras, aumentando sua visibilidade e abrindo espaço para o cinema brasileiro feminino no exterior, e de exibir produções estrangeiras, o evento traz sempre para o Brasil convidados internacionais. Nesta edição, estão confirmadas as presenças da polonesa Katarzyna Klimkiewicz, diretora de “La Isla/A ilha”, que faz parte da Mostra Competitiva Internacional, das diretoras italianas Teresa Laropoli e Margherita Pescetti e uma das protagonistas Olivia Mattiuzzi, do filme “Passo a due/ Passo a dois”, da sessão “Eu gosto é de Mulher” e de Sara Rastegar, diretora do filme de abertura.





SERVIÇO:FEMINA – Festival Internacional de Cinema Feminino
Local: Livraria Cultura Cine VitóriaEndereço: Rua Senador Dantas, 45 – Centro/RJ.Telefone: (21)3916-2600Datas: de 15 a 19 de julho de 2014.Horários: 

Consultar programação (sessões às 11h, 15h, 17h e 19h)Ingressos: R$ 2,00 e R$ 1,00 (meia, além dos casos previstos em lei). 
Seminários com entrada franca.Bilheteria: de terça-feira a sábado, das 11h às 21hLotação: 186 lugares (mais 4 para cadeirantes)Classificação:
Consultar programação (desde livres – como o programa infantil, 12, 14 e 16 anos)Acesso para pessoas com deficiência.
Divulgação Cultural - Agenda Cultural RJ - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323
agendaculturalrj@gmail.com
Blog - 
agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com.br

Mais informações pelo site www.feminafest.com.br ou pelo Facebook.

TEATRO NOS PARQUES DO RJ

Maior circuito de teatro a céu aberto do país viaja por seis capitais (Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo)
chegando ao Rio de Janeiro no dia 19 de Julho para 16 apresentações em parques da cidade, com ingressos GRÁTIS.
No dia 19 de julho (sábado) o Teatro nos Parques aporta no Rio de Janeiro onde mantém programação até o dia 10 de agosto. Serão dezesseis apresentações em parques de fácil acesso à população – Parque do Flamengo, Quinta da Boa Vista, Parque dos Patins e Parque Madureira –, que poderá assistir a espetáculos de companhias cariocas e paulistas em duas apresentações diárias, a primeira às 11h e a segunda às 16h. A abertura, no Parque do Flamengo, fica por conta do grupo Teatro de Anônimos, com o espetáculo Roda Saia Gira Vida. Domingo (20/7) é a vez da Cia. dos Inventivos encenar Canteiro, no mesmo parque. O projeto segue com apresentações na Quinta da Boa Vista da Troupp Pas D’Argent no dia 26/7 com A Cidade das Donzelas e Sonho de uma Noite de Verão da Farsacena Cia. Teatral no dia 27/7. O Parque dos Patins receberá os espetáculos A Fantástica História do Circo Tomara que não Chova do Grupo Imaginário (RJ) no dia 2/8 e Bichos do Brasil do grupo Pia Fraus no dia 3/8. E para encerrar a programação, o Parque Madureira receberá o Circo Navegador com Notícias pra Embrulhar Peixe no dia 9/8 e a Honesta Cia. de Teatro com As Presepadas de Damião: de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus, no dia 10/8.

O idealizador e organizador da programação, Edson Caeiro, conta que “os espetáculos que compõem a mostra foram escolhidos por ter como especificidade a dramaturgia do teatro de rua.”

Patrocinado pelo Grupo CCR, via Lei de Incentivo do Ministério da Cultura, desde março de 2014 o projeto Teatro nos Parques viaja por seis capitais brasileiras com apresentações ao ar livre. Já tendo passado por São Paulo, Belo Horizonte e Brasília, depois do Rio de Janeiro, o projeto segue para Curitiba, retorna a São Paulo e finaliza em Salvador. No total serão 98 apresentações em oito meses de estrada.

A programação de todas as cidades, inclusive Rio de Janeiro, está disponível no site www.teatronosparques.com.br

SERVIÇO/PROGRAMAÇÃO

19/07, SÁBADO - PARQUE DO FLAMENGO
Espetáculo: Roda Saia Gira Vida
Grupo: Teatro de Anônimo (RJ)
Direção: Julio Adrião
Supervisão Cênica: Pepe Nuñez
Elenco: João Carlos Artigos, Maria Angélica Gomes, Fábio Freitas, Regina Oliveira e Shirley Britto
Sinopse: Tem mágico, malabarista, mulher barbada, perna-de-pau, domador de leões e atirador de facas...Tem até um hilariante striptease, que acaba no trapézio duplo. Roda Saia Gira Vida é um mergulho no universo dos clowns e das trupes mambembes, emergindo com um resgate da linguagem clássica numa revisão recheada de humor e poesia.

Local: Avenida Infante Dom Henrique s/n°, Aterro do Flamengo – Anfiteatro localizado na altura do Hotel Glória (acesso por passarela), próximo a Marina da Glória junto a Praia do Flamengo. Tel. 2265-5757
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Circo
Duração: 50 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis



20/07, DOMINGO - PARQUE DO FLAMENGO
Espetáculo: Canteiro
Grupo: Cia. dos Inventivos (SP)
Dramaturgia: Cia. dos Inventivos
Dramaturgista: Daniela Rosa
Direção geral: Edgar Castro
Artistas-criadores: Aysha Nascimento, Flávio Rodrigues, Marcos di Ferreira e Taynã Azevedo.
Sinopse: No horário de almoço, trabalhadores de um canteiro de obras, estabelecem um divertido jogo teatral para falar sobre a possibilidade de se escolher o que se come, a fabricação de alguns dos heróis da história oficial, os anônimos heróis do povo, o conhecimento que não se encontra nos livros, a violência e a sede por justiça. Através das histórias feitas a partir de Viva o Povo Brasileiro, é uma homenagem aos milhões de heróis brasileiros que constroem, diariamente, este País.

Local: Avenida Infante Dom Henrique s/n°, Aterro do Flamengo – Anfiteatro localizado na altura do Hotel Glória (acesso por passarela), próximo a Marina da Glória junto a Praia do Flamengo. Tel. 2265-5757
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Comédia
Duração: 60 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis

26/07, SÁBADO - QUINTA DA BOA VISTA
Espetáculo: A Cidade das Donzelas

Grupo: Troupp Pas D’Argent (RJ)
Texto e direção: Marcela Rodrigues
Elenco: Lilian Meireles, Nathalie Rodrigues, Carol Garces, Orlando Caldeira e Marcela Rodrigues.
Sinopse: O espetáculo conta a história de Carolino, viajante que em 1945 chega à Cidade das Donzelas, lugarejo onde só vivem mulheres feias e traumatizadas, que matam todos os visitantes – homens e mulheres bonitas. Carolino tenta desvendar o mistério da cidade, em situações de muito humor. Na trilha sonora, maracatu, repente, frevo, bumba meu boi, baião e quadrilha.
Fotos em alta: 

Local: Quinta da Boa Vista. Avenida Bartolomeu de Gusmão s/nº, São Cristóvão. Tel. 2234-1181
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Comédia
Duração: 50 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis



27/07, DOMINGO - QUINTA DA BOA VISTA
Espetáculo: Sonho de uma Noite de Verão

Farsacena Cia. Teatral (RJ)
Grupo: Direção: Monique Carvalho e Robson Sanchez
Supervisão artística: Amir Haddad
Elenco: Agatha Duarte, Gabriel Garcia, Gustavo Damasceno, Luiza Debritz, Michele Capri, Thiago Prado, Thiago Ristow, Ricardo Damasceno, Rodrigo Viegas e João Guesser
Sinopse: Sonho de uma Noite de Verão foi adaptado aos dias atuais, à cultura brasileira. Com músicas originais executadas ao vivo, são utilizadas na encenação acrobacias, linguagem circense e pernas de pau, além de técnicas do teatro popular e clown. Ao final do espetáculo uma ciranda com atores e público é construída numa grande celebração ao tema principal da obra de Shakespeare: o amor, independente de raça, credo ou religião.

Local: Quinta da Boa Vista. Avenida Bartolomeu de Gusmão s/nº, São Cristóvão. Tel. 2234-1181
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Comédia
Duração: 60 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis



02/08, SÁBADO - PARQUE DOS PATINS
Espetáculo: A Fantástica História do Circo Tomara que não Chova

Grupo: Grupo Imaginário (RJ)
Concepção Geral: Sandro Roberto
Ator Bonequeiro: Sandro Roberto
Sinopse: Marieta e Simão são contratados para montar um circo recém-chegado a cidade de Mulungu Talhado. Marieta vai pedir emprestadas as terras do senhor Rufino Muquirana, que lhe diz só ceder se sua “atração internacional” tomar metade do tempo do circo. Simão não aceita a proposta. Então Marieta tenta convencer o senhor Rufino Muquirana, que, apaixonado por ela, cede.

Local: Parque dos Patins. Av. Borges de Medeiros s/nº, Lagoa Rodrigo de Freitas.
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Teatro de Bonecos
Duração: 50 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis




03/08, DOMINGO - PARQUE DOS PATINS
Espetáculo: Bichos do Brasil

Grupo: Grupo Pia Fraus (SP)
Texto: Beto Andretta e Beto Lima
Direção: Beto Andretta, Beto Lima e Hugo Possolo
Elenco: Beto Andretta, Natalia Gonsales, Adriana Telg
Sinopse: Bichos do Brasil é um espetáculo que busca mostrar a riqueza da fauna brasileira através de recursos plásticos. Pautado nos bonecos, na música e na coreografia, procura criar o ambiente da mata sem exigir um comportamento humano de seus personagens.

Local: Parque dos Patins. Av. Borges de Medeiros s/nº, Lagoa Rodrigo de Freitas.
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Infantil
Duração: 50 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis





09/08, SÁBADO - PARQUE MADUREIRA
Espetáculo: Notícia Pra Embrulhar Peixe

Grupo: Circo Navegador (SP)
Dramaturgia: Luciano Draetta e Roberto Rosa
Direção: Roberto Rosa
Elenco: Luciano Draetta
Sinopse: O Vendedor de Peixe lê o mundo por meio das notícias estampadas nas folhas de jornal, que são usadas pra embrulhar seu produto: o peixe. De maneira bastante ácida o personagem denuncia as mazelas da condição humana, a falência das instituições e a sociedade do controle. O Vendedor de Peixe dá vida a objetos e recria ambientes e situações a partir de sua imaginação, conduzindo a plateia em uma divertida reflexão.

Local: Parque Madureira. Rua Soares Caldeira 115, Praça do Samba, Madureira. Tel. 3456-4745
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Palhaço
Duração: 60 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis


10/08, DOMINGO - PARQUE MADUREIRA
Espetáculo: As Presepadas de Damião: de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus
Grupo: Honesta Cia. de Teatro (SP)
Texto: O grupo
Direção: Mário Santana
Elenco: André Sun, Carolina Baraglio, Fernanda Jannuzzelli, Lara Prado, Miguel Damha, Presto Kowask, Ricardo Ikier e Rodrigo Nasser
Sinopse: O espetáculo As Presepadas de Damião – de como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus, narra a saga de Damião, homem pobre e amigo da vadiagem, que tem seu destino transformado ao ser visitado por dois misteriosos viajantes. Ele recebe a prenda de três pedidos e acaba alterando o ciclo natural das coisas, causando grandes confusões na Terra, no Céu e no Inferno.

Local: Parque Madureira. Rua Soares Caldeira 115, Praça do Samba, Madureira. Tel. 3456-4745
Apresentações as 11h e 16h
Gênero: Comédia
Duração: 60 min.
Classificação: Livre
Ingressos: Grátis

Agenda Cultural RJ - Divulgação - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323 / 99673-4350

Atendimento à Imprensa

assessor de imprensa, Ney Motta
contemporânea comunicação ltda
tels. 21 98718-1965 e 2539-2873
www.neymotta.com.br

10 de jul de 2014

MEDULLA E POSADA E O CLÃ TOCAM NO FESTIVAL MOV, NA LONA CULTURAL DA MARÉ

O Festival chega a sua terceira edição com shows, filme e exposição.

A Lona Cultural da Maré vai receber no dia 18 de julho, a partir das 17h, a terceira edição do Festival MOV.
Com entrada gratuita, o festival de artes integradas chega a sua terceira edição com exibição do filme Cidade de Deus – 10 anos depois, de Cavi Borges e Luciano Vidigal, exposição, espaço lounge, grafite e apresentação das bandas Medulla (com participação do cantor Cícero), Canto Cego, Posada e o Clã e Algoz, essa última uma conhecida banda da Maré.




Sua primeira edição aconteceu em 2010, no antigo Cine Glória, e em 2013 foi a vez do Centro Cultural Solar de Botafogo receber o MOV. Desta vez, a Lona Cultural da Maré será palco da sua terceira edição.

Após duas edições, pode-se dizer que trata-se de um festival já conhecido no circuito cultural da cidade do Rio de Janeiro, tanto pelas bandas e artistas quanto por boa parte do público carioca.

Segundo os produtores, a ideia do MOV é justamente a do Movimento: “Queremos fazer com que o festival circule por diversas partes da cidade. Além de possibilitarmos um espaço para as expressões artísticas conversarem, de ser um bom lugar para as bandas, cineastas, artistas e púbico em geral interagirem, para dar movimento as ideias mesmo”; e já planejam os próximos passos: ''Para próxima edição queremos fazer o projeto durante um mês, a cada semana numa lona ou arena de diferentes regiões da cidade, trazendo, inclusive, artistas de outros estados”.


SERVIÇO | Festival MOV
Local: Lona Cultural Herbert Viana

Endereço: Rua Ivanildo Alves s/n – Nova Maré – Rio de Janeiro
Data: 18/07
Horário: 17h às 23h

Entrada Franca
Informações: (21) 3105-6815


Assessoria de Imprensa:

Daniel Barros - dbarros.prod@gmail.com

(21) 97272-0033

Sobre o Festival

O Festival MOV foi idealizado em 2010 com o intuito de instigar, fomentar e provocar uma união da cena artística carioca. Já passaram pelo palco do festival bandas como Vespas Mandarinas, Rockz, Tereza, Dorgas, Esperanza, Ventre, entre outros. Confira o que já aconteceu:

Primeira Edição:
http://www. youtube.com/watch?v=F2NZ1zIVrgs

Segunda Edição:
http://www.youtube.com/watch?v=xyHLIJtw1cE

Sobre as Bandas

MEDULLA - Formado pelos gêmeos Keops e Raony nos vocais, Alan Lopes e Dudu Valle nas guitarras, Rodrigo MJ no baixo e Daniel Martins na bateria, o Medulla é uma banda de rock que nasceu em 2005 no Rio de Janeiro, com o lançamento do álbum O Fim da Trégua, pela Sony. Desde então, lançaram mais 4 compactos, sendo “O Homem Bom” o seu último lançado em 2013. Já participaram de alguns dos maiores festivais do Brasil, como SWU e Abril pro Rock e também de programas de TV como o Experimente da Multishow, além de veiculações dos clipes “O Novo” e “Eterno Retorno” na MTV.

ALGOZ - Uma banda de rock do Rio de Janeiro que conta com Elza no vocal, Márcio na bateria, Diogo na guitarra e Klaus no contra-baixo. Com afinações mais graves que o normal e timbres bastante saturados de guitarra e contra-baixo, a banda também conta com uma bateria seca, e um vocal feminino bastante grave, que traz em suas músicas próprias, letras cantadas em português, que falam desde o cotidiano vivido por pessoas que estão à margem de uma sociedade hipócrita e cega, à relacionamentos maduros entre pessoas e o meio em que vivem.

POSADA E O CLÃ - Carlos Posada, ou somente Posada, tem como tônica de sua vida o movimento. Natural de Lund, na fria Suécia, com quatro anos de idade vai morar na quente Recife. No Rio de Janeiro Posada monta, com outros pernambucanos, o grupo “Bárbara e os Perversos”, que alcançou notoriedade na cena carioca, tocando em palcos de destaque como o Circo Voador e Teatro Odisseia. Com o fim de “Bárbara e os Perversos” Posada conhece o produtor Bruno Giorgi e iniciam o “Posada e o Clã”, nesse processo entram Gabriel Delah na bateria, Gabriel Ventura na guitarra e Hugo Noguchi no baixo.

CANTO CEGO - banda do Rio de Janeiro, que utiliza a poesia com a força do rock para fazer o seu som. A partir da relação com o espaço, a banda tenta encontrar os pontos turísticos e as sensações que envolvem o cenário das letras e as variações da melodia, as músicas inteiras são feitas depois de muitas camadas de improvisação.

AGENDA CULTURAL RJ
Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - (21)99676-9323 / 99673-4350

Sobre o Filme

Cidade de Deus – 10 anos depois Como o próprio título já diz, resgata os dez anos passados desde o lançamento de Cidade de Deus (2002), longa de Fernando Meirelles e Kátia Lund que recebeu quatro indicações ao Oscar. Procura mostrar as transformações vividas pelos atores do longa na última década. Deram entrevistas atores como Seu Jorge, Alice Braga, Leandro Firmino da Hora, Darlan Cunha, Roberta Rodrigues, dentre outros.

Sobre o Local

A Lona Cultural Municipal Herbert Vianna é um equipamento da Prefeitura do Rio e iniciou uma nova fase a partir de 2010, quando a Redes da Maré assumiu sua gestão e programação. Totalmente reformada e reequipada, teve suas portas reabertas ao público em junho de 2010.

A Redes tem o objetivo de reintegrar a Lona da Maré às redes de espaços culturais da cidade do Rio de Janeiro.


3 de jul de 2014

O espetáculo inédito da Trupe Irmãos Atada será apresentado no SESC Barra Mansa neste domingo, às 16h

Senhoras e senhores, crianças de todas as idades e adoradores da arte circense, preparem-se para dar boas risadas com:

 

Três Variando

 

O espetáculo inédito da Trupe Irmãos Atada será apresentado no SESC Barra Mansa neste domingo, às 16h

 

ENTRADA GRATUITA

 

Como seria um espetáculo circense realizado apenas por palhaços? Uma trapalhada só!!!  No espetáculo “Três Variando”, o público é recepcionado pelo Palhaço Sandoval, que dá as boas vindas aos que entram no grande Circo Irmãos Atada. No picadeiro, o público poderá se divertir com as palhaçadas e os diversos números de variedades do circo clássico e contemporâneo. Sob o comando de um mágico atrapalhado e dono do circo, os três palhaços da Trupe Irmão Atada demonstram suas habilidades em números de malabares de chapéu, prato chinês, equilíbrio, telepatia, chicote, karatê e dança, sempre regados com grandes doses de graça do começo ao fim, desde a montagem da lona até o apagar das últimas luzes.

 

Considerada uma das companhias circenses mais importantes da atualidade, a Trupe Irmãos Atada demonstra, desde seu primeiro trabalho “Bang Bang à Pastelana”, um imenso cuidado com a encenação. Os cenários, números apresentados e enredo traduzem de forma poética a rica experiência de seus integrantes, que já integraram grupos circenses famosos, como o Doutores da Alegria e Jogando no Quintal. Em “Três Variando” os artistas Emerson Almeida, Gabriel Granado, Paulo Ygar e Sandro Fontes apresentam um trabalho híbrido, que mistura teatro, circo e dança, e mostram uma genuína preocupação em ser diferente.

 

 

FICHA TÉCNICA

Direção: Anderson Spada

Dramaturgia: Trupe Irmãos Atada

Elenco: Emerson Almeida, Gabriel Granado, Paulo Ygar e Sandro Fontes

Direção Musical: Célio Collela

Figurinos e Adereços : Denise Guilherme

Iluminação: Cic Morais

Cenário: Anderson Spada

Cenotécnico: Bira Nogueira

Operador som e Luz: Cic Morais

Produção Geral: Trupe Irmãos Atada

Assessoria de Imprensa: Moretti Cultura e Comunicação

 

 

SERVIÇO:

Onde: SESC Barra Mansa

Quando: Dia 06 de julho, 16h

Endereço: Avenida Tenente José Eduardo, n° 560, Ano Bom

Quanto: Entrada Gratuita

Duração: 50 minutos | livre

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs