Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

4 de jul de 2011

Uma viagem pelo mundo na história – Projeto leva peças infanto-juvenis ao Museu Naval

O projeto “Uma viagem pelo Mundo na História”, produzido pela Cia da Arca, sob a direção de Dulce Bressane, reestréia dia 29 de junho no Museu Naval, e ficará em cartaz sempre as quartas e sextas-feiras, até dezembro.
A cada semana uma peça é apresentada. Ao todo são sete espetáculos infanto-juvenis e as montagens são idealizadas para levar a história do Brasil de forma prazerosa e divertida a crianças e adolescentes.

De acordo com a diretora Dulce Bressane, a proposta do projeto é rodar pelos museus de todo o Brasil, apresentando os espetáculos ao público visitante e para alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. “Queremos propor interatividade nos Museus e fazer com que o aprendizado sobre a história do Brasil seja divertido”, afirma Dulce.

É importante ressaltar que é necessário o agendamento prévio tanto para grupos ou individual.

Os setes espetáculos que fazem parte do projeto são:

O Francês Voador
Direcionada a crianças de 06 a 14 anos
Este espetáculo apresenta aos pequenos a incrível aventura do francês René Duguay-Trouin. Em 1711, o corsário, à frente de seis mil homens, desembarcou no Rio, tomou a cidade como refém e exigiu um polpudo resgate, pago pelo governador Francisco de Castro Morais. Na montagem, Luciano Moreira e Lívia Guedes encarnam o fantasma de Duguay-Trouine e uma pesquisadora às voltas com a descoberta de um mapa e um baú repleto de ouro ligado ao episódio.






Vida a Bordo no Séc. XVI
Direcionada a crianças de 6 a 10 anos
De forma alegre e descontraída, Aires Marinho e Lindomar, dois navegantes do século XVI, convidam os alunos para uma pequena viagem
no tempo, a bordo de uma nau.




Tamandaré: Jovem herói
Direcionada a jovens de 12 a 18 anos
Apresentamos o espetáculo Jovem herói, uma peça teatral idealizada
para levar através de quadros, um pouco das aventuras do jovem Marquês
de Tamandaré.

Amélia e Ataliba: O Brasil na II Guerra Mundial
Direcionada a jovens de 12 a 18 anos
Amélia entra em cena como se atriz e público fizessem todos parte de
uma reunião organizada pela Marinha, com o objetivo de diminuir a
decepção das esposas dos oficiais, provocada pelo cancelamento de
uma festa promovida por elas, por causa do embarque inesperado de
seus maridos para a 2ª Guerra Mundial.

Amazônia Azul: O Brasil e o mar
Direcionada a jovens de 8 a 18 anos
Neste espetáculo, investimos no bom humor e na interatividade com a
platéia. Utilizamos um casal de apresentadores que realizam jogos enquanto abordam o tema Amazônia Azul, assim como a função da
Marinha nos tempos atuais.

Missões de paz: O Brasil que eu vi
Direcionada a jovens de 12 a 18 anos
Neste espetáculo, o público entra e um rapaz digita ao computador. Só
quando todos já estão dentro da sala, ele repara na presença das pessoas
e meio orgulhoso explica que está terminando seu primeiro artigo
como jornalista correspondente de guerra, tendo estado no Haiti e
verificado o trabalho dos fuzileiros navais.

1808: A corte portuguesa no Brasil
Estudantes de todos os níveis e adultos
Trata-se de uma opereta cabocla, interpretada por dois atores cantores
personificados de bonecos musicais. As montagens idealizadas para
levar arte e educação aos jovens nos mais diferentes locais de apresentação
visam trabalhar a compreensão de conceitos e percepção dos
momentos históricos brasileiros dentro do contexto de época.





Sobre a Cia da Arca

Em 1991 a COMPANHIA DA ARCA estreou o espetáculo “La Fontaine
em Fábulas” no teatro Candido Mendes, em Ipanema. Diante do sucesso de público e crítica, permaneceu em cartaz por mais 5 anos.

Nos dez anos seguintes, a Companhia se dedicou ao Teatro Educação,
desenvolvendo as artes cênicas junto a adolescentes e apresentando
espetáculos como Tribobó City de Maria Clara Machado, Morte e Vida
Severina de João Cabral de Melo Neto e Histórias Jovens, de criação
coletiva do grupo, com temporada teatro Baden Powell.

Em 2006, apresentou a “Fábula dos Homens”, inspirada nos contos de
Jean de La Fontaine. Atualmente, desenvolve o projeto “Uma Viagem pelo Mundo na História” com apresentações que se realizam na sala de Teatro Educação do Museu Naval.

As montagens, idealizadas para levar arte e educação aos jovens nos
mais diferentes locais de apresentação visam trabalhar a compreensão
de conceitos e percepção dos momentos históricos brasileiros.

Serviços
Museu Naval – Rua dom Manuel, 15 – Centro - Telefone: 2233-9165
Reserva / Agendamento: 2287-3034
Dias e horários: quartas e sextas-feiras, sempre às 14h.
Entrada Franca.

Assessoria de Imprensa : Contato comunicação
Monique Santos – 7883-0861 / 2577-7822 / monique.santos@contato.info


Ficha Técnica
Elaboração ♦ Bressane Conforti Produções
Supervisão Histórica do Texto ♦ Almirante Armando Bittencourt
Autoria e Direção ♦ Dulce Bressane
Composição e trilha Sonora ♦ Luciano Moreira
Coreografia ♦ Aline Sampin
Produção ♦ Jota Rosário
Assessoria de Imprensa ♦ Contato Comunicação

Atores

O Francês Voador ♦ Luciano Moreira e Lívia Lacerda

Vida a bordo no Séc. XVI ♦ Luciano Moreira e Thiago Macedo

Tamandaré: Jovem herói ♦ Luciano Moreira

Amélia e Ataliba: O Brasil na II Guerra Mundial ♦ Aline Sampin

Amazônia Azul: O Brasil e o mar ♦ Thiago Macedo e Aline Sampin

As missões de paz: O Brasil que eu vi ♦ Thiago Macedo

1808: A corte portuguesa no Brasil ♦ Luciano Moreira e Aline Sampin

Vida a bordo no Séc. XVI ♦ João Gomes

Tamandaré: Jovem herói ♦ Luciano Moreira

Amélia e Ataliba: O Brasil na II Guerra Mundial ♦ Lívia Lacerda

Amazônia Azul: O Brasil e o mar ♦ Lívia Lacerda

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs