Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

28 de out de 2015

MIAN abre exposição: Brasil Naif, uma viagem na alma brasileira - Uma boa notícia para os apreciadores das artes plásticas. Até dia 29/10 o Museu Internacional de Arte Naif (MIAN) apresenta a exposição Brasil Naif.

Uma Viagem Na Alma Brasileira, que traz de São Paulo 60 telas dos 50 artistas mais representativos da arte naif brasileira, tais como: José Antônio da Silva, Sílvia Charleo, Chico da Silva, José de Freitas, Rosina Becker do Valle e Iaponi Araújo. As obras fazem parte do acervo da galeria paulista Jacques Ardies e, pela primeira vez, são expostas no Rio de Janeiro, no MIAN.

A exposição é uma iniciativa de Jacques Ardies, franco-belga radicado no Brasil há 40 anos, proprietário da galeria que leva seu nome, e que há 35 vem se dedicando à arte naif. “O objetivo é dar aos cariocas a oportunidade de conhecer a arte e os artistas deste movimento das artes plásticas tão peculiar”, explica Ardies. Na abertura da mostra, ele lança seu novo livro Arte Naif no Brasil II.

Mundo melhor
Para Ardies, a importância destas obras ultrapassa as artes plásticas. “Estes artistas nos convidam para uma viagem pela sua alma. Cada um, imbuído de sua missão estética, traz a esperança de uma convivência mais harmoniosa de raças e crenças, convencidos de que sua arte está a serviço de um mundo melhor”, explica o galerista.

Segundo Jacqueline Finkelstein, diretora do MIAN, “é uma honra receber esta exposição. O MIAN acredita que, ao realizar esta exposição, estará somando forças na divulgação e valorização da arte naif brasileira”.

Exposição e história da arte Naif

A exposição segue a ordem cronológica do desenvolvimento da arte naif no Brasil. Inicia nos anos 1940, quando os primeiros artistas, como Silvia Chalreo e Chico da Silva, são acolhidos em salões oficiais. No começo dos anos 1960, descobre-se um grupo que desperta atenção pela excepcional capacidade de se expressar de forma diferenciada. “Destacam-se as obras de Elisa Martins da Silveira, José de Freitas, Rosina Becker do Valle e Ivonaldo Veloso de Melo, entre muitos outros”, diz Ardies.

O grupo dos artistas da atualidade é composto por 27 nomes. “Alguns são cariocas como Helena Coelho e Bebeth, outros são de São Paulo, como Rodolpho Tamanini Netto e Cristiano Sidoti, mineiros como Isabel de Jesus, Lucia Buccini e Maria Guadalupe”, acrescenta, o curador da mostra. “Do Sul, temos a gaúcha Mara Toledo e os catarinenses Doval e Sônia Furtado. Já a Bahia é representada pelo casal Waldomiro de Deus e Lourdes de Deus e pelo jovem Raimundo Bida”. Ardies lembra ainda a presença de duas artistas de origem polonesa, mas que se transformaram em brasileiras: Barbara Rochltiz e Magdalena Zawadzka.

Foto: Elisa Martis da Silveira  - A Banda

Serviço:
Arte Naif, Uma Viagem Na Alma Brasileira
Abertura: 29/10/2015, quinta feira, às 18h.
Até 24/01/2016.
Local: MIAN (Museu Internacional de Arte Naif)
Endereço: Rua Cosme Velho, 561, Cosme Velho - RJ
Horário: terça a sexta, das 10h às 18h; sábados e domingos, das 10h às 17h
Valor: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia entrada - estudantes com carteira, idosos, menores de 18 anos, portadores de necessidades especiais); gratuidade para menores de 5 e maiores de 80 anos.
Classificação: livre

Apoio: Agenda Cultural RJ 
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs