Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

26 de nov de 2014

Nova peça de Emanuel Aragão retrata as angústias de uma mãe no Espaço Sesc Com direção de Miwa Yanagizawa, “Plano sobre queda” estreia no dia 28/11

Fotografia: Bruno Melo
Um dos maiores medos dos pais – a morte – é o mote da peça “Plano sobre queda” que estreia no dia 28 de novembro, no Espaço Sesc. Com texto de Emanuel Aragão e direção de Miwa Yanagizawa, o espetáculo conta a história de uma mãe que acaba de descobrir que vai morrer e busca uma pessoa para cuidar de suas filhas. No elenco estão Breno Nina, Camila Márdila e Liliane Rovaris.

Cléo (Liliane Rovaris) e Antonio (Breno Nina) são pais de duas garotinhas. A mãe descobre que tem uma doença incurável e poucos meses lhe restam. Na tentativa de amenizar os danos de sua ausência, ela resolve propor ao marido e a uma amiga, Isabela (Camila Márdila), que faz parte do dia-a-dia da família, que esta a substitua como mãe e esposa.

Explorando a complexidade das relações amorosas, a peça retrata tentativas de reconstituição da vida desses três personagens que procuram dar conta de sua própria história. Entre prólogos, narrativas e cenas que buscam entender os pontos nevrálgicos e determinantes no percurso de cada um, os encontros se confundem em tempo e espaço, fogem ao suposto controle da situação, gerando um campo de tensões entre o confiável e o duvidoso.

Com uma dramaturgia que entrelaça diferentes lugares de fala, a variedade de pontos de vista própria ao espaço arena, onde se passa a peça, é incorporada à estrutura narrativa, de modo a colocar o espectador, atores e personagens em um ambiente compartilhado de descobertas e diálogo.

Emanuel Aragão, já reconhecido em trabalhos como “Eu, o Romeu e a Julieta” e “Meu avesso é mais visível que um poste” por sua escrita limítrofe, questionadora das relações entre texto e linguagem teatrais, elabora uma dramaturgia voltada ao problema do sujeito – seja nos âmbitos do ator, espectador ou personagem - que tenta se localizar em sua própria narrativa. Em parceria com Miwa Yanagizawa, diretora dos premiados espetáculos “Breu” e “Nada”, e com as atrizes idealizadoras do projeto, Liliane Rovaris e Camila Márdila, a encenação de “Plano sobre queda” propõe uma dissecação dos afetos.

Miwa Yanagizawa - direção

Diretora de teatro e atriz, investiga há anos as possibilidades singulares para a cena contemporânea. Dirigiu com Maria Silvia Siqueira Campos, “Breu”, de Pedro Brício, e com Adriano e Fernando Guimarães, “Nada: uma peça para Manoel de Barros”, de Emanuel Aragão. Os espetáculos receberam o prêmio Questão de Crítica de Melhor Espetáculo e de Melhor Elenco, respectivamente. Atualmente é atriz de “Trágica.3”, espetáculo de Guilherme Leme. Integra, há 17 anos, o grupo carioca ciateatroautônomo, de Jefferson Miranda.

Breno Nina - ator

Ator revelação do Festival de Cinema do Rio de Janeiro em 2014 pelo filme “O Último Cine Drive-in”, de Iberê Carvalho, estreou na televisão em 2012, na novela “Cheias de Charme”, de Felipe Miguez e Izabel de Oliveira, com direção de Denise Saraceni, na Rede Globo. Também assina o roteiro e direção do curta “A menor distância entre dois pontos”, premiado como Melhor Curta da Mostra Brasília Digital, no 43º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, e Melhor Roteiro, no 9º Curta Santos.

Camila Márdila - atriz

Integra o premiado elenco de “Nada: uma peça para Manoel de Barros”, dirigido por Adriano e Fernando Guimarães e Miwa Yanagizawa. Realizou o intercâmbio Itaú Rumos Teatro 2011 com a ciateatroautônomo, de Jefferson Miranda. No cinema, fez preparação de elenco para curtas-metragens e atuou nos longas “Que horas ela volta?”, da diretora Anna Muylaert , “O outro lado do paraíso”, de André Ristum e “Magia do mundo quebrado”, de José Eduardo Belmonte.

Liliane Rovaris - atriz

Formada pelo CPT, ministrado por Antunes Filho, e pela CAL/RJ. Integrante da Cia das Intutilezas desde 2010, trabalhou como atriz nos espetáculos “Nao- temnemnome”, “Meu avesso é mais visível que um poste” e em “Ficções”, com direção e dramaturgia de Emanuel Aragão. Atuou no espetáculo "Nada”, dirigido por Adriano e Fernando Guimarães e Miwa Yanagizawa, premiado como Melhor Elenco pelo Prêmio Questão de Crítica 2012. Fez a assistência de direção em “BREU”, de Pedro Brício. Atuou em “Fragmentos Troianos”, de Antunes Filho, “Sem título”, de Roberto Alvim e “Graal, Retrato de Fausto quando jovem”, de Gerald Thomas.

Ficha técnica

Texto: Emanuel Aragão

Direção: Miwa Yanagizawa

Elenco: Breno Nina, Camila Márdila e Liliane Rovaris

Assistência de direção: Catarina Dall'orto

Cenário: Miwa Yanagizawa

Iluminação: Vitor Emanuel

Figurino: Liliane Rovaris e Camila Márdila

Programação Visual: Cauê Novaes

Fotografia: Bruno Mello

Produção: Camila Márdila e Liliane Rovaris

Serviço

Peça “Plano sobre queda”

Espaço Sesc (Arena): Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana. Tel.: 2547-0156.

Temporada: 28/11 a 21/12/2104

Quinta a sábado, 20h30. Domingo, 19h.

Ingressos: R$ 5 (associados Sesc), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20 (inteira)

Bilheteria: terça a domingo, 15h às 21h.

Duração: 120 minutos

Classificação etária: 14 anos

Gênero: Drama

Capacidade: 242 lugares

Divulgação Cultural - Agenda Cultural RJ Divulgação - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas - Gabriele Nery (21)99676-9323
agendaculturalrj@gmail.com

INSTAGRAM AGENDA CULTURAL RJ

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs