Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

14 de ago de 2015

Monólogo infantil, "O Edredom", de Tauã Delmiro, foi prorrogado até o dia 16 de agosto no Castelinho do Flamengo Adaptação do conto homônimo problematiza a sexualidade e identidade que extravasam a definição homem e mulher.



Estreou dia 18 de julho no Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho, Castelinho do Flamengo, o monólogo infantil, “O Edredom”. Com sessões gratuitas, a montagem estrelada por Tauã Delmiro fica em cartaz aos sábados e domingos, sempre às 11h, até o dia 16 de agosto.

Adaptada do conto homônimo, de Tauã Delmiro, a peça tem como personagem uma criança  cansada de não saber se é menina ou moleque, tornando acessível a discussão da temática da sexualidade para todos os públicos.

Junto com sua equipe criativa, Tauã iniciou a adaptação do conto em dramaturgia cênica, experimentando a estética a ser desenvolvida no espetáculo com a construção de uma cena curta (Esquete), a qual foi vencedora do “VII Festival Niterói em Cena”, na mostra infanto-juvenil, nas categorias “Melhor texto” e “Melhor ator”. Venceu também o “III Festival Ziembinski de Esquetes” nas categorias “Melhor cena pelo Júri Popular”, “Melhor texto” e “2º Melhor cena do festival” (Mesmo não estando inserida numa categoria voltada para o público infanto-juvenil). Também foi vencedor na categoria "Ator", no Festival de Esquetes de Fortaleza. A esquete em menos de um ano fora indicada em 11 categorias. A cena também participou de diversas mostras não competitivas, sempre com excelente recepção da crítica e do público.

Sobre a temática da sexualidade para crianças

O trabalho do coletivo, assim como o espetáculo, acredita que produções teatrais que trabalhem temas tabus, tornam-se essenciais para a reflexão das relações sociais e também para diluir tensões pré-formatadas no meio ao qual essas crianças estão inseridas.

Levar a criança à reflexão é também garantir seus direitos enquanto cidadão e com isso atuar no engajamento desta na luta contra o preconceito, a discriminação e as diversas formas de opressão. – Tauã Delmiro

“O Ederedom” dentre muitas questões, busca problematizar a questão da sexualidade, do sexo e do gênero, tomando como princípio de sua pesquisa, temas fundamentais contemporâneos, como a identidade e formas de se posicionar no mundo.

SINOPSE
Uma criança apaixonada pelo fundo do mar, cansada de não saber se é menina ou moleque, decide virar peixe. Após perceber que seu desejo não se tornará realidade, decide se abrigar embaixo de um edredom.

SERVIÇO:
“O Edredom”
Estreia: 18 de julho
Horário: 11h - Sábados e Domingos
Local: Castelinho Do Flamengo - Centro Cultural Oduvaldo Vianna Filho
Endereço: Rua Dois de Dezembro - Praia do Flamengo – 158 – Telefone - (21) 2205-0655
Entrada Franca - Distribuição de senhas 30 min antes do início do espetáculo
Lotação: 20 lugares
Temporada: Até 16 de Agosto
Duração: 40 min.
Classificação: Livre – Indicado para crianças a partir de 2 anos
Gênero: Infantil

FICHA TÉCNICA:
Dramaturgia: Tauã Delmiro
Elenco: Tauã Delmiro
Direção: Manuela Hashimoto
Direção de produção: Rodrigo Rosado
Realização: Coletivo Macacos Alados
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias
Apoio: 
Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais!
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs