Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

27 de ago de 2015

Visita Guiada pelo Centro Histórico do Rio de Janeiro - Ministrada pelo pesquisador e fotógrafo Luiz Eugênio Teixeira Leite, dia 5 de setembro! Vagas limitadas!


No dia 5 de setembro próximo – um sábado, como sempre – Luiz Eugênio fará mais uma visita guiada pelo Centro do Rio, desta vez batizada De Tiradentes a Tiradentes - uma linha quase reta partindo da Praça Tiradentes em direção ao Palácio Tiradentes, passando pelo Real Gabinete Português de Leitura, o Largo de São Francisco, o Convento de Santo Antonio, o Largo da Carioca e muito mais.

Na visita, cada participante recebe:
- roteiro personalizado em formato A3;
- crachá;
- cartão postal do projeto;
- imã de geladeira do projeto;
- marca-página do projeto;
- duas barrinhas de cereal;

e ainda concorre ao sorteio de um exemplar autografado do meu livro, O RIO QUE O RIO NÃO VÊ.

A visita começa às 10h e vai até as 14h, mais ou menos.

O investimento é de R$ 40,00 (quarenta reais) e há 30 vagas disponíveis. Para se inscrever envie um e-mail para leugenio@centroin.com.br 
Ele passará as informações da conta para depósito. Entre em contato até as 17h de 4 de setembro, sexta-feira. A confirmação de participação será feita por e-mail.

LUIZ EUGENIO TEIXEIRA LEITE é carioca, designer gráfico, fotógrafo e ilustrador.
Como designer gráfico, já desenvolveu projetos de identidade visual para clientes como
Petrobras, Caixa Econômica Federal, Correios, Furnas, Firjan, Amerada Hess Petróleo,
Pinacoteca do Estado de São Paulo, Arquidiocese do Rio de Janeiro e outros.
Fotografa profissionalmente desde 1983, tendo se especializado em fotografia de
natureza e arte. Dentre as distinções alcançadas, destacam-se os prêmios máximos no
CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA ZOOLÓGICA e no Concurso de Fotografia
Submarina Revista Náutica/Editora Abril. Já realizou diversas exposições fotográficas em
todo o território nacional.
Suas imagens profissionais são comercializadas através da agência Istockphoto
( ).
Na fotografia de arte, possui trabalhos reproduzidos em catálogos de exposições,
revistas, livros e sites. Dentre estes, destaca-se o Dicionário Crítico da Pintura no Brasil,
da Artlivre, publicado em 1988.
De 2002 a 2010 foi curador do acervo e coordenador das galerias da CAIXA Cultural Rio de
Janeiro, onde foram apresentadas, sob sua coordenação, 150 exposições. Concebeu e
coordenou a realização da exposição DI CAVALCANTI, UM PERFEITO CARIOCA, evento
que inaugurou a nova unidade da CAIXA Cultural no Rio de Janeiro, em junho de 2006.
Nesse período realizou inúmeras curadorias, projetos gráficos e expográficos para
exposições.
Dentre as diversas curadorias, destacam-se as das exposições TESOUROS DA CAIXA, em
2003, uma seleção de obras de pintores nacionais, entre os quais Portinari, Di Cavalcanti,
Pancetti, Guignard e muitos outros, e O Ouro do Mar, última exposição individual do
pintor e gravador Newton Cavalcanti. Em nome da CAIXA produziu diversos textos de
abertura para catálogos de exposições, dentre os quais destacam-se Di Cavalcanti, um
Perfeito Carioca, e Guayasamin, uma America Pintada, ambos em 2006.
De sua produção editorial destaca-se o livro O RIO QUE O RIO NÂO VÊ - Os Símbolos e
seus Significados na Arquitetura Civil do Centro da Cidade do Rio de Janeiro, lançado em
abril de 2012 pela Aori Produção Cultural, patrocinado pelo BNDES, e que em pouco mais
de um ano já alcançou as seguintes distinções: finalista nacional do Prêmio Rodrigo Melo
Franco de Andrade 2013, promovido pelo IPHAN, e do Prêmio Sergio Milliet 2013, da
Associação Brasileira de Críticos de Arte, que premiam a melhor pesquisa realizada no
ano anterior. Trata-se de um profundo estudo iconológico acerca dos ornamentos
simbólicos presentes nas fachadas dos edifícios públicos e privados do Centro do Rio de
Janeiro.
Da pesquisa resultaram o blog , lançado em outubro de
2012, e as visitas guiadas pela cidade, iniciadas em março de 2013 e atualmente em sua
décima-primeira edição, além da exposição O RIO QUE O RIO NÃO VÊ, no Centro Cultural
Correios, que atraiu 20000 visitantes de janeiro a março de 2014.
Atualmente prepara o livro SÃO PAULO QUE SÃO PAULO NÃO VÊ - Os Símbolos e seus
Significados na Arquitetura Civil da Cidade de São Paulo, já aprovado na Lei Rouanet. Está
marcada para janeiro de 2014 uma exposição sobre sua obra no Centro Cultural Correios.
Fala Inglês e Francês, fluentemente, e espanhol e italiano, regularmente.

É pai de três filhos: a Malu, o João e a Dani.



Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 
 agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs