Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

21 de fev de 2013

Oficinas de investigação e criação do Proyecto ABRA! As inscrições são GRATUITAS!



ABRA

Proposta para ocupação do Teatro Cacilda Becker 2013.
Apresentação do livro ABRA # 1 (auto - referencial).
Pesquisa e criativo Workshop ABRA: Rio ABRA é um projeto de Belbussi Adriana Figueroa e Aurora Riet propôs a criação de uma trilogia de dança contemporânea a partir da observação cuasietnográfica,um olhar sensível e metódico, descritiva e atenta às formasusa gestos e do corpo de indivíduos de diferentes situações.O projeto total está colocada hoje a criação de três obras diferentes transfigurados três investigações sobre a relação corpo-gestual diferentes áreas: ABRA # 1 do autobiográfico (a ser lançado no final de 2012);"Mais de uma centena de abraços" do trabalho de campo com mais de 200 pessoas em Montevidéu (concedido pelo Ministério da Educação e Cultura - Fundos de subvenção2012), e ABRA: RIO (apresentado ao IBERESCENA em colaboração com o Big Companhia de Mistérios e Nova), a ser realizada em fevereiro de 2013, com base em experimentar na cidade do Rio de Janeiro durante o Carnaval. Ele se baseia no projeto ABRA (trilogia) a idéia de "apagamento do corpo, E usa simbolização particulares que se traduz distanciamento, evitar o contato físico ou regras. " (Antropologia e corpo ModernidadeDavid Le Breton, p.122).

"Todas as formas de interação social do estabelecimento de uma definição mutuamente aceita. A situação é implicitamente limitada por uma margem de posturas, gestos, faciais, a uma distância precisa separa parceiros que sabem intuitivamente (uma intuição que é o resultado de uma educação fez carne) que todos podem pagar a partir do ponto de vista físico e que pode ser dito sobre as manifestações corporais próprios sem medos "(ibid., p. 126).

Entendemos o corpo como um território de cultura, a cultura como "informações transmitidas pela aprendizagem social entre os animais da mesma espécie "(Jesus Mosterín), e que incorpora uma rede de expectativas comuns que as condições troca e interação física entre sujeitos sociais. Isto dá a seus gestos,expressões faciais, posturas, sentimentos e expressões do grupo consistência, dependendo experiência somática compartilhada.
Apresentação do livro ABRA # 1 (auto - referencial)ABRA # 1 (auto - referencial)
Começamos este trabalho em março de 2012 como a necessidade de colocar os nossos corpos em ação em conjunto para trabalhar em uma fase de auto-referencial, a pesquisa de nossa experiência pessoal, de nossas biografias e de nossos corpos e suasborramientos.A partir das idéias de "corpo excluído" e "interação condicional" de trabalho na nossa experiência do corpo social, reconhecendo as diferentes formas, explícitas e implícita, de nosso corpo e dicionário resignificándo as para a cena,transfigurando para criar um trabalho que pode contribuir para um olhar pensativo nas relações humanas, apelando a "empatia cinestésica", como uma forma de identificação espectador com o observado.

. Detalhes da obra

Elenco:

Adriana Figueroa Belbussi Aurora Riet50 minutos aproximados. Pesquisa e criativo Workshop ABRA: RIO

Refletindo a fase de auto-referencial no qual estamos investigando de nossa experiência pessoal, estamos criando uma necessidade e curiosidade para expandir o projeto eincluir o trabalho no campo de outras entidades e biografias.
A cidade do Rio de Janeiro,como a "cidade maravilhosa" e "Mais grande do mundo", estamos diante de um grande citadina contraste com a nossa experiência cotidiana, colocando a nossa idéia de corpo jogos sociais, alterando nossas experiências particulares de limites e espaços. Propomo-nos a fazer esta oficina como um "trabalho de campo" para mergulhar no Rio de Janeiro e todos os dias de vida diferentes formas de ser e de viver na cidade grande.

O "apagar corpo" como a estrela de uma nova interação, com novos códigos a efervescência, os excessos, a agressividade, o corpo a corpo são alguns dos temas que nos interessam.Vamos trabalhar com o corpo e o olhar atento para a corporeidade da cidade e seus habitantes, gerando material etnográfico a partir de experiências cotidianas na cidade e do trabalho corporal e conceitual sobre a Transfiguração Scenic mesmo. Permear procuram processo, e transfigurar essas experiências no sentido de encontrar uma linguagem e falar fisicalidade de ser e de viver na cidade do Rio de Janeiro.

Neste workshop vamos trabalhar expondo a formação de grupos para a experiência e observação(Experiência de observação), como atores e observadores. Nós encaramos o workshopcomo uma instância onde as coisas previsíveis e imprevisíveis acontecem, perceptívele imperceptível. Deixe-nos uma oportunidade valiosa para permear através da cidade, para gerar um material no qual podemos ver (nós mesmos) para pessoas diferentes, com a suas maneiras de se mover, de pensar, de agir, histórias / biografias experimentando corpo como protagonista na comunicação de emoções e conectado com os sentido s de ser.

Metodologia Taller de 9 horas, a ser realizada em três dias (4 horas por dia), com um fechamento aberto ao público.

.
Datas 21 a 24 de fevereiro de 2013.
As oficinas de investigação e criação do Proyecto ABRA!

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do link: http://tinyurl.com/ayhd8xq




Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs