Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

16 de out de 2015

“Olho nu” reúne a linguagem plástica de dez artistas que observam o corpo humano. Com curadoria de Gianguido Bonfanti, a exposição “Olho Nu” abre dia 17 de outubro, às 18 horas, na Galeria Modernistas em Santa Teresa


Com curadoria de Gianguido Bonfanti,  a exposição “Olho Nu” abre dia 17 de outubro, às 18 horas, na Galeria Modernistas (Rua Paschoal Carlos Magno 39, Santa Teresa). A exposição reúne o trabalho de dez alunos do curso de Modelo Vivo ministrado na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage pelo pintor, gravador, desenhista e escultor Gianguido Bonfanti: Bernardo de Sá, Franklin Iriarte, Gustavo Alves, José Arnulfo, Lélia Vasconcellos, Luiz Rocha, Roberto Torterolli, Rodrigo Vergueiro, Stéphanie Libreros e Vidi.



 “’OIho nu sobre corpo nu alterna o foco e produz marcas sobre o papel”, explica Bonfanti. “Nessa exposição, há a soma das marcas diferencia a linguagem plástica de dez artistas que realizaram os trabalhos observando um corpo nu”.













Os artistas e seus trabalhos, segundo Gianguido Bonfanti
Bernardo de Sá: seus guaches produzem imagens cruas, de impacto rápido, próximas ao neoexpressionismo alemão.
Franklin Iriarte: com suas aquarelas delicadas e silenciosas, constrói espaços de solidão e nos remete aos trabalhos de Balthus.

Gustavo Alves: com gestos rápidos e sintéticos, seus guaches oscilam entre obras com carga expressionista e com leveza oriental. Manchas luminosas e transparentes se entrelaçam a linhas opacas.


José Arnulfo: seus pastéis secos sobre fundo preto são densos como a série negra de Goya e com grande carga humana, que nos faz lembrar Käthe Kollwitz.

Lélia Vasconcellos: com extrema liberdade, produz pastéis secos que ora lembram Fernand Léger, ora criam imagens de cunho feminino, na cor e na forma.


Luiz Rocha, em seus pequenos pastéis secos, produz um repertório de corpos em diversas posições, um figurativo sintonizado na pintura contemporânea.

Roberto Torterolli: mergulhado em uma pesquisa intensa, usando técnica mista, desenha com a síntese de obras japonesas e com espírito próximo de Egon Schiele, que, aliás, “bebeu” no Japão.


Rodrigo Vergueiro: com seus guaches realiza obras fronteiriças, entre figuração e abstração; os brancos do papel invadem os corpos,dissolvendo a presença dos mesmos. 

Stéphanie Libreros: com grafismo vigoroso, seus pasteis secos alternam cores fortes e contrastantes por complementaridades, movimentando a superfície dos corpos.

Vidi: desenhando com tesoura, recorta e cola papéis coloridos, estimulando a liberdade e o aprofundamento da sua pesquisa plástica.

                              OLHO NU
De 17 de outubro a 29 de novembro de 2015, das 12 às 17h.
Modernistas
Rua Paschoal Carlos Magno, 39
Santa Teresa, Rio de Janeiro - RJ
Telefone:(21) 3852-8265
http://www.modernistashotel.com/
Abertura: 17 de outubro, às 18h.
Visitação: Terça a sábado, das 12h às 17h00
Maiores informações: Gustavo Alves (21) 987722188
Apoio: Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. (21)99676-9323 (WhatsApp) 
agendaculturalrj@gmail.com 
 #agendaculturalrj 

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs