Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

19 de mai de 2015

TEATRO RIVAL PETROBRAS APRESENTA BLUES ETÍLICOS A Banca do Blues, em parceria com o Teatro Rival Petrobras, apresenta mais uma grande atração: No show de lançamento do novo CD, comemorando 30 anos de carreira! Show de abertura: Bandanna Blues


O Blues Etílicos é a marca mais forte do blues nacional e a banda há mais tempo em atividade nesse segmento. Desde meados dos anos 80, a banda formada por Flávio Guimarães, Greg Wilson, Otávio Rocha, Pedro Strasser e Cláudio Bedran vem produzindo uma extensa obra autoral, além de gravar homenagens às suas principais influências, tendo lançado doze CDs e um DVD.

Em 2015, a banda comemora 30 anos de carreira com o lançamento do seu novo CD.

Gravado ao vivo no Teatro do Sesc Santo Amaro, em São Paulo, o álbum tem doze músicas, onze delas autorais e uma releitura de Freddie King, na música San Ho Zay. A banda resgata Safra 63, música de seu primeiro LP lançado em 1987. Canções autorais de diferentes álbuns como Tiro de Largada e Puro Malte se somam às inéditas Let it Rain e Solidão dos Bois.

Se o blues hoje no Brasil é um mercado consolidado com inúmeros festivais que recebem a cada ano atrações nacionais e internacionais, muito se deve ao Blues Etílicos. Em meados dos anos 80, era praticamente uma excentricidade se pensar em montar uma banda profissional de blues no país. Graças ao trabalho contínuo e consistente do grupo, toda uma geração de músicos e produtores de shows se interessou por esse estilo musical, formando um público fiel e numeroso.

Ainda assim, pode-se dizer que a música do Blues Etílicos não se limita a nenhum rótulo específico. A densidade do blues, a energia do rock e o balanço da música brasileira são os três elementos básicos que regem seu som. É música para ouvir, dançar, festejar e viajar. A guitarra slide de Otávio Rocha e a gaita de Flávio Guimarães remetem diretamente ao blues, seja pontuando ou através de solos eletrizantes. O baixo de Cláudio Bedran e a bateria de Pedro Strasser garantem o groove sólido com muito suingue. O vocalista e guitarrista Greg Wilson comanda com segurança e estilo próprio.

O Blues Etílicos tem o dom de agradar os mais diversos públicos. Esses 30 anos de estrada foram maturando cada vez mais essa que é a mais criativa e popular das bandas brasileiras nesse segmento.

“Tristeza e alegria, pecado e religiosidade e sobre tudo um clima de festa é o que me toma o blues. O Blues Etílicos tem o poder de injetar essa música em nossas veias. É uma degustação cheia de energia e prazer.”
PAULO MOURA

“Se o samba é o blues brasileiro, o blues é o rock verdadeiro. Conheci o Blues Etílicos há 25 anos atrás,
já blues e já etílicos. The rock isrolling.”
PAULINHO MOSKA

Etílicos e Buddy Guy, a noite pega fogo em Ribeirão. Quinteto carioca e o norte-americano Buddy Guy abriram em grande estilo e animação o Festival de Ribeirão Preto. Com seu suingue entre a tradição bluesística e o funkrock, o Blues Etílicos contagiou de imediato as cerca de 3.500 pessoas que dançaram, aparentemente até mais animadas que na apresentação de Buddy Guy.”
LAURO LISBOA GARCIA – ESTADO DE SÃO PAULO

“Sempre fiel ao gênero, este disco confirma o Blues Etílicos como o melhor grupo de blues do Brasil.”
ANTONIO CARLOS MIGUEL

Na abertura teremos a Bandanna Blues!

Formada nas lendárias jamssessions da Banca do Blues tem como integrantes músicos experientes da cena carioca.
Anna Carla Fernandes (vocal), Eduardo Mizutani (teclado), Mauricio “Codfish” Fernandes (guitarra), Leandro Souto Maior (baixo) e Claudio Guerrero (bateria).

A banda busca um diferencial musical através de influência Rockabilly e Rock no repertório Blues.

Freddie King, BB King, Eric Clapton, Imelda May, StrayCats, Debbie Davies e Susan Tedeschi fazem parte do repertório da banda.

Info:

www.bluesetilicos.com.br

www.bandannablues.com



Serviço: 
Blues Etílicos no show de lançamento do novo cd, comemorando 30 anos de carreira

Show de abertura: Bandanna Blues

Teatro Rival Petrobras
Dia 21 de maio, quinta-feira, às 19h30
Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia - Tel.:2240-4469

Preço:
Setor A / Mezanino:

R$ 70 (Inteira)
R$ 35 (Meia-entrada)

Setor B:

R$ 60 (Inteira)
R$ 40 (Promoção para os 100 primeiros pagantes)
R$ 30 (Meia-entrada)

Classificação: 16 anos

Capacidade: 458 lugares
Agenda Cultural do Rio de Janeiro 
Divulgação Cultural Colagem de Cartazes e Distribuição de Filipetas. 
(21)99676-9323 (whats app) 

agendaculturalrj@gmail.com 

Blog - 

http://agendaculturalriodejaneiro.blogspot.com/ 

Facebook - Página

https://www.facebook.com/pages/Agenda-Cultural-RJ/233883796670052?ref=hl 



Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs