Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

24 de mai de 2017

Cena Brasil Internacional chega à sua sexta edição no Centro Cultural Banco do Brasil De 31 de maio a 11 de junho, festival apresenta atrações, do Brasil, Alemanha, Itália e Japão, além de workshops e palestras


Cena Brasil Internacional chega à sua sexta 
edição no Centro Cultural Banco do Brasil
De 31 de maio a 11 de junho, festival apresenta atrações, 
do Brasil, Alemanha, Itália e Japão, além de workshops e palestras


O festival Cena Brasil Internacional tem sua sexta edição programada para o período de 31 de maio a 11 de junho, no Centro Cultural Banco do Brasil e na Praça dos Correios, no Rio de Janeiro. Com espetáculos de teatro e dança, a mostra apresenta dez atrações no total, sendo de quatro companhias brasileiras e quatro estrangeiras, de três países: Alemanha, Itália e Japão. Com peças a preços populares (R$ 20 e R$ 10) e gratuitas, a programação internacional conta com legendas eletrônicas em português. O Cena Brasil também ocupa a área externa do CCBB (entrada lateral), em um espaço de convivência com food trucks, mesas e cadeiras. O Banco do Brasil é o patrocinador do Cena Brasil Internacional. 



Idealizador e diretor do Cena Brasil, o produtor Sérgio Saboya assina a curadoria em parceria com o jornalista, diretor e dramaturgo Luiz Felipe Reis. “Vamos fazer uma homenagem aos 70 anos do bailarino e coreógrafo japonês Tadashi Endo e sua estreita relação com o Brasil. Serão três espetáculos dele, sendo um inédito no país e outro no Rio”, conta Saboya, que reforça o compromisso do Cena Brasil em promover o intercâmbio entre artistas brasileiros e estrangeiros desde a sua primeira edição. “Os grupos têm oportunidade de compartilhar seus processos criativos e artísticos durante todo o festival”, lembra o idealizador.

"Em 2012, percebemos a ausência de um festival internacional de artes cênicas no calendário cultural carioca e, a fim de preencher essa lacuna, selecionamos o projeto Cena Brasil Internacional. É com satisfação que vimos o projeto tomar forma, conquistar o público, com o diferencial de promover o intercâmbio entre companhias de teatro nacionais e estrangeiras, por meio de residências, oficinas e ocupações de espaços alternativos”, diz Fábio Cunha, Gerente Geral do CCBB.


“O festival, em 2017, dá especial atenção ao trabalho autoral de artistas com longas e sólidas trajetórias, como o Tadashi Endo, que celebra 70 anos de vida com uma mostra de três solos reveladores de diferentes etapas de sua trajetória artística”, diz o curador Luiz Felipe Reis. “Dentro desse recorte, o festival destaca o trabalho realizado por diferentes artistas mulheres, como as italianas Claudia Castellucci e Lucia Calamaro, da alemã Sibylle Berg, além das brasileiras Debora Lamm e Veronica Debom. Essas atrações internacionais são nomes bastante reconhecidos em seus países, por seus trabalhos contínuos de pesquisa, e construíram um corpo de trabalho que merece ser conhecido e assistido pelo público brasileiro. São escolhas que fortalecem a representatividade das mulheres em festivais, assim como buscam apresentar suas contundentes perspectivas estéticas e éticas, ou seja: o modo como expandem as possibilidades do fazer teatral e a forma aguda como refletem criticamente sobre a vida da mulher no contemporâneo e sobre as ações e reflexões de uma nova geração de mulheres feministas”, conta Luiz Felipe Reis.



A PROGRAMAÇÃO



ESPETÁCULOS ESTRANGEIROS 



O Cena Brasil Internacional programou quatro atrações internacionais, com espetáculos inéditos no Brasil (Maboroshi, Verso La Specie e La Vita Ferma: Sguardi sul Dolore del Ricordo) e inéditos no Rio (Fukushima Mon Amour, MA e The So-Called Outside Means Nothing to Me).



SAIBA MAIS


ESPETÁCULOS BRASILEIROS

O Cena Brasil Internacional selecionou quatro atrações, sendo duas estreias nacionais (O Abacaxi e Mortos-Vivos: Processo para uma Ex-Conferência), uma estreia no Rio (Real) e um processo (Em Criação: Trajetória Sexual).

Mortos-Vivos: Processo para uma Ex-Conferência é a nova criação do grupo Foguetes Maravilha. A peça, que faz sua estreia no festival, parte de uma premissa fantástica: e se realmente acontecer um apocalipse zumbi e os cadáveres voltarem a vida? Como combater hordas de mortos-vivos insaciáveis que invadem as casas e despedaçam as pessoas? Como discutir ética com um ser inarticulado? Não há mais governo, sinais de trânsito, produtos de supermercado, etiqueta social ou amenidades. Escrita por Alex Cassal e dirigida por Renato Linhares, Mortos-Vivos traz no elenco Felipe Rocha, Lucas Canavarro e Stella Rabello, além do próprio diretor. Em cena, quatro especialistas analisam a crise que os rodeia em busca de estratégias de sobrevivência, enquanto discutem temas como xenofobia, tortura – além de quais são as armas mais efetivas para destruir um morto-vivo.


SAIBA MAIS



PROGRAMAÇÃO CENA BRASIL INTERNACIONAL 2017


SERVIÇO

Data: de 31 de maio a 11 de junho de 2017

Locais:
Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro).
Informações: (21) 3808-2020.

Ingressos para os espetáculos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 Entrada franca para o processo artístico Em Criação: Trajetória Sexual
(Distribuição de senhas meia hora antes da sessão, na bilheteria do CCBB).

Praça dos Correios (R. Visconde de Itaboraí, 20 – Centro).
Entrada franca (Distribuição de senhas meia hora antes da sessão, na bilheteria do CCBB).

Venda de ingressos: De quarta a segunda, das 9h às 21h, na bilheteria do CCBB

Site oficial do festival: www.cenabrasilinternacional.com.br

As apresentações estrangeiras têm legendas eletrônicas em português





Agenda Cultural RJ
Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - Produção e Promoções de Eventos Culturais agendaculturalrj@gmail.com 

#agendaculturalrj 




  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs