Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

3 de ago de 2013

Exposição Terreiro de Fronteiras aproxima ocidente e oriente em intercâmbio artístico no Parque das Ruínas


Projeto abrange cidades no Brasil e na Turquia envolvendo artistas dos dois países


Após uma expedição por 24 cidades distribuídas em territórios na Turquia e no Brasil, os três artistas Antonio Luiz, Cem Ersavcı e Emrah Kartal – um brasileiro, um turco e um turco residente no Brasil, respectivamente – registraram imagens sobre aspectos culturais e representativos dessas localidades. Esta experiência resultou na exposição “Multi-Web-Mídia: Terreiro de Fronteiras”, que será lançada no dia 03 de agosto, às 16h, no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, permanecendo todo o mês. Além da exposição, acontecerá paralelamente a 1ª Mostra Cinema de Fronteiras, nos dias 23, 24 e 25 de agosto, na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, com exibição de cinco filmes turcos.

Contemplado pelo Edital Pró-Artes Visuais da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, a segunda edição do projeto se volta para as artes visuais com atividades distribuídas em três etapas: uma “Residência Artística Visual” com a expedição dos três artistas e compartilhamento da experiência por meio do website no “Diário de Fronteiras”; o “Laboratório Criativo” em formato de workshop envolvendo a equipe artística do projeto sob a coordenação do curador Pedro Vasquez, contando também com a participação de outros gestores culturais, produtores e artistas convidados; e por fim, a “Exposição Multi-Web-Mídia: Terreiro de Fronteiras”, apresentada como resultado desse encontro e troca de experiências visuais exibindo uma diversidade cultural, ressaltando o que há de comum de cada lugar que possa representar as pessoas, lugares, ruas, ambientes, situações, artes.

Para Pedro Vasquez, apesar de inúmeras diferenças, como por exemplo, o idioma, a linguagem fotográfica e a percepção dos fotógrafos proporcionou o diálogo: “O idioma turco é de difícil compreensão para os brasileiros assim como o português o é para os turcos. Entretanto, “a escrita da luz” [significado etimológico de fotografia] oferece um terreno comum de entendimento que deixa pressagiar a boa acolhida desta exposição em ambos os países. Mesmo porque, os observadores argutos não deixarão de perceber que existem similitudes entre a singular paisagem da Capadócia e a do sertão do Cariri; como existem entre as cidades de Istambul e do Rio de Janeiro, em virtude da presença benfazeja e oniabrangente do mar”, ressalta o curador que também é subeditor da Rocco Jovens Leitores e diretor do Solar do Jambeiro, em Niterói. 

Serviço: Exposição Multi-Web-Mídia Terreiro de Fronteiras
Entrada Franca
Data: 03 de agosto a 01 de setembro
Local: Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas
Informações: (21) 2557- 0929/ (21) 2509 -2152

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs