Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

16 de nov de 2015

Orquestra Contemporânea de Olinda se apresenta nos SESCs Ginástico, São Gonçalo e Madureira dias 17, 19 e 21 de novembro

Big band pernambucana toca músicas do seu novo disco, o “Bomfim”, e os sucessos dos dois primeiros álbuns. Apresentações no estado do Rio de Janeiro acontecem nos dias 17, 19 e 21 de novembro

A Orquestra Contemporânea de Olinda (OCO) volta ao estado do Rio de Janeiro levando sua música dançante, envolvente e cosmopolita. A big band pernambucana faz shows nas unidades dos SESCs Ginástico, São Gonçalo e Madureira nos próximos dias 17, 19 e 21 de novembro respectivamente. As apresentações fazem parte da programação do projeto ÍMÓ – O Despertar da Consciência, conceito criado pelo Sesc Rio de Janeiro para celebrar o mês da Consciência Negra. Além da OCO, o evento no SESC Madureira vai contar com show da Afrojazz Brasil. Os valores dos ingressos variam entre gratuitos e R$ 16. 

Nos três shows, a OCO apresentará músicas do seu novo disco, o “Bomfim”, e os sucessos dos dois primeiros álbuns, intitulados “Pra Ficar” e “Orquestra Contemporânea de Olinda”. As novíssimas “Pode Ir”, “No Caldo” e “Amara Preta” integram o repertório junto com as já conhecidas “Boneco Gigante”, “Sereia” e “De Leve”. Além disso, o set list ganha ainda mais peso com a versão gravada pela OCO de “Caxangá”, que integra a coletânea “Mil Tom” em homenagem ao cantor e compositor Milton Nascimento. 

E após oito anos de estrada, a Orquestra Contemporânea de Olinda nunca se sentiu tão ela, tão segura do seu lugar e da força da música que faz e carrega. E o resultado disso é o “Bomfim”. Esse disco poderia chamar-se Guadalupe, Cariri, Bonsucesso, Maruim...Toda Olinda lá de baixo, às margens do sítio histórico, descreveria bem a essência do terceiro álbum de carreira da OCO. Neste trabalho, a banda, que desde 2008 trilha um caminho crescente no cenário da música brasileira, volta confortável para casa. O bom fim de um ciclo criativo para um recomeço, com tudo de melhor que a palavra traz. 

Misturando tradições e influências, Gilú Amaral (percussão), Rapha B (bateria), Hugo Gila (baixo), Juliano Holanda (guitarra), Tiné e Maciel Salú (vocais), e ainda um dos mais expressivos saxofonistas do país, o Maestro Ivan do Espírito Santo, unem-se a um trio de metais (trompete, trombone e tuba) vindo do Grêmio Musical Henrique Dias, primeira escola profissionalizante de frevo de Olinda. “Bomfim” é 100% autoral, gravado no Fábrica Estúdios (PE). “Bomfim” traz 11 faixas com produção e direção musical assinadas por Juliano Holanda e Orquestra Contemporânea de Olinda. Para ouvir, basta fazer login no Deezer: http://goo.gl/eX7Hi6. 




ÍMÓ – Em tempo de abrir a mente, abandonar o preconceito e refletir, o Sesc no Rio de Janeiro criou um conceito denominado ÍMÓ, que estará presente em todas as atividades do mês da Consciência Negra. ÍMÓ é uma palavra de origem africana que significa: juízo, conhecimento, sabedoria. É através dela que o Sesc no Rio de Janeiro pretende provocar o debate e mobilizar a sociedade brasileira sobre o temas sociais. 

Serviços:

ÍMÓ – Orquestra Contemporânea de Olinda – Sesc Ginástico
Quando: 17.11.15 (terça-feira) | 19h
Local: Teatro Sesc Ginástico
Endereço: Avenida Graça Aranha, 187 - Centro, Rio de Janeiro – RJ
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 10 (inteira) | R$ 5 (estudantes e idosos) | R$ 3 (associados do Sesc)
Telefone: (21) 2279-4027

ÍMÓ – Orquestra Contemporânea de Olinda – Sesc Rio – Unidade São Gonçalo – Teatro
Quando: 19.11.15 (quinta-feira) | 20h
Local: Sesc Rio – Unidade São Gonçalo
Endereço: Avenida Presidente Kennedy, 755 – São Gonçalo – RJ
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 16 (inteira) | R$ 8 (estudantes e idosos)  R$ 4 (associados do Sesc)
Telefone: (21) 2712-2342

ÍMÓ – Orquestra Contemporânea de Olinda | Afrojazz Brasil – Sesc Rio – Unidade Madureira – Quadra
Quando: 21.11.15 (sábado) | 18h
Local: Sesc Rio – Unidade Madureira
Endereço: Rua Ewbank da Câmara, 90 – Madureira, Rio de Janeiro – RJ
Classificação: 12 anos
Entrada gratuita
Telefones: (21) 3350-7744

Saiba mais sobre a Orquestra Contemporânea de Olinda:

orquestraolinda.com.br

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram




Trajetória – Com o primeiro disco, intitulado “Orquestra Contemporânea de Olinda”, lançado em 2008 (Som Livre), a OCO conquistou indicações ao Prêmio da Música Brasileira (2009), Grammy latino (2010), teve o show considerado um dos melhores de 2009 pelo Jornal O Globo e ganhou meia página do The New York Times pela apresentação feita no Lincoln Center (NY), em 2010, na primeira turnê pelos EUA. Em 2012, a OCO lançou o elogiado disco “Pra ficar”, que teve como produtor musical o conceituado Arto Lindsay. 

No fim de 2013, a OCO apresentou showcase na WOMEX, maior feira de música do mundo, o que garantiu a 4ª turnê internacional do grupo. Em 2014, a OCO circulou por todas as regiões brasileiras. Apresentou-se em grandes festivais, como o Se Rasgum (PA) e o Psicodália (SC); levou o público para ferver em praças públicas, como na acolhedora Pirenópolis (GO) e em Brasília. Fez shows históricos em Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, São Paulo e Florianópolis. Encerrou a turnê do álbum “Pra Ficar” numa emocionante apresentação com lotação máxima no Teatro de Santa Isabel, no Recife. 

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs