Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

2 de out de 2013

Antes da chuva Peça consagrada no Festival de Teatro de Curitiba e no Cena Contemporânea faz temporada no Centro do Rio.


O  mergulho em suas próprias raízes marca a fase inicial de pesquisa da Cia Cortejo, grupo fluminense da cidade de Três Rios, criado em 2010, que reúne profissionais que decidiram se erradicar no interior para desenvolver seus processos criativos. O trabalho autoral e o interesse por um teatro mais político são a tônica dessa jovem companhia que vem conquistando público e crítica.



Com texto e direção de Rodrigo Portella, Antes da chuva destaca-se pela aposta na simplicidade para que a sutileza das relações dos personagens se sobressaia. A trama gira em torno do amor inocente e persistente de um jovem rapaz por uma mulher mais velha. Eles habitam um povoado ribeirinho cada vez mais deserto e decadente. Lugar este, que no passado teria sido alvo de exploradores estrangeiros. Muitas das situações vividas na peça, surgiram da história familiar dos integrantes do grupo: tias solteiras, pais separados, cartas de amor, romances de infância... Algumas das mais belas passagens foram inspiradas na história da bisavó de Bruna, uma índia peruana que desceu “fugida” o Rio Amazonas com seus 15 filhos a bordo de uma pequena embarcação.
 
A montagem estreou em abril durante o Festival de Curitiba, e de lá saiu consagrada como uma das surpresas da mostra paralela. Depois foi apresentada em Belo Horizonte, Jacarezinho, interior do Paraná, no Cena Contemporânea de Brasília e no Festival de Teatro de Juiz de Fora.

De Curitiba, a crítica Maria Eugênia de Menezes, de O Estado de São Paulo, escreveu: “Sediada na pequenina cidade de Três Rios, a jovem Cia Cortejo exibiu Antes da Chuva. Obra sem grandes efeitos, delicada, centrada essencialmente no trabalho de seus dois interpretes. Prova da beleza que só a simplicidade pode ter.”

No Rio de Janeiro, o critico Macksen Luiz escreveu que “A realização não poderia ser mais despojada, com o palco desprovido de qualquer adereço, iluminação buscando diálogo com os atores e a dupla de intérpretes como o traço definidor da cena. Portella fatia o texto para traduzi-lo como ação e movimento, numa forma narrativa que evita a mera ilustração para deixar que aflore o jogo dos afetos nos tempos do cólera. O confronto entre sentimentos mantidos por anos como razão única para continuar e a estreiteza de um mundo que se justifica pelos seus limites, circula por constante balé de corpos que se movimentam ao ritmo das aproximações e rejeições. Os atores e seus corpos são únicas e complementares presenças, cenário de seus diálogos, iluminação de seus gestos e figurino de suas interpretações. Bruna Portella e Luan Vieira demonstram integral apropriação das propostas da direção, compartilhada por Rodrigo Portella e Leo Marvet, sustentando nos 60 minutos da encenação, intensa reverberação de embate emocional, solidamente construído na sala de ensaio e trazido ao palco com a integridade do exercício bem desenvolvido.”





Assista ao trailer em HD: http://vimeo.com/73962905
 
SERVIÇO
 
Local: Sede das Cias - Rua Manoel Carneiro 10, Escadaria Selarón, Lapa (tel. 2242-4176)
Capacidade de público: 60 lugares
 
ANTES DA CHUVA – Estreia: 6 de outubro | Temporada: domingos e segundas às 20h, até 4 de novembro | Ingresso: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) | Não recomendado para menores de 16 anos | 60 minutos | Drama | Texto: Rodrigo Portella | Direção: Rodrigo Portella e Leo Marvet | Elenco: Bruna Portella e Luan Vieira | Figurinos: Bruno Perlatto
| Trilha Sonora: Cia Cortejo | Músicas Originais: Felipe Chernicharo | Iluminação: Rodrigo Portella | Preparação Vocal: Jane Celeste Guberfain | Produção: Trilhos Produções Artísticas | Realização: Cia Cortejo
 


fotografias de Renato Mangolin

Agenda Cultural RJ 
Divulgação de Eventos Culturais
agendaculturalrj@gmail.com
(21)9676-9323

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs