Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

6 de ago de 2017

Teatro Inominável estreia a peça “Poderosa Vida não Orgânica que Escapa”, sobre um edifício no centro de uma grande cidade que resolve desabar Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) apresenta a temporada de estreia que vai de 04 de agosto a 24 de setembro de 2017




Teatro Inominável estreia a peça “poderosa vida não 
orgânica que escapa”, sobre um edifício no centro de 
uma grande cidade que resolve desabar 
Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) apresenta a temporada de estreia 
que vai de 04 de agosto a 24 de setembro de 2017 


Com oito anos de existência e trabalho continuado no Rio de Janeiro, a companhia 
carioca Teatro Inominável, com direção artística e de produção de Diogo Liberano,
apresenta a temporada de estreia de sua sétima criação, o espetáculo poderosa vida
não orgânica que escapa, com dramaturgia de Liberano e direção de Thaís Barros.








Durante oito semanas, de 04 de agosto a 24 de setembro de 2017, sempre de sexta a domingo às 19h, o Centro Cultural Justiça Federal recebe em seu palco esta nova criação que buscou na linguagem das histórias em quadrinho o seu estopim criativo. 
O espetáculo estreou em novembro de 2016 integrando a XVI Mostra de Teatro da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e concluindo a formação da diretora Thaís Barros em Artes Cê- 
nicas: Direção Teatral – Foto de Thaís Grechi. 


Criada pelo renomado quadrinista americano Will Eisner, a graphic novel “O Edifício” (1987) inspirou a criação do Inominável ao apresentar a vida melancólica e solitária de 
pessoas que frequentavam um mesmo edifício numa grande cidade. A partir dessa referência, poderosa vida não orgânica que escapa apresenta um pequeno e velho edifício de três andares no centro de uma grande cidade. É “ele” o protagonista da 
 história apresentada, “aquele” que vê, sente e ouve tudo o que acontece em seus interiores e também em seu exterior. É a partir dessa “sensibilidade” do edifício que, num dia, ele vem ao chão, decidindo desabar e levando consigo seus três moradores. 
Criada originalmente por Diogo Liberano, indicado aos prêmios Cesgranrio e Shell em 2015 pela dramaturgia da performance “O Narrador” (criação anterior do Teatro Inominável), a dramaturgia de poderosa vida não orgânica que escapa busca ressaltar 
outros tipos de vida que não apenas a humana. Para isso, aposta no ponto de vista de um pequeno edifício que, num dado momento, se revela perplexo frente aos vícios e fraquezas do ser humano. A iluminação de Diogo Liberano e Thaís Barros, essencialmente feita através do uso de lanter- nas, amplia pequenos objetos que, através da sombra, ganham uma dimensão maior – Foto de Thaís Grechi. 




 Ações complementares à temporada da peça 
Nada brilha sem o sentido da participação
Ação artística literária-dançada a partir do poema
"Conversa com a Pedra" de Wislawa Szymborska
Criação e performance: Gunnar Borges
De 05 de agosto a 23 de setembro de 2017
Sábados às 18h30 no hall de entrada do CCJF
Duração: 15 minutos | Entrada Gratuita
Quanto vale 1 corpo?
Performance criada a partir do espetáculo "Concreto Armado" do Inominável, traz à
tona restos, ruínas e ruídos desta criação da companhia que insiste em se manter viva
Criação e performance: Laura Nielsen
De 06 a 27 de agosto de 2017
Domingos às 18h30 no hall de entrada do teatro do CCJF
Duração: 15 minutos | Entrada Gratuita


Agenda Cultural RJ - Divulgação Cultural - Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. Divulgação de Mídia Online. Gabriele Nery - agendaculturalrj@gmail.com #agendaculturalrj

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs